F1 – GP da Austrália: Destaques da corrida.

Mercedes: 

Podia ter sido um dia excelente mas foi apenas um dia bom. É claro que ainda não há quem lhes faça frente (algo que mudará em breve), mas a desistência de Hamilton é um ponto muito negativo. Primeiro porque o britânico perde o que podiam ter sido pontos fáceis ( 1º ou 2º lugar estavam mais que garantidos) e depois porque já se conhece a instabilidade de Hamilton quando as coisas não lhe correm bem. Rosberg fez o que lhe competia e dominou de forma avassaladora. É também forte candidato ao titulo. Tem qualidade para isso e o carro ajuda muito.


McLaren:
O regresso muito esperado aos pódios. E como a história se repete, novamente um rookie a sair da 4ª posição e a acabar em 3º, fazendo uma corrida excelente (um tal de Hamilton começou assim também). Agressivo, mas muito frio, Magnussen tem os ingredientes todos para ser um nome de relevo na F1. A amostra de hoje prova isso mesmo. Já Button fez uma óptima corrida, com a ajuda de uma estratégia muito boa que permitiu que subisse até ao 4º lugar. A McLaren tem potencial para desafiar a Mercedes. Vamos esperar e ver se o conseguem.


Red Bull:

Do pesadelo ao sonho, regressando ao pesadelo. Depois da bateria de testes ter corrido francamente mal, toda a gente ficou de queixo caído quando viu os Bull´s a lutarem pelos lugares da frente. Aliás um Bull. Ricciardo fez o seu melhor fim de semana na F1 e merece todos os elogios por isso. Foi brilhante e não merece a desclassificação. Vettel teve um fim de semana para esquecer com muitos problemas no carro. Mas este passo que a Red Bull deu foi de gigante e a equipa toda merecia o pódio que Ricciardo conquistou. Não é para qualquer equipa dar a volta a uma situação tão negativa. O carro tem um potencial enorme. Mas esta desclassificação podia ter sido evitada.


Ferrari:

Uma desilusão. O carro ainda tem muito para evoluir. Difícil de conduzir e com muitos problemas, a Scuderia ainda está longe de ser verdadeiramente competitiva. Alonso teve muitas dificuldades para  passar Hulkenberg, que foi aguentando o espanhol sem grandes problemas, só sendo passado nas boxes, e Kimi andou sempre com muitos problemas no carro. Começa mal o ano para a Ferrari. Esperávamos muito mais. É tempo de analisar e corrigir o comportamento do carro que parece ser muito nervoso. Se começam já a perder pontos, o ambiente em Maranello pode azedar depressa.

Williams:

Podia ter sido um dia em grande, mas Kobayashi tratou de deitar por terra as hipóteses de Massa. Acreditamos que podia ter lutado por um lugar na frente, caso não tivesse sido empurrado para a desistência. Mas Bottas tratou de salvar o nome da equipa, fazendo uma corrida muito boa. Lutou muito, mostrou que o carro tem andamento para mais e que o pódio pode ser uma realidade para breve. O resultado não foi o melhor mas a impressão que o Williams deixou este fim de semana é muito boa. Temos mesmo a Williams de volta.

Force India:

Hulkenberg esteve muito bem. Aguentou Alonso em pista e manteve-se nos lugares da frente aproveitando o potencial do carro. Mantém a forma do ano passado e se o carro evoluir, poderá sonhar com o pódio. Perez esteve irreconhecível. Uma prova para esquecer. Tem de voltar e depressa ao Perez da Sauber. Pode e deve fazer mais. É verdade que teve um furo, que o fez perder muito tempo, mas demorou demasiado a passar por Sutil, que deveria ter sido uma presa fácil. Queremos Perez de volta e depressa.


Toro Rosso:

As equipas patrocinadas pela Red Bull devem ter bebido litradas da bebida energética, pois foram buscar asas onde ninguém esperaria. Ao ver os treinos e as constantes saídas de pista dos Toro Rosso, pensamos que nunca conseguiriam acabar a corrida. Tanto acabaram como pontuaram.  Vergne esteve bem até ao final, mas deitou tudo a perder com erros que custaram uma posição melhor. Kvyat fez uma corrida boa. Não arriscou em demasia, controlou as operações e mostrou talento. Gostaríamos de ver outro piloto no seu lugar, mas temos de admitir que o rapaz não é nada mau.


Sauber:

Passaram completamente ao lado da corrida. Nem demos por eles. O carro tem um caminho longo pela frente e os pilotos não deslumbraram. A Sauber mostrou no ano passado que pode dar a volta a situações difíceis, por isso vamos ver o que conseguem este ano mas a primeira corrida não foi mais do que coleccionar dados para o futuro. A falta de velocidade tem de ser corrigida rapidamente.


Marussia:

Chilton acabou na frente de Bianchi, o que já por si só merece destaque. Mas os carros tiveram problemas no arranque da corrida e o francês ficou muito tempo na box, regressando já quando estavam decorridas 6 voltas. Foi mais um teste para a equipa, que no entanto começa já a ganhar vantagem em relação a Caterham.


Caterham:

Um dia para esquecer. Kobayashi fez uma manobra “kamikaze” e borrou a pintura. Ele que podia ter sido um dos heróis do dia, depois de ter brilhado na qualificação, estragou tudo logo na primeira curva. Já Ericson passou discreto, até desistir a meio da corrida. Foi um fim de semana como a frente do Caterham… nada bonito de se ver.


Lotus:
Mais um dia de testes. Acabar a corrida seria sempre complicado, mas não ficaram longe de  o fazer. Problemas nos sistemas de recuperação de energia ditaram o abandono dos dois carros, mas ainda assim fizeram mais voltas que o esperado, como tal não pode ser considerado um dia catastrófico. O nível de desenvolvimento do carro é preocupante e é necessário muito trabalho para colocar o carro ao nível dos carros de meio da tabela. Um ano longo para a Lotus em perspectiva.


Os carros:

Para quem duvida da dificuldade em controlar os carros, basta ver o arranque de Magnussen para perceber que estes carros são de difícil trato. O carro deu um “coice” espantoso, e só uma grande recuperação de Magnussen evitou que fosse parar ao muro. Imagens como estas foram recorrentes, com carro de lado e muito trabalho dos pilotos. Queriam um campeonato onde os pilotos tem mais importância que as máquinas? Aí o têm.


Fotos:
retiradas de google.pt




Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.