F1 – GP China: Hamilton não desilude

zeenews.india.com
zeenews.india.com

Este ano a F1 está diferente de 2014. Toda a gente quer saber quem consegue bater Hamilton (Vettel já o conseguiu, com muita arte e estratégia) e até agora o seu colega de equipa ainda não conseguiu responder a esta questão. Se Vettel, com um Ferrari já o conseguiu, porque não consegue Rosberg? Nós pensamos que Hamilton não deixa… tal como aconteceu hoje.

Sem querer ser spoiler, mas no final, quando o engenheiro de corrida informou Rosberg que era P2, as palavras do alemão foram de desespero… perdeu a pole por 0.042s. Não se faz Lewis!

Q1: Button bateu Alonso

foto: McLaren
foto: McLaren

Fernando Alonso não tinha chegado ao fim da FP3 devido a problemas no MP4-30, mas a equipa resolveu a situação e o espanhol seguiu para a qualificação. Esperava-se que a McLaren fizesse tudo para atingir a Q2, pelo menos com um dos carros. Os ingleses não conseguiram, os pilotos estavam tão juntos na Q3, em termos de tempos, que foi impossível para os rapazes de Woking conseguirem bater, por exemplo, os Sauber, os Force India ou os Lotus.

Os Sauber estavam tão rápidos que Button e Alonso não tinham argumentos para se baterem com Nasr e Ericsson. Na frente a Mercedes dominava, com Hamilton sempre com o melhor tempo, a Ferrari (mais através de Vettel) e a Williams batiam-se pelo 3º lugar. A Williams parece ter alguma coisa a “dizer” na corrida de amanhã e não deve ser tão fácil para Vettel aguentar, pelo menos, o 3º lugar.

No final da primeira sessão de qualificação ficavam de fora: Roberto Merhi, Will Stevens, Fernando Alonso, Jenson Button e Nico Hulkenberg. Hulkenberg ter ficado pela Q1 foi decepcionante, até porque o seu colega de equipa tinha estado quase sempre atrás dele.

Q2: Apenas Ricciardo se salvou

foto: Red Bull
foto: Red Bull

Podemos chamar à Q2 do GP da China como a “Caça-Renault”. Em 4 carros com motores Renault, apenas 1 deles passou para a Q3. O sempre sorridente Daniel Ricciardo, que até disse na Quinta-feira estar mais optimista com o carro, foi o único piloto que se safou da Q2.

Lewis Hamilton não dava hipótese a Rosberg e na Ferrari, Kimi Räikkönen estava sempre um passo atrás do ritmo de Vettel. Não há dúvidas que o finlandês está novamente sob pressão e tem de mostrar um pouco mais do que se tem visto até agora.

Os pilotos que ficavam de foram, eram: Sérgio Pérez, Carlos Sainz Jr., Max Verstappen, Daniil Kvyat e Pastor Maldonado.

Q3: Lição de Hamilton e Vettel

Foto: Mercedes
Foto: Mercedes

Com a Williams já desde a Q1 mais em cima dos Ferrari do que até agora, Vettel fez uma volta espectacular, colocando-se à frente de Felipe Massa na grelha para amanhã. Antes, Massa já tinha batido o tempo de Valtteri Bottas e Räikkönen ficou atrás dos dois pilotos da equipa inglesa.

Lewis está muito focado e sente-se isso na pista, mesmo tendo saído para a pista uma segunda vez (já tinha a pole provisória) e não conseguiu melhorar o seu tempo, dando uma pequena chance a Rosberg para este tentar bater o seu tempo. Ainda assim tudo correu bem ao britânico.

Fica assim a grelha para amanhã:

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.