DTM – Norisring: Análise. Vitória da Mercedes ofuscada pela excelente recuperação da Audi. BMW a grande derrotada.

Não foi uma corrida tão emocionante como as anteriores, pois o traçado de Noris é também muito diferente dos outros. Muitas bandeiras azuis num traçado pequeno que se faz em 50 seg. e a chuva que até bem perto do final complicou as contas a equipas e pilotos retiraram alguma da emoção mas não a competitividade, que se manteve inalterada.

A vitória sorriu a Wickens que por largar na pole teve o beneficio de ter a pista limpa nas voltas iniciais, não levando com o jactos de água dos adversários criando logo uma boa margem de manobra para gerir a corrida e vencer merecidamente.  Green, o especialista deste traçado fez uma corrida excelente.  Conquistou o 2º posto mesmo depois de um Stop &Go, devido a um toque com Di Resta.  Ekstrom fechou o pódio também com uma boa corrida.

Mercedes:

Claramente uma má corrida no geral, mascarada pela vitória de Wickens. Dos 5 carros que estavam no top 10 na qualificação, apenas 2 se mantiveram. Wickens, o vencedor e o jovem Pascal Wehrlein. O traçado não é exigente ao nível da carga aerodinâmica e a Mercedes tinha uma excelente oportunidade e amealhar bastantes pontos, algo que dificilmente conseguirá ao longo do ano. Mas ainda assim, a prova não lhes sorriu. Di Resta sofreu um toque com Green no inicio e caiu na classificação, não conseguindo recuperar e fazendo apenas 15º. Vietoris, ainda ameaçou os lugares da frente mas quedou-se pelo 21. Esperava-se um pouco mais dos Silver Arrows, que tradicionalmente são muito fortes neste traçado. A vitória serve para animar uma equipa que tem ainda muito trabalho pela frente.

BMW:

Uma tarde para esquecer.Apenas Wittmann e Hand constam do top 10. Os outros pilotos ficaram fora dos pontos, algo que até seria expectável, dada as dificuldades que a marca bávara encontro em Noris. Os BMW mostraram muita dificuldade em adaptar-se às exigências da pista e na qualificação isso foi notório. Os homens fortes, como Spengler, Farfus ( que desilusão este campeonato para o brasileiro), Tomczyk ( obrigado a desistir devido a um toque com Paffet), não se assumiram e valeu Wittmann, que não parece disposto a abdicar do 1º lugar da geral. Mas no somatório foi um fim de semana péssimo para a BMW.

Audi:


A grande vencedora da tarde de ontem. Colocou 5 carros no top 10 e ganhou vantagem para a BMW que é a adversária a bater este ano. Green mostrou porque é chamado o Rei de Noris, fazendo uma excelente corrida, Mortara esteve brilhante, recuperando de 20º para 4º, ele que este ano está a mostrar verdadeiramente o seu talento, Rockenfeller pontuou e minimizou assim os estragos e Tambay com o 5º não deixou ainda fugir Wittmann na geral. A Audi vinha já com alguma vantagem em relação à BMW mas com este fim de semana ganhou mais margem de manobra. Poderá ter sido o fim de semana que decidiu a contenda no que diz respeito ao campeonato de marcas.

Félix da Costa:

Para esquecer. Sem ritmo, perdido dentro de pista, Félix  foi uma sombra do que é. Um fim de semana que servirá apenas para fortalecer o espírito do nosso Formiga que seguiu para Inglaterra onde estará presente em Silverstone para ser piloto de reserva da Red Bull. A Autosport noticiou ontem que poderia haver novidades para o futuro do jovem português e que as novidades seriam boas. Estamos ainda à espera para saber que novidades são mas todos torcemos que seja o que todos esperam… um passaporte para a F1. Até lá é esquecer este fim de semana e focar nos próximos desafios.

Geral dos pilotos:


Position Driver Team Points Hockenheim Oschersleben Hungaroring Norisring Moskau Raceway Red Bull Ring Nürburgring Lausitzring Guangzhou Hockenheim
1 Marco Wittmann BMW Team RMG 58 25 25 8
2 Edoardo Mortara Audi Sport Team Abt 39 15 12 12
3 Mattias Ekström Audi Sport Team Abt Sportsline 35 18 2 15
4 Mike Rockenfeller Audi Sport Team Phoenix 35 12 18 1 4
5 Adrien Tambay Audi Sport Team Abt 28 15 1 10 2
6 Miguel Molina Audi Sport Team Abt Sportsline 26 8 18
7 Robert Wickens FREE MAN´S WORLD Mercedes AMG 25 25
8 Christian Vietoris Original-Teile Mercedes AMG 25 25
9 Jamie Green Audi Sport Team Rosberg 24 6 18
10 Bruno Spengler BMW Team Schnitzer 23 8 15
11 Augusto Farfus BMW Team RBM 14 4 10
12 Paul Di Resta Mercedes AMG 12 12
15 Pascal Wehrlein gooix Mercedes AMG 10 10
13 Timo Glock BMW Team MTEK 10 10
14 Timo Scheider Audi Sport Team Phoenix 9 2 6 1
16 Maxime Martin BMW Team RMG 8 8
17 Martin Tomczyk BMW Team Schnitzer 8 6 2
18 Joey Hand BMW Team RBM 7 1 6
19 António Félix da Costa BMW Team MTEK 4 4
20 Gary Paffett EURONICS Mercedes AMG 4 4

Geral de construtores:

Position Manufacturer Points Hockenheim Oschersleben Hungaroring Norisring Moskau Raceway Red Bull Ring Nürburgring Lausitzring Guangzhou Hockenheim
1 Audi 196 47 48 49 52
2 BMW 132 54 12 52 14
3 Mercedes-Benz 76 41 35
A próxima corrida realiza-se dia 13 de Julho em Moscovo. Será que a BMW vai dar a volta por cima? Será que Wittmann se vai manter na frente? Conseguirá Félix da Costa voltar às boas prestações ( claro que sim). Tudo para confirmar dentro de 12 dias.

Fontes:
autosport.com
dtm.com

fotos:
google.pt
Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.