Red Bull: Epílogo e prólogo

Foto: XPB Images
Foto: XPB Images

Para os mais pessimistas a Red Bull foi a maior derrotada do ano, para nós nem foi assim tão mau! Se tivermos em conta todos os pormenores que envolveram a equipa de Horner, começando pela mudança de Webber por Ricciardo, e as preocupações de pré-temporada com as unidades motrizes da Renault, que foi transversal a todas equipas equipadas com tais unidades, a equipa conseguiu uma vitória moral ao longo de 2014. Conseguiram extrair o máximo do carro e quem dá o que tem a mais não é obrigado. Aerodinâmicamente o carro, mais uma vez, foi o melhor, mas o motor não tinha argumentos para mais.

Com um inicio péssimo, em que os testes a correram de forma horrível, com mudanças e pressões, 2014 não augurava nada de bom mas, ainda assim, os dois carros estavam na grelha de partida do GP da Austrália e Ricciardo até chegou ao pódio (sendo penalizado depois e perdendo o seu lugar no pódio). O carro de 2014 não se mostrou tão forte como noutros anos, mas em certos GP´s, foram ameaçadores. Como é óbvio, não podemos afirmar que foi um bom ano para a equipa, no entanto terminar em 2º na tabela de construtores, melhor do que fez a Williams, que esteve em evidência durante toda a época, demonstra que os “Pozinhos de Perlimpimpim” de Newey & Cia. ainda funcionam. Nota: 8

F1 Testing in Jerez - Day One
Foto: S/F

Sebastian Vettel: Esteve muito longe do seu melhor, aliás, o seu melhor não se viu nas pistas em 2014. Vettel pode não ser um piloto contagiante para os espectadores mas, com certeza, não será tão mediano como transpareceu o ano transacto. O facto de ter sido ultrapassado quase desde início por Daniel Ricciardo, não favoreceu o alemão, que em certas alturas teve de deixar passar o australiano por ordem da equipa. Foi um golpe no ego de “Seb”.Um ano francamente mau, em que a mudança de equipa, mesmo que não seja para uma das favoritas à vitória em 2015, pode ter sido a melhor opção, dando um abanão na carreira, que pode dar frutos. Nota 6

foto: Getty Images/Tom Pennington
foto: Getty Images/Tom Pennington

 

Daniel Ricciardo: A equipa não deu mais, porque senão o australiano atrevia-se a ser o principal adversário de Nico Rosberg e Lewis Hamilton. Mereceu o prémio de melhor ultrapassagem do ano, quando mostrou que tinha … coragem! Sem medo, mas sempre com um sorriso cativante, Ricciardo para além de bom piloto, é um trunfo de marketing para a Red Bull, que necessitava de um piloto cativante. Para nós, a seguir ao campeão Lewis Hamilton e Nico Rosberg, Daniel Ricciardo foi o piloto de F1 em 2014 que mais brilhou. Este ano, se tiver um bom carro, tem hipóteses de brilhar ainda mais. Nota: 9

2015

foto in: crash.net
foto in: crash.net

Existem algumas dúvidas para 2015, sendo uma das mais importantes realcionada com as unidades motrizes dos franceses da Renault: pode a Renault melhorar os seus motores? Só assim a equipa poderá ameaçar a Mercedes. Outro desafio para a Red Bull é a substituição de Sebastian Vettel  pela jovem promessa Daniil Kvyat. Não somos fãs do russo, mas em 2014, Kvyat conseguiu bons pontos para a Toro Rosso e em 2015 de certeza que irá ser essa a sua função. Conquistar o máximo de pontos possível. A direcção da equipa vai colocar a fasquia mais alta ao russo para 2015. Se Kvyat não se tornar um bom “wingman” de Ricciardo, pode ser desmoralizante para piloto e restante equipa. Essa é uma das dúvidas para 2015 a Red Bull tem de se preocupar. Toto Wolff, director da Mercedes, já veio dizer que a principal rival em 2015 será a Williams. Pois, também é melhor fazer publicidade aos seus motores do que aos da concorrência, mas com Ricciardo (que foi o piloto com as melhores ultrapassagens do ano passado) ao leme e com Kvyat ainda mais consistente (esperamos nós), a Red Bull será um opositor forte à continuação do domínio da Mercedes.

 

Imagem por Daniel Leites / Qually = frente a frente no desempenho nas qualificações.

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.