Pódio do Fim de Semana

Mais um fim-de-semana com várias competições interessantes e mais uma vez as cores lusas muito bem representadas. Os ares do outro lado do atlântico sorriram aos pilotos portugueses em acção e os resultados estão à vista.

 

#1 João Barbosa

foto: retirada da página de Facebook do piloto
foto: retirada da página de Facebook do piloto

Se por cá o nome João Barbosa não enche páginas de jornais nem é muito falado sequer, nos “States”, o nome do português é sinónimo de sucesso. Depois de vencer o campeonato americano de resistência em 2014, Barbosa e os seus colegas de equipa continuam na senda das vitórias. Com um currículo impressionante, Barbosa é um dos nomes mais respeitados nos EUA e esta vitória é prova disso. O Corvette DP nº5 da Action Express acabou com uma volta de avanço à concorrência directa com Barbosa, Fittipaldi e Bourdais a não darem a mínima hipótese. É mais uma vitória numa pista histórica para o portuense que já conta com triunfos nas 24h de Daytona, as 6h de Watkins Glen apenas faltando uma vitória na Petit Le Mans para finalizar Grand Slam americano da resistência.

 

 

#2 António Félix da Costa

foto: retirada da página de Facebook do piloto
foto: retirada da página de Facebook do piloto

O piloto de Cascais foi convidado por Allam Khodair para participar numa ronda da Stock Car Brasileira e deu espectáculo. O piloto da BMW no DTM, aguentou a forte pressão de “Pechito” Lopez e Di Grassi na fase final da corrida e manteve a 3ª posição, mesmo com alguns problemas no carro. Uma excelente prestação do “Formiga” que mais uma vez mostra todo o seu talento, frente a grandes nomes do WTCC e do WEC.

 

#3 Álvaro Parente

foto: retirada da página de Facebook do piloto
foto: retirada da página de Facebook do piloto

Um pódio 100% nacional, e que nos enche de orgulho. Para finalizar temos Álvaro Parente que também esteve em grande na Stock Car Brasil, acabando em 7º lugar depois de largar de 14º. Aquele que é conhecido com um dos melhores pilotos de GT não teve a sorte do seu lado na qualificação mas tratou de emendar isso na corrida. Não foi um pódio mas o seu esforço e qualidade merecem ser louvados, numa corrida que contou com nomes como Nicolas Prost, Bruno Senna, Jaques Villeneuve e Piquet Jr, todos eles com desempenhos menos conseguidos. O que é nacional é bom e se os pilotos lusos tivessem acesso às mesmas armas e condições que outros com certeza os veríamos a brilhar ainda mais.

 

# Drive Through – FOM

foto:Mark Thompson/Getty Images
foto:Mark Thompson/Getty Images

Mais uma vez a F1 leva um rude golpe por quem supostamente a deveria defender. Foi confirmado pela FIA que o GP da Alemanha foi retirado do calendário de 2015. Depois da ameaça da saída de Monza do calendário (evitada entretanto), os alemães não quiseram saber das exigências de Bernie e nem mesmo a ajuda da Mercedes salvou o caso. Mais um problema que deixa mal vista a F1, que retira um GP de um circuito europeu e que deixa os fãs perplexos. Não passa uma semana sem que não haja uma polémica na F1. Não tínhamos duvidas que o desporto era mal gerido mas assim está a tomar contornos catastróficos.

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.