Pódio do Fim de Semana

Mais um fim de semana que passou, mais borracha que foi queimada, mais champanhe que foi vertido. É hora de conhecer os melhores e os piores. Mais uma vez terá de ficar um piloto injustamente de fora. Neste caso é João Barbosa. Um quase desconhecido em Portugal é um herói nos “states”. Mais uma vitória no currículo do português agora em Road America, com o seu companheiro de equipa Fittipaldi. É líder na Tudor United SportsCar Championship, com 16 pontos de vantagem. Não é para todos. Não cabe esta semana no pódio mas está em grande. Que piloto!
Segue o nosso pódio:

#1 Marc Marquez

Não é deste mundo. O jovem espanhol continua a sua senda de vitórias de forma implacável e nada nem ninguém parece fazer-lhe frente. Já são 10 vitórias em 10 corridas o que é no mínimo espantoso. O homem que desde 2010 não sabe o que é fica fora do pódio nas contas finais do ano, já leva 42 vitórias no seu currículo, 65 pódios e já igualou este ano a sua melhor marca ao nível do nº de vitórias. São números arrasadores para um jovem de apenas 21 anos. Tem uma moto excelente que lhe permite superar a concorrência confortavelmente, mas tem como colega de equipa Pedrosa, que não é conhecido por ser lento. Nada neste momento se compara à forma e ao talento de Marquez. E o irmão segue lhe as pisadas em Moto3. Fenomenal!

# 2 Miguel Oliveira

O português começou mal o fim de semana. Os tempos nunca foram famosos, e na qualificação não foi além do 18º. Esperava-se uma corrida inglória para o jovem português, mas #Mig44 fez questão de mostrar o seu talento. Uma recuperação fenomenal até ao 7º. E não deu para mais porque a moto é francamente má. Se ele tivesse uma máquina a sério, estaria “a dar na boca” a Jack Miller  e companhia. O facto é que a scooter disfarçada de moto de competição que a Mahindra lhe fornece não permite mais. Mas Oliveira, mesmo assim, continua a mostrar qualidade. Se a KTM avançar mesmo para a contratação do português, será uma dupla muito forte. E que venham depois as outras categorias. Oliveira tem unhas para elas. Que grande é este miúdo.

#3 Peter Solberg

O norueguês venceu mais uma vez no ultra-competitivo campeonato mundial de Rallycross. Depois da vitória em terras lusas, Solberg brilhou no Canadá. Mais uma vitória para o carismático Solberg, que lidera agora o campeonato com 155 pontos, mas 20 que o seu perseguidor mais próximo, Heikkinen. O Rallycross está a tomar proporções muito interessante. Competição intensa, corridas fantásticas, equilíbrio sempre presente. Uma modalidade a ter em conta.

Drive Through.


Tony Stewart, foi noticia pelas piores razões. Numa corrida de “sprint cars” teve um desentendimento em pista com Kevin Ward Jr. O jovem piloto sentiu que Stewart não teve o comportamento mais correcto, e quando se viu obrigado a desistir, perdeu o sangue frio e saiu do carro apontando para o carro de Tony Stewart que, segundo as informações veiculadas não viu o piloto, atropelando Ward. Um acidente que levou a vida de um jovem piloto. Não acusamos Stewart de absolutamente nada e nem sequer nos passa pela cabeça que o incidente tenha sido propositado. Há valores bem mais altos que os desportos motorizados e a vida humana é infinitamente mais importante que uma corrida de carros. Mas este infeliz incidente coloca Stewart numa situação difícil e na qual ninguém gostaria de estar. Um infeliz incidente que nunca deveria ter acontecido.

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.