CNV – Circuito do Algarve. Campeonato Nacional de Velocidade de regresso no AIA.

O Autódromo Internacional do Algarve foi palco do regresso do Campeonato Nacional de Velocidade. O espectacular traçado algarvio foi o cenário de duas emotivas provas, com diferentes vencedores em ambas as corridas, que muita emoção trouxe, às quase desertas bancadas do moderno complexo do AIA, o que infelizmente é um hábito.

Corrida 1:

Os gémeos italianos Stefano de Val/Nicola de Val (Wolf)foram os vencedores da 1ª corrida, numa prova cheia de emoção, pois Nicola, saiu das boxes após a paragem para troca de pilotos na segunda posição, mas uma penalização a M. Barbosa por exceder o limite de velocidade na via das boxes, levou a que a dupla J. P. Fontes/ M. Barbosa fossem penalizados e desta maneira a dupla italiana a herdar a vitória. Ainda assim Nicola de Val teve lutar com Francisco Abreu (Tatuus), que forçou o andamento nas últimas voltas, mas sem sucesso, com o piloto madeirense a ficar com a 2ª posição final. M. Barbosa mesmo com a penalização fechou na 3ª posição esta primeira corrida.
Quem não teve sorte (talvez por culpa própria) foi a dupla Carlos Vieira / Pedro Salvador, o primeiro dos dois a dar um toque no Norma de Gonçalo Araújo, e com isso sofreu um “drive through”, sendo remetido para a 4ª posição final, já a mais de uma volta dos vencedores. Miguel Cristóvão tentou minimizar os estragos do toque sofrido pelo seu colega de equipa Gonçalo Araújo, terminando ainda na 5º posição final, na frente dos irmãos Montez.
Na classe GT´s António Nogueira e António Coimbra venceram, quase sem concorrência, bem como Rafael Lobato e Armando Parente na classe C3.

Classificação corrida 1:

1º Stefano de Val/Nicola de Val (Wolf) 28 voltas
2º Francisco Abreu (Tatuus) a 4,613s
3º José Pedro Fontes/Miguel Barbosa (Tatuus) a 4,974s
4º Carlos Vieira/Pedro Salvador (Tatuus) a 1 v.
5º Gonçalo Araújo/Miguel Cristóvão (Norma) a 1 v.
6º Eugénio Montez/Sérgio Montez (Norma) a 1 v.
7º António Nogueira/António Coimbra (Porsche) a 1 v.
8º Rafael Lobato/Armando Parente (Radical) a 1 v.
9º Donald Naessens/Wim Geemtjens (Radical) a 2 v.
10º Michael Munemann (Ginetta) a 3 v.
11º Amândio Dias (Porsche) a 4 v.
12º António Riccardi/José Pedro Faria (Wolf) ab.
13º Colin Bain (Radical) ab.

Corrida 2:

A segunda corrida trouxe mais emoção à pista algarvia, com a dupla J. P. Fontes / M. Barbosa a bater por apenas 0,171s, Miguel Cristóvão/Gonçalo Araújo. Numa prova espectacular, M. Barbosa encarregue de fazer o primeiro turno, sofreu um ligeiro toque logo nas primeiras voltas, danificando a carroçaria do seu Tattus, mas que não o impediu de entregar o carro na primeira posição a J. P. Fontes na troca de pilotos. Dai até final foi uma intensa luta com Gonçalo Araújo pela vitória final, com várias trocas entre os dois primeiros, discutindo até ao último metro de pista o vencedor, que acabaria por ser J. P. Fontes, o primeiro a cruzar a linha de meta, por pouco mais de 1 décimo de segundo.
Longe destas lutas estiveram os vencedores da primeira corrida, os gémeos de Val, que sofreram um “drive through” por não terem cumprido os handicap´s, ainda assim foram terceiros na frente de Francisco Abreu, que também ele foi penalizado, desta vez por exceder os limites da pista.
António Nogueira /António Coimbra foram 5º na geral, vencendo de novo a classe GT, na frente de Rafael Lobato / Armando Parente que deram luta aos veteranos do Porsche 997 GT3 pela 5ª posição, com o piloto vila-realense R. Lobato a dar que fazer a Nogueira no segundo turno, ainda assim garantiram a vitória na classe C3.

Classificação corrida 2:

1º Miguel Barbosa/José Pedro Fontes (Tatuus PY012) 27 voltas
2º Miguel Cristóvão/Gonçalo Araújo (Norma M20FC) a 0,171s
3º Nicola de Val/Stefano de Val (Wolf GB08) a 26,459s
4º Francisco Abreu (Tatuus PY012) a 1m18,560s
5º António Coimbra/António Nogueira (Porsche 997 GT3-R) a 1 v.
6º Armando Parente/Rafael Lobato (Radical SR3) a 1 v.
7º Wim Geentjens/Donald Naessens (Radical SR3) a 1 v.
8º Michael Munemann (Ginetta G55) a 2 v.
9º Amândio Dias (Porsche 997 GT3 Cup) a 4 v.
10º Pedro Salvador/Carlos Vieira (Tatuus PY012) ab.
11º Sérgio Montez/Eugénio Montez (Norma M20FC) ab.
12º José Pedro Faria/António Ricciardi (Wolf GB08) ab
O Campeonato Nacional de Velocidade tem agora a sua pausa de verão, regressando nos dias 6 e 7 de setembro de novo no Autódromo Internacional do Algarve.
Acompanhe todas as notícias do mundo dos desportos motorizados na nossa página do facebook “Chicane desportos motorizados” ou no nosso blog.

Até lá…e não há pista sem chicane!

Fotos:
google.pt
Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.