CNR – Rali de Guimarães: José Pedro Fontes venceu na cidade Berço

foto in: doidos por rally
foto in: doidos por rally

O último fim-de-semana trouxe de novo para a estrada os carros e os pilotos do nacional de ralis, com a realização da segunda etapa do CNR. A cidade de Guimarães acolheu durante dois dias a caravana do melhor que existe de ralis em Portugal, com um bom leque de inscritos à partida, onde apenas a única ausência de notar foi a de Miguel Campos, que havia sido segundo classificado em Fafe.

Mas não era essa ausência que iria tirar o interesse em volta desta prova, pois muitos outros nomes prometiam um interessante e intensa luta pela vitoria final, com 12 especiais a serem cumpridas durante os dias de prova, sendo que na sexta-feira apenas se realizou uma super especial na cidade de Guimarães, que mais não foi para abrir o apetite a pilotos e adeptos. Foi João Barros que levou a melhor sobre a concorrência, ainda que, e como se esperava, sem grandes margens de diferença entre os principais candidatos.

No sábado eram cumpridos 11 especiais contra o cronometro, onde sobressaiu um nome em todos os participantes, José Pedro Fontes navegado por Miguel Ramalho, foram os grandes dominantes de uma prova que cedo começou a formar aquilo que seria a classificação final entre os pilotos do CNR. Fontes rodou num ritmo alucinante não dando qualquer margem de recuperação a toda a concorrência, vencendo aliás 8 especiais ao longo de todo o rali.

foto in: doidos por rally
foto in: doidos por rally

Atrás de si ficou João Barros, num bom segundo lugar, dando continuidade ao que aqui já tinha sido dito acerca do piloto de Paredes, que demonstra uma notória evolução enquanto piloto, mas ao contrário de Fafe, desta vez o azar não lhe bateu à porta o que lhe valeu o segundo lugar do pódio e mais do que isso, uma recuperação de pontos no campeonato face a Ricardo Moura, que foi apenas terceiro na geral e não venceu qualquer especial (de recordar que os vencedores de especiais ganham 0,5 pontos para o campeonato), enquanto Barros venceu 4 ao longo do rally.

Ricardo Moura, como já se referiu, foi terceiro na geral e bem longe do vencedor, perdendo mais de um minuto para Fontes, ainda assim sai de Guimarães como líder do campeonato, mais pressionado por João Barros e J. P. Fontes.

Pedro Meireles a correr em casa, mas ainda de Skoda S2000, não foi além de um 4º lugar final, a mais de dois minutos do vencedor, claramente sem andamento e meios para se bater com os melhor equipados R5, enquanto espera pela confirmação de chegada ou não do novo Skoda Fabia R5.

A fechar o top 5, Carlos Martins numa boa prestação do piloto da equipa Sports&You no seu primeiro rally com o Skoda Fabia S2000 em asfalto. Um resultado motivador para o que se segue daqui para o resto da temporada.

Adruzilo Lopes desta vez não conseguiu minimizar as perdas do seu Subaru Impreza R4 aos mais rápidos e não foi além de um 6º lugar final.

Fica a classificação geral final (top10) do rali de Guimarães:

José Pedro Fontes/Miguel Ramalho – Citroen DS3 R5 -1:10:00.00

2 João Barros/Jorge Henriques – Ford Fiesta R5 – 1:10:23.70 – +0:23.70

3 Ricardo Moura/António Costa . Ford Fiesta R5 – 1:11:17.10 – +1:17.10

4 Pedro Meireles/Mário Castro – Skoda Fabia S2000 – 1:12:15.10 – +2:15.10

5 Carlos Martins/Daniel Amaral – Skoda Fabia S2000 – 1:12:51.80 – +2:51.80

6 Adruzilo Lopes/Vasco Ferreira – Subaru Impreza R4 – 1:13:16.10 – +3:16.10

7 Gil Freitas/Duarte Miranda – Porsche 997 GT3 CUP – 1:16:01.90 – +6:01.90

8 Elias Barros/Alberto Silva – Ford Fiesta R5 – 1:16:08.50 – +6:08.50

9 Marco Cid/Nuno Rodrigues da Silva – Renault Clio S1600 – 1:16:26.80 – +6:26.80

10 Gil Antunes/Diogo Correia – Renaul Clio R3 – 1:16:34.80 – +6:34.80

Classificação do campeonato após a segunda prova:

1º Ricardo Moura – 44.5 pts

foto: Danny Photo Racing
foto: Danny Photo Racing

2º João Barros – 41.5 pts

3º José Pedro Fontes – 40 pts

4º Pedro Meireles – 28 pts

5º Adruzilo Lopes – 22 pts

6º Miguel Campos – 21 pts

7º Carlos Martins – 12 pts

8º Joaquim Alves – 9 pts

9º Marco Cid – 8 pts

10º Gil Freitas – 8 pts

2 RM do CNR

marcocidNas duas rodas motrizes a luta pela vitória final foi mais animada e sorriu a Marco Cid, depois de um intensa luta com Gil Antunes e Paulo Neto. Os três pilotos rodaram sempre muito próximos durante todo o dia de Sábado, dando emoção à prova e incerteza quanto ao vencedor final na classe destinadas aos carros de tracção frontal.

Marco Cid em Renault Clio S1600 foi então o vencedor, deixando Gil Antunes em Renault Clio R3 na segunda posição, enquanto Paulo Neto fechou o pódio ao volante do seu Citroen Ds3 R3T.

Quanto a João Ruivo, que depois da espectacular vitória em Fafe, não foi além de um 4º lugar na classe, fruto dos vários problemas que sofreu nos travões das rodas da frente ao longo do rally, que condicionaram o andamento do mesmo. Renato Pita fechou o top 5.

Classificação do campeonato após a segunda prova:

1º Marco Cid – 47.5 pts

2º João Ruivo – 46 pts

3º Paulo Neto – 35 pts

4º Renato Pita – 24 pts

5º Gil Antunes – 21 pts

6º Miguel Carvalho – 14 pts

7º Marco Reis – 14 pts

8º Paulo Moreira – 11 pts

9º Ricardo Marques – 10 pts

10º José Monteiro – 8 pts

Mais campeonatos decorreram no Rali Cidade de Guimarães:

no FPAK Norte, a vitória foi sem surpresa para Fernando Peres, batendo Vitor Pascoal por cerca de 40´s, enquanto Eduardo Veiga foi 3º a mais de 3 minutos de Peres.

Na competição destinado às senhoras, a vitoria foi para Isabel Ramos em Renault Clio que bateu largamente toda a concorrência, deixando a mais de seis minutos Mariana Carvalho em Peugeot 206 GTI e a nove minutos, Daniela Rodrigues em Citroen Saxo, na 3ª posição.

Teve também inicio a competição do Challange Ds3 R1, com vitória para Ricardo Sousa, batendo por 44´s Ricardo Roda e a fechar o pódio, André Rodrigues a mais de 3 minutos do vencedor. Estes foram aliás, os únicos a terminarem nesta categoria, que contou com quatro participantes inscritos.

No campeonato destinado aos iniciados, somente três participantes, com vitória para Fábio Caseiro em Citroen Saxo, enquanto nos Clássicos a vitória sorriu a Rui Castro em Datsun 1200.

O CNR está de volta dentro de duas semanas com a realização do Rali de Castelo Branco nos dias 24 e 25 de Abril.

Até lá…If in doubt flat out!!

Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.