Circuito de Interlagos.

Tudo que é bom acaba. Ultima jornada do campeonato de F1 2013. 19ª corrida do ano. O local? O mítico circuito de Interlagos, São Paulo, Brasil.

Há países que tem uma ligação muito especial com a F1. Inglaterra por exemplo, sempre teve uma tradição muito forte na F1. Finlândia, que sempre fez grandes pilotos de F1. Ultimamente a Alemanha. Mas a F1 não seria a mesma sem o Brasil. Do país do samba e do futebol saíram alguns dos maiores talentos que a F1 viu. Fittipaldi, Piquet, Senna. Nomes que simbolizam talento e determinação enormes. Sem eles a F1 estaria por certo muito mais pobre. É por isso sempre bom voltar a casa destes grandes vultos do grande circo.
Este é uma prova que vai ficar para a história já a partida. Interlagos acolherá pela última vez os V8 aspirados. A nova era da F1 está à porta, com motores mais pequenos, turbos e narizes feios. O som dos V8 será recordado com saudade, tal como recordamos os V10 e V12. Vamos aproveitar cada volta para nos despedirmos destas máquinas.
Será também o último GP de F1 para Mark Webber. O australiano vai colocar termo a sua carreira de piloto de F1 para ingressar na Porsche que entrará nas competições de Endurance. Vamos ter saudades de Webbo.
Muitos motivos de interesse, ao qual adicionamos a própria pista. Interlagos é uma das míticas pistas, com o seu traçado fluido, as suas curvas hipnóticas.

Inaugurado em 1940, o circuito de Intelagos já sofreu inevitáveis alterações. Recebe desde 1972 a F1 e sempre foi muito apreciada pelos pilotos. Ultimamente tem recebido a ultima corrida de cada época e tem sido palco de finais dramáticos, tal como aconteceu em 2008 quando Hamilton se sagrou campeão na última curva enquanto todos festejava a vitória de Massa que se pensava ser ele o campeão do mundo. Uma desilusão tremenda para Massa. Ser coroado campeão com uma vitória, frente ao seu público será provavelmente o sonho de muitos.

Tanta história haveria para contar sobre este traçado. Mas por hoje vamos nos ficar pelos dados estatísticos da pista.
Comprimento da pista: 4.309 Km
Nº de voltas: 71
Distancia de corrida: 305.909 Km
Melhor volta em corrida: 1:11:473, Juan Pablo Montoya, 2004
Melhor volta do circuito: 1:09:822, Rubens Barrichello, 2004
Nível de apoio aerodinâmica: Alto
Passagens de caixa por volta: 42
Consumo de combustível por volta: 1.9 Kg

Pneus para 2013 : Duros e médios
Evolução dos traçados da pista:
1973:
1979:
1990:
Traçado actual com as zonas DRS para 2013:
Onboard da pista:
Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.