WTCC – Xangai. Resumo das provas


O WTCC está de volta e logo com um fim-de-semana em grande para as cores portuguesas, com Tiago Monteiro a conseguir a sua primeira vitória da época, consequentemente a sua primeira vitória com as cores da Honda. O circuito internacional de Xangai recebeu o penúltimo evento da época, e como é timbre naquele país, as condições do tempo baralharam as contas a pilotos e equipas.
O traçado Chines, era à partida favorável aos Chevrolet, e isso comprovou-se logo nos treinos, com os 6 melhores tempos da qualificação a serem para pilotos ao volante da marca Norte Americana. Yvan Muller, sem surpresa fez o melhor tempo, Tom Chilton foi segundo, Pepe Oriola e James Nash completaram a segunda linha da grelha.
Quanto a Tiago Monteiro, obteve o 10º melhor tempo, logo atrás do seu colega de equipa, Gabriele Tarquini que foi 9º. O português com isso garantiu a pole position para a segunda manga da ronda WTCC em Xangai.
Tempos da qualificação:
1º Yvan Muller (Chevrolet Cruze) 1m53.486s
2º Tom Chilton (Chevrolet Cruze) 1m53.868s
3º Pepe Oriola (Chevrolet Cruze) 1m54.008s
4º James Nash (Chevrolet Cruze) 1m54.034s
5º Alex MacDowall (Chevrolet Cruze) 1m54.054s
6º Rickard Rydell (Chevrolet Cruze) 1m54.215s
7º Norbert Michelisz (Honda Civic) 1:54.576s
8º Robert Huff (SEAT Leon) 1m54.623s
9º Gabriele Tarquini (Honda Civic) 1m54.666s
10º Tiago Monteiro (Honda Civic) 1m54.959s
1ª Corrida:
A primeira corrida prometia uma autêntica lotaria no jogo de pneus, pois o traçado de Xangai, encontrava-se com alguma humidade, mas que poderia secar rapidamente com o avançar da prova. Pepe Oriola arriscou em levar pneus para piso molhado, e com isso tirou proveito nas primeiras voltas, liderando inclusive a prova, mas com o passar das voltas o asfalto secou e os pneus deixaram de ser eficazes, aliás, tiveram efeito contrário, já que o piloto espanhol, foi perdendo lugares sucessivamente.
 Mais atrás Tiago Monteiro seguia na 10ª posição, a mesma de onde arrancou, mas sempre com uma condução muito cautelosa para não por em causa a segunda Manga, pois iria partir da 1ª posição, e a mesma iria realizar-se meia hora depois do final da 1ª Manga, por isso não haveria tempo para recuperar algum percalço que pudesse. Todo o cuidado era pouco.
O final foi emocionante, com Y. Muller e T. Chilton a lutarem pela vitória até ao último metro com a mesma a sorrir a T. Chilton por escassos 0,010´s, apenas perceptível em “photo Finish”. James Nash completou o pódio.
Tiago Monteiro, na última volta foi fortemente atacado por Tom Boardman, que lhe roubou a nona posição. O piloto português não esboçou no entanto uma resposta, para não entrar em possíveis contactos que lhe danificassem o seu Civic. Monteiro fechou assim a primeira corrida na 11ª posição.
Classificação 1ª corrida:
1º Tom Chilton (Chevrolet Cruze) 12 voltas
2º Yvan Muller (Chevrolet Cruze) a 0.010s
3º James Nash (Chevrolet Cruze) a 14.737s
4º Alex MacDowall (Chevrolet Cruze) a 15.455s
5º Pepe Oriola (Chevrolet Cruze) a 16.441s
6º Rob Huff (SEAT Leon) a 16.585s
7º Gabriele Tarquini (Honda Civic) a 16.799s
8º James Thompson (Lada Granta) a 16.825s
9º Tom Boardman (SEAT Leon) a 16.931s
10º Norbert Michelisz (Honda Civic) a 17.683s
11º Tiago Monteiro (Honda Civic) a 18.017s
2ª Corrida:
  
A segunda corrida foi dominada pelos homens da Honda, fazendo algo inédito esta época, conseguindo um pódio 100% monomarca. Tiago Monteiro dominou do inicio ao fim, partiu do primeiro lugar e ai terminou a prova, sendo bem secundado pelo seu colega Gabriele Tarquini, que ainda pressionou o piloto português, mas não foi capaz de seguir ao ritmo do seu colega de equipa.
Norbert Michelisz completou o pódio, sendo uma importante peça no xadrez desta 2ª corrida, pois travou os Cruze, que seguramente seriam uma seria ameaça aos homens da Honda Oficial. O piloto húngaro, fez uma grande prova, sempre à defesa, mas capaz de finalizar a mesma na 3ª posição.
Grande vitória de Tiago Monteiro, a sua primeira pela Honda, e que eleva o nome de Portugal além-fronteiras.
Destaque pela negativa para o já campeão do mundo Yvan Muller, que já não chega ao lugar mais alto do pódio desde 4 de Agosto, quando venceu pela ultima vez, disputava-se então o fim-de-semana WTCC na Argentina

 

Classificação 2ª corrida:
1º Tiago Monteiro (Honda Civic) 10 voltas
2º Gabriele Tarquini (Honda Civic) a 1.178s
3º Norbert Michelisz (Honda Civic) a 4.143s
4º Rob Huff (SEAT Leon) a 5.470s
5º Yvan Muller (Chevrolet Cruze) a 5.739s
6º James Nash (Chevrolet Cruze)    a 7.423s
7º Pepe Oriola (Chevrolet Cruze) a 7.987s
8º Tom Coronel (BMW 320 TC) a 8.042s
9º Stefano D’Aste (BMW 320 TC) a 11.407s
10º Tom Chilton (Chevrolet Cruze) a 13.608s
Classificação geral do campeonato:
1.FRA MULLER Yvan 393 pt.
2.ITA TARQUINI Gabriele 235 pt.
3.GBR CHILTON Tom 213 pt.
4.GBR NASH James 206 pt.
5.DNK NYKJÆR Michel 180 pt.
6.GBR HUFF Rob 173 pt.
7.HUN MICHELISZ Norbert 172 pt.
8.NLD CORONEL Tom 147 pt.
9.ESP ORIOLA Pepe 146 pt.
10.PRT MONTEIRO Tiago 142 pt.
Falta apenas uma prova para o final da temporada no WTCC, será no mítico circuito da Guia em Macau, a próxima paragem do mundial de turismos nos dias 15, 16 e 17 deste mês. Circuito mítico, com vários pilotos português em acção em diversas provas. Nos por cá estaremos a dar-lhe conta de todas as incidências.
Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.