Félix da Costa vence na Hungria

Se ontem os profetas da desgraça estavam contentes, por Félix da Costa ter desistido logo no inicio da corrida em Hungaroring, hoje somos nós, os fãs, os que sabem que Félix é um excelente piloto, que estamos extremamente felizes. O piloto português conseguiu uma excelente vitória, sempre no controlo das acções dos seus adversários.

A corrida nem começou como António Félix da Costa, que tinha conseguido a 2ª posição na qualificação para a corrida de hoje, perdeu essa posição na largada, para Vandoorne, que aproveitou o lado direito da pista, o mais limpo, para na largada ultrapassar o português. Mas o Formiga, não se deixou afectar. teve de que se defender de Pic, mas por pouco tempo, notava-se que estava muito rápido.
Logo na volta 3, um acidente de Stevens, obriga à entrada do Safety Car, quando Magnussen liderava, Vandoorne e Félix era 3º. Na volta 5 o Safety Car sai da pista e Vandoorne tenta atacar Magnussen, que se defende muito bem, tal como Félix da Costa se defendia, novamente, de Pic. Mas tal como no inicio, foi Sol de pouca dura. Os três primeiros fogem dos restantes pilotos. Quando começam as entradas nas boxes, o cenário muda muito. Vandoorne foi o primeiros dos três a entrar nas boxes e Félix começa a andar mais
rápido, apercebendo-se que Magnussen não demoraria muito a ir trocar os pneus. Magnussen entrou nas boxes e o Formiga, muito inteligente, nas duas voltas que esteve em 1º, com a pista à sua frente desimpedida, faz as duas melhores voltas até aí, e depois entra nas boxes, numa paragem muito boa por parte da equipa. Era esperar que Magnussen e Vandoorne chegassem á recta da meta, para vermos que ficaria em 1º. É então, que Félix da Costa sai das boxes, à frente de Magnussen, com este muito colado à traseira do português na primeira curva. O dinamarquês tinha os pneus mais quentes que Da Costa, mas nem isso chegou para o génio do português. A partir daí, António Félix da Costa geriu a corrida, também porque Magnussen defendeu a posição de Vandoorne.
António Félix da Costa acabou a corrida com 6.5 segundos de vantagem para Magnussen e a fazer na última volta, a melhor volta da corrida.

Hoje, assistimos ao melhor de Félix da Costa e será por isso que para o ano o veremos na Fórmula 1. Esperemos!
Também não podemos deixar passar, que os três primeiros da corrida de hoje, são três potenciais rookies para a próxima época na F1. É caso para dizer, que se Sirotkin vai ser piloto de F1, Félix da Costa, Magnussen e Vandoorne, merecem ser mais!

Top 10 – Corrida 2 Hungaroring:
1 Félix da Costa
2 Magnussen
3 Vandoorne
4 Melker
5 Muller
6 Negrão
7 Stockinger
8 Huertas
9 Sorensen
10 Webb

Parabéns Félix!

Fotos:
redbull.com 
continental-circus.blogspot.com 

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.