WRC – Rally do México: GUANAJUATO recebe a terceira prova do mundial de ralis.

Está de volta as emoções do WRC com a realização da terceira etapa do mundial, sendo o México a próxima paragem.

foto: @World
foto: @World

Após as duas primeiras rondas cobertas de neve, (Monte Carlo e Suécia) é a vez dos duros troços de terra, abrasivos e em altitude receberem pilotos e marcas, numa prova que põe à prova a fiabilidade dos carros 1.6 Turbo em circunstâncias muito especiais. Conhecido como um dos mais difíceis ralis da temporada, o México oferece aos pilotos troços de extrema dureza, longos e onde o mínimo momento de distracção poderá ditar o abandono.

Como também é tradição, a prova da América central é das menos concorridas de toda a temporada, ainda que este ano a lista de inscritos conte com mais carros do que na edição de 2014. Serão 35 no total, entre os quais 15 WRC e 11 participantes no WRC2.

Na “categoria” máxima dos ralis o destaque vai para o regresso de Dani Sordo, depois de ter falhado o rally da Suécia devido a lesão na sequência de uma queda enquanto fazia BTT, reeditando desta maneira o “line up” original da Hyundai Motorsport, com Neuville e Paddon.

A Volkswagen apresenta-se na máxima força, como aliás tem sido hábito nestes últimos dois anos, em todas as provas em que participa, sendo sempre os principais candidatos a vencer. Tem os melhores pilotos e o melhor carro, sendo isso suficiente para encarar cada rally única e exclusivamente com o pensamento de os vencer. Se antes tinham duas setas apontadas a vencer, a verdade é que Mikkelsen tem vindo a provar que pode bem rodar perto tanto de Ogier como de Latvala, dando que fazer aos dois pilotos num “quase troféu monomarca”.

foto: @World
foto: @World

Ogier chega ao México como líder do campeonato isolado, com uma vantagem sobre 23 pontos sobre o seu colega de equipa o jovem A. Mikkelsen e T. Neuville da Hyundai.

Quem não se pode arriscar a perder mais pontos é mesmo J. M. Latvala que depois do “desastre” total no rally da Suécia, onde não somou qualquer ponto, terá de evitar a todo custo azares nesta prova, sobre pena de ver dificultadas as suas aspirações a conquistar o título mundial.

Quem também procura a todo o custo um bom resultado é a Citroen, pois Ostberg e Meeke estão a ter um início de temporada bastante complicado com inúmeros problemas, principalmente em manter o carro na estrada, deitando sistematicamente por terra oportunidades de fazer bons resultados nas duas primeiras rondas do mundial. O México terá de ser o ponto de viragem para os pilotos da marca francesa sobre pena de perderem o comboio dos homens da frente na luta por um bom lugar no mundial de pilotos.

Meeke já admitiu estar desapontado com este início de temporada. Os resultados não tem saído e o que tem saído é somente o carro de estrada, algo que quererão já mudar nesta prova, sendo o México um rally onde tanto Ostberg como Meeke se dão relativamente bem.

foto: @World
foto: @World

A M-Sport com a sua jovem dupla de pilotos Evens e Tanak poderão também aspirar a um bom resultado. O piloto estónio é sabido ter um bom andamento em ralis de terra, faltando apenas saber como manter uma relação rapidez/consistência sem sair de estrada. Evens, mais calmo e calculista, poderá ser uma agradável surpresa e se as coisas lhe começarem a correr bem de início. poderemos ver o jovem britânico rodar entre o top 5. Aqui uma dupla interessante mas difícil avaliar.

Quanto aos privados a lista não é longa nem traz grandes novidades, apenas a inclusão de B. Guerra que é o único piloto local a estar inscrito ao volante de um carro WRC.

Os outros presentes não são supressas… Prokop, Kubica, Bertelli e H. Solberg todos em Ford Fista RS WRC também estrão á partida do Rally do México.

 

Quanto ao rally em si, promete muita animação, com um trajecto que nos parece bem duro para as mecânicas dos carros, com alguns troços muito longos e desgastantes com destaque para as duplas passagens por El Chocolate (44,13km), Otates (42,9km) e no ultimo dia a especial que pode ser decisiva pelos seus 55.82km de extensão, Guanajuatito promete ser uma dura batalha para os pilotos.

 

Horário completo da prova (hora portuguesa):

Quinta 5 Março 2015 
Shakedown Llano Grande 5,55 km
Sexta 6 Março 2015 
ES1 01h09 Street Stage Guanajuato 1,01 Km
ES2 02h29 Super Special 1 4,6 Km
ES3 15h02 Los Mexicanos 1 9,91 km
ES4 15h35 El Chocolate 1 44,13 km
ES5 16h38 Las Minas 1 15,54 km
ES6 18h16 Street Stage León 1 1,37 km
ES7 20h59 Los Mexicanos 2 9,91 km
ES8 21h32 El Chocolate 2 44,13 km
ES9 22h35 Las Minas 2 15,54 km
ES10 00h10 Super Special 2 4,6 km
Sábado 7 Março 2015 
ES11 15h28 Ibarrilla 1 30,27 km
ES12 16h41 Otates 1 42,9 km
ES13 18h08 El Brinco 1 8,25 km
ES14 20h16 Street Stage León 2 1,37 km
ES15 21h09 Ibarrilla 2 30,27 km
ES16 22h22 Otates 2 42,9 km
ES17 23h15 El Brinco 2 8,25 km
ES18 00h10 Super Special 3 4,6 km
Domingo 8 Março 2015
ES19 15h53 Guanajuatito 55,82 km
ES20 17h16 Derramadero 11,59 km
ES21 18h08 El Brinco 3 [Power Stage] 8,25 km

 

Em WRC2 a lista de inscritos contem 11 nomes e também aqui, a luta pela vitória promete ser intensa. O francês S. Lefebvre será um dos nomes a ter em conta, apoiado pela Citroen oficial o jovem piloto tem sido uma das boas surpresas desta temporada chegando ao México na liderança do WRC2 em igualdade pontual com J. Ketomaa, que também estará á partida do rally, prometendo aqui um grande duela pela liderança do campeonato.

O piloto ucraniano Y. Protasov marca presença de novo com um Ford Fiesta RRC, prometendo também lutar por um lugar no pódio da segunda categoria do mundial de ralis.
Lista de inscritos:

Click to access EntryListMx15V2.pdf

Foto: Eye of Rally
Foto: Eye of Rally

Está feita a revisão do que nos espera durante estes próximos três dias, de um rally bem ao jeito que gostamos. Dureza será a palavra mais ouvida da boca dos pilotos no final das especiais, onde tudo pode acontecer e incerteza permanecerá até à última especial.

Conseguirá Ogier manter a senda vitoriosa desta temporada, ou algum dos seus adversários irá conseguir encurtar distâncias para o francês? O que valerá Latvala debaixo de pressão, sabendo que não pode cometer erros? Teremos um Meeke mais forte ou os azares continuarão a bater à porta do piloto da Citroen? Muitas outras perguntas poderíamos continuar a colocar, mas as respostas somente domingo poderão ser dadas.

Acompanhe a par e passo todas as incidências desta prova, a terceira do mundial de ralis, na nossa página de facebook com as notícias atualizadas de todas as incidências e ao final de cada dia o resumo no nosso site de tudo o que se passa durante o dia.

Até lá…mesmo em altitude…if in doubt flat out!

 

Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.