F1: Resumo da qualificação do G.P. da Alemanha

A tarde começava com algumas dúvidas para serem respondidas pelos pilotos na pista. Teríamos os Mercedes na primeira fila da grelha? A Williams conseguiria intrometer-se na luta entre Rosberg e Hamilton? A Red Bull estava melhor que a Williams?

Q1
Bianchi saiu primeiro para a pista, Rosberg e Hamilton seriam dos últimos pilotos a sair, mas o britânico foi o primeiro a baixar o tempo para o segundo 18, numa altura em que Massa estava a ser mais rápido. 
Pouco depois, Hamilton teve uma saída de pista bateu muito forte nas protecções do circuito. Bandeiras vermelha na sessão e Hamilton encaminhado para o centro médico de Hockenheim. Na volta do acidente, o inglês tinha conseguido o melhor tempo do primeiro sector. O acidente deveu-se a uma falha de travões no Mercedes, algo que começa a ser usual no monolugar alemão.
imagem de XPB Images (in: motorsport.com)
Depois de alguns minutos para retirar o monolugar de Hamilton, os pilotos retomam à pista, com Rosberg na zona perigosa, aquela que o afastava da Q2. O alemão é muito forte mentalmente e conseguiu arrancar o melhor tempo da Q1, com pneus supermacios, fazendo a volta em 1:17.631, já Ericsson, com problemas no carro, não fazia nenhuma contada na sessão.
Bottas, com pneus macios, conseguia colocar-se á frente de pilotos como Perez, que usavam os supermacios.
No final dos 18 minutos de qualificação, Rosberg liderava, com Bottas e Massa a menos de 1 segundo do alemão da Mercedes.

Pilotos que ficavam de fora da Q2:
Pos.
Piloto
Equipa
Tempo
Voltas
17. 
 A. Sutil
Sauber
01:19.142
8
18. 
 J. Bianchi
Marussia
01:19.676
8
19. 
 P. Maldonado
Lotus
01:20.195
7
20. 
 K. Kobayashi
Caterham
01:20.408
7
21. 
 M. Chilton
Marussia
01:20.489
9
22. 
 M. Ericsson
Caterham
Sem tempo
0
Q2
Parecia que ninguém queria sair da sombra das boxes para a solarenga pista, mas Hulkenberg foi o piloto que abriu as hostilidades fazendo o primeiro tempo em 1:18.270. Rosberg decidiu sair para a Q2 com pneus novos supermacios.
Massa conseguia no inicio melhorar o tempo de Hulk, mas era surpreendido por um Finlandês Voador: Valtteri Bottas. O companheiro de equipa de Massa, conseguia melhorar o tempo do brasileiro numa excelente volta.
Rosberg respondia na mesma moeda, baixando o tempo na sessão para 1:17.109, com os dois Williams a seguir e Alonso e Hulkenberg a fecharem o top 5. Enquanto isso, Button queixava-se de perder tempo com o muito tráfego, Kvyat subia ao 8º posto e Vettel conseguia melhorar o seu tempo, passando para 3º na sessão. Ricciardo era 6º.
A cerca de 2 minutos do término da sessão, Perez ainda não tinha registado nenhum tempo, mas uma volta

foi sufienciente para o mexicano subir para 10º, com o tempo de 1:18.161, relegando Jenson Button para o 11º lugar, ou seja para fora da Q3. Raikkönen juntava-se ao inglês, não conseguindo melhor que o 12º melhor tempo, com algumas travagens, fazendo com que perdesse algum tempo.

Pilotos que não passavam à Q3:

Pos.
Piloto
Equipa
Tempo
Voltas
11. 

 J. Button

McLaren
01:18.193
15
12. 

 K. Raikkonen

Ferrari
01:18.273
13
13. 

 J. Vergne

Toro Rosso
01:18.285
14
14. 

 E. Gutiérrez

Sauber
01:18.787
14
15. 

 R. Grosjean

Lotus
01:18.983
14
16. 

 L. Hamilton

Mercedes
Sem tempo
5

Q3
Magnussen e Kvyat tinham conseguido bater os seus colegas de equipa na Q2 e tinham a oportunidade de se mostrarem mais uma vez na terceira sessão da qualificação. Perez era o primeiro a marcar tempo:  1:19.395.

Hulkenberg fazia melhor tempo que o seu colega, baixando o tempo para 1:19.389, mas Rosberg, com mais um novo jogo de pneus supermacios, batia o tempo do compatriota, com uma estupenda volta em 1:16.540. O primeiro lugar da grelha estava encontrado mas a Williams queria chegar o mais próximo possível.
imagem de XPB images (in: motorsport.com)
Bottas logo a seguir a Rosberg ter elevado a fasquia, faz a volta com pouco mais de meio segundo do Mercedes e Massa prova que não foi sem querer, ao fazer o terceiro melhor tempo, batendo os dois Force India.

Vettel ainda conseguiu manter-se alguns segundo em 4º lugar, mas Magnussen bateu o seu tempo, garantindo mais um motor Mercedes nas duas primeiras filas da grelha.
Bottas e Massa ainda conseguiram melhorar os seus tempos mas não o suficiente para bater o tempo de Rosberg.

O top 10 da grelha de amanhã:
Pos. 
Piloto
Equipa
Tempo
Voltas
1. 

 N. Rosberg

Mercedes
01:16.540
17
2. 

 V. Bottas

Williams
01:16.759
15
3. 

 F. Massa

Williams
01:17.078
21
4. 

 K. Magnussen

McLaren
01:17.214
17
5. 

 D. Ricciardo

Red Bull
01:17.273
19
6. 

 S. Vettel

Red Bull
01:17.577
16
7. 

 F. Alonso

Ferrari
01:17.649
19
8. 

 D. Kvyat

Toro Rosso
01:17.965
22
9. 

 N. Hulkenberg

Force India
01:18.014
21
10. 

 S. Perez

Force India
01:18.035
21
fotos:
facebook.com/Chicane-Desportos-Motorizados
motorsport.com
autosport.com

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.