WTCC-Moscovo




Muller cimenta liderança.


Sendo a pista moscovita um circuito novo no WTCC, e classificada ( pelas crónicas) de pista chata, as corridas tiveram, ao contrário do que se esperava, vários pontos de interesse, sendo das melhores provas até ao momento no campeonato de turismo mundial.

Na 1º corrida, Muller largou muito bem da “pole position”, não dando qualquer hipótese aos seus adversários, mantendo-se na 1º posição até ao final da corrida, numa luta “taco-a-taco” com Tom Coronel (surpreendentemente, o melhor resultado da época), que o atacou, sem conseguir levar de vencida o francês. A prova esteve interrompida durante alguns minutos devido a um acidente na primeira volta, que envolveu quatro  pilotos. De aplaudir mais uma excelente corrida do Honda Civic de Michelisz,( piloto não oficial), que só cedeu posições devido ao desgaste dos pneus .

Um dos pilotos sensação da época, Michel Nykjaer, venceu mais uma corrida( a 2ª do dia ), e a melhor corrida do Campeonato do Mundo de Turismos de 2013, cheia de emoção. Mehdi Bennani, que saiu da pole, realizou um grande arranque, mas foi rapidamente apanhado por Nykjaer que ultrapassou o piloto marroquino. A sua falta de experiência levou-o a perder fulgor, e ter que se defender de Muller e Huff, que o “obrigaram” a fazer um pião, caindo para fora dos pontos. Muller aproximou-se de Nykjaer nas últimas voltas, mas não teve tempo para efectuar um ataque, enquanto Huff completou o pódio. Pepe Oriola garantiu o quarto posto, depois de ter sido abalroado por Gabriele Tarquini na primeira volta. O italiano esteve envolvido num acidente com Tom Coronel e James Thompson, quando os três lutavam pelo terceiro lugar, acabando a provas para os três pilotos.


 Nota:  Mais um péssimo fim de semana para Tiago Monteiro que não foi além do 13º e 12º posição nas corridas. Vendo que não conseguiriam chegar as posições pontuáveis a equipa Honda decidiu testar o carro.

Fomos para o warm-up e ambas as provas com afinações completamente diferentes. Sabia que seria impossível chegar aos pontos, sobretudo porque a chuva acabaria por não aparecer, e como tal, aproveitámos para testar alternativas que até aqui não tínhamos tido tempo. Umas resultaram melhor que outras mas o importante foi o número de informação que recolhemos que será importante para o resto do Campeonato.”






Nota: http://www.wtcc.com; http://www.autosport.pt 

!Ricardo Veiga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.