Pódio do Fim de Semana

É chegada a hora de avaliarmos mais um fim de semana de corridas. Foi um fim de semana atípico, com as provas, na maioria, a realizarem-se durante a madrugada.
Estamos a chegar ao fim das épocas de cada uma das modalidades que seguimos e os campeonatos começam a ficar decididos. Enquanto exista competição, o Pódio da Semana será sempre à segunda!

#1 Marc Márquez

foto: Repsol Media
Se o ano passado foi o melhor rookie (!), em 2014 podemos dizer que dominou por completo uma modalidade muito, muito competitiva. 10 vitórias consecutivas fizeram de Márquez o campeão anunciado, mas a concorrência não ia para as corridas para facilitar a vida ao espanhol e depois da pausa de Verão, o título relançou-se. Os adversários de Márquez atacaram com tudo o que tinham e o #93 da Honda, também teve culpa no cartório, com alguns desaires que podiam ter sido evitados, no entanto, a faixa de Campeão é dele!

#2 José Maria López

foto: XPB images
O argentino venceu a primeira corrida do WTCC em Xangai, oferecendo o campeonato de construtores à Citroën. Ninguém esperaria que não fosse a marca francesa a vencer o campeonato, mas o piloto segue em primeiro no campeonato de pilotos é que é a verdadeira surpresa. Quem segue o WTCC poderia pensar que Yvan Muller fosse o primeiro piloto de equipa e que estivesse por cima dos outros 2 pilotos (o chinês Ma, apenas faz a ronda asiática e mais uma ou duas corridas), neste caso Loeb e López, mas a verdade é que “Pechito” arrasa no C-Elysée. Para rookie não está nada mal (o ano passado apenas correu na Argentina).

#3 Pedro Lamy

foto: Andy Chan
O nosso compatriota terminou as 6h de Fuji no segundo lugar da classe GTE AM, no seu lindíssimo Aston Martin. O português e os seus colegas de equipa, conseguiram mais 19 pontos na perseguição ao título da classe. Neste momento seguem em 3º com menos 42 pontos que os primeiros classificados. Será complicado para o português terminar a época em 1º, mas ainda faltam 3 provas e no endurance tudo é possível.

Drive Through – Nico Rosberg

foto: XPB images
Um erro ao tentar passar Lewis Hamilton, atirou Nico Rosberg para o fundo do pelotão e não fosse o excelente carro que a Mercedes desenhou, o alemão poderia ter terminado fora dos pontos. É estranho ver um piloto que se dizia forte, dentro e fora de pista, ter sido batido nestes últimos G.P.´s pelo seu colega de equipa e principal adversário na luta pelo título.
Não escondemos o facto de não considerarmos Rosberg um dos melhores pilotos do paddock, nem bom o suficiente para estar na luta por um título, mas se quer continuar a lutar pelo campeonato é bom que se recomponha emocionalmente, porque Hamilton começa a fugir!
Todas as fotos retiradas de motosport.com
 
Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.