Vitória de Vettel e o melhor piloto foi Hulkenberg! – GP da Coreia

A 14ª corrida do ano foi tudo menos aborrecida…embora Sebastian Vettel tenha ganho mais uma vez. O alemão até pode festejar o quarto título consecutivo na F1, no próximo GP, no Japão.

A possibilidade de chuva não se concretizou e tivemos os pilotos a sair da grelha todos com pneus supermacios (supersoft), excepto Daniel Ricciardo, que esperava fazer menos uma paragem do que todos os outros, ao começar com os médios.

Começa a corrida e temos Grosjean a sair muito bem, passando Lewis Hamilton. Massa na 3ª curva, logo a seguir à enorme recta de 1,2 Km, perde o controlo ao carro e ainda chega a incomodar o colega de equipa que ao desviar-se perde a possibilidade de chegar mais à frente, já o brasileiro cai para o fundo do pelotão. Enquanto isso, Maldonado ultrapassa muita gente na confusão e segue em 9º. Jenson Button na confusão que foi a 3ª curva, danifica a asa dianteira, tendo que fazer, logo nas voltas iniciais, um pit stop forçado. A

partir daí, começava o espectáculo Hulkenberg. O piloto que para muitos já merecia estar noutra equipa, uma de topo, defendeu-se de todas as maneiras que pôde de Fernando Alonso. E sabemos como Alonso é bom piloto, mas Hulk foi fantástico. Sempre a fechar a trajectória nas curvas, com um poder inacreditável de tracção nas saídas das curvas, geralmente, sempre melhor que o Ferrari. Como o espanhol não conseguia ultrapassar o Sauber, juntaram-se à festa, Raikkonen e Webber, que tinha conseguido uma boa recuperação. O outro Red Bull ia já com uma boa vantagem (cerca de 4 segundos) sobre Grosjean, que por sua vez também não era incomodado por Hamilton que lutava contra os pneus.
Na volta 24, Paul Di Resta, sózinho, perde o controlo do Force India e bate contra as protecções da curva 12. Já é o quinto abandono consecutivo de Di Resta. Desde a Hungria que não chega ao fim das corridas, um registo claramente péssimo.
Na volta 28, Rosberg, que vinha a ganhar tempo a Hamilton (aliás Hamilton só batia os tempos dos Marussia, porque os pneus já não aguentavam mais), ultrapassa o colega, mas no momento que estão lado a lado, o nariz do carro de Rosberg, sofre algum tipo de dano, que faz com que o carro largue faíscas, tal como na década de 80 acontecia, mas aqui com danos para o carro! Se Hamilton já implorava para parar nas boxes, teve que ficar mais uma volta em pista, porque o colega teve de ir primeiro, mudar o nariz ao carro.

Este foi o primeiro episódio estranho da corrida, porque 3 voltas depois, Perez que forçou bastante a travagem na 1º curva, vê o pneu direito da frente, o mais castigado dos pneus no Circuito de Yeongam, delaminar, ou seja, é arrancado um bom pedaço de composto do pneu, ficando os destroços em pista, obrigando Checo ao pit stop e à primeira entrada do Safety Car.
Com a entrada do Safety Car, toda a gente vai às boxes para mudar o “calçado”, incluindo Webber, que tinha por lá passado na volta anterior, mas que foi obrigado a trocar mais uma vez de pneus, por ter um furo, possivelmente provocado pelos pedaços de fibra e borracha do Mclaren. O australiano cai desta forma, para o meio do pelotão, numa altura em que estava em busca do pódio numa boa recuperação. Quando o Safety Car sai de pista, temos Vettel, Grosjean e Raikkonen, nos três primeiros lugares.Mas na volta 36, na mesma 3ª curva, Sutil perde o controlo do carro e embate com a asa traseira no Red Bull de Mark Webber, que pensávamos estar em condições de continuar, só que o carro incendeia-se, sem prejuízo para a vida do australiano. Muito azar para Webber, que mostrava-se muito rápido e recuperando muitas posições. Antes de entrar o Safety Car, Raikkonen com uma manobra espectacular e arriscada, ultrapassa Grosjean e fica assim na segunda posição.

No que consideramos uma falha enorme da organização, entra o jipe do socorro a incêndios, segundo o que consta, sem ordens do Controlo de Corrida. É caricato mas extremamente perigoso, ver um jipe na recta a uma velocidade reduzida e os carros dos pilotos ao fundo a aparecerem muito, mas mesmo muito depressa!
Na volta 41, Safety Car sai de pista e Alonso consegue passar Hamilton, que seguia á sua frente, mas na curva a seguir o espanhol perde a trajectória e perde a posição para o inglês. Mais atrás, no primeiro sector, havia uma luta interessante entre Maldonado, Gutierrez, Pérez e Massa, com perdas e recuperações de posições. Muito interessante a luta só de americanos!

O que entusiasmou e bastante a todos os que seguiam a corrida, atravemo-nos a considerar a luta, para já, do ano, era a luta entre Hulkenberg, que era 4º, Hamilton, logo atrás e Alonso, 6º. Embora os pneus do Sauber já não dessem para mais, o próprio piloto tinha medo que não chegassem ao fim da corrida, Hulkenberg defendeu-se muito bem, sem dar hipóteses a Hamilton. Ou quase nenhumas, visto que Hamilton ainda ultrapassou Hulk, na recta da meta, a primeira zona de DRS, mas depois da 1ª curva, uma melhor tracção do Sauber, significou o retomar de posição deste, mantendo o Mercedes atrás até ao fim da corrida. Hulkenberg festejou a 4ª posição como se tivesse ganho a corrida e nós também. Numa altura em que Vettel não tem oposição e pelos vistos a concorrência também não tem carros para irem atrás, a forma como Hulkenberg se defendeu de Alonso primeiro e depois de Hamilton, foi magnifica e pesa o facto de nunca ter podido accionar o DRS, enquanto os que vinha atrás tinham duas zonas para o accionar.

Fica aqui a classificação final da prova coreana:

1
VETTEL
RED BULL
1
25
2
RAIKKONEN
LOTUS
9
+4.200
18
3
GROSJEAN
LOTUS
3
+4.900
15
4
HULKENBERG
SAUBER
7
+24.100
12
5
HAMILTON
MERCEDES
2
+25.200
10
6
ALONSO
FERRARI
5
+26.100
8
7
ROSBERG
MERCEDES
4
+26.600
6
8
BUTTON
MCLAREN
11
+32.200
4
9
MASSA
FERRARI
6
+34.300
2
10
PEREZ
MCLAREN
10
+35.100
1
11
GUTIERREZ
SAUBER
8
+35.900
12
BOTTAS
WILLIAMS
17
+47.000
13
MALDONADO
WILLIAMS
18
+50.000
14
PIC
CATERHAM
19
+63.500
15
VAN DER GARDE
CATERHAM
20
+64.500
16
BIANCHI
MARUSSIA
22
+67.900
17
CHILTON
MARUSSIA
21
+72.800
RET
VERGNE
TORO ROSSO
16
RET
RICCIARDO
TORO ROSSO
12
RET
SUTIL
FORCE INDIA
14
RET
WEBBER
RED BULL
13
RET
DI RESTA
FORCE INDIA
15

Os destaques da corrida serão postados mais tarde, ainda durante a tarde.

Fotos:
f1-fansite.com
jamesallenonf1.com
f1fanatic.co.uk
theformula1.com
(em actualização)

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.