MotoGP – Antevisão do GP de Espanha

Eis que a caravana do mundial de motos chega à Europa e logo na “casa” de Márquez. São esperados 250 mil espectadores e a maioria irá estar a puxar por Marc Márquez, mas Valentino Rossi não se amedronta. É disto que é feito o MotoGP, de rivalidades, de milhares de pessoas a gritarem pelo piloto preferido.

MotoGP

foto:facebook.com/marcmarquez1993
foto:facebook.com/marcmarquez1993

Se alguém tem dúvida que o MotoGP é o melhor espectáculo nas pistas, é favor assistir a uma das corridas, qualquer que ela seja, porque o espectáculo está garantido. Em Jerez, circuito mítico das mais variadas competições, a luta entre o líder do campeonato, Rossi e o campeão em título, Márquez, vai estar ao rubro. Para os espanhóis é o pior início de época em 10 anos, já que um espanhol apenas venceu uma corrida em 2015 (Márquez em Austin) e não sabemos se será em Espanha que algum espanhol consiga mais uma vitória. Marc Márquez foi operado na semana passada, uma cirurgia simples, mas que pode levantar alguns problemas durante a corrida em Jerez. Dani Pedrosa, que também foi operado, mas com um problema mais complicado e perdeu as corridas de Austin e Argentina, vai falhar mais uma corrida, esperando estar a 100% para Le Mans. O espanhol pilotou uma moto durante a semana passada, mas durante o pequeno teste deixou de sentir o braço por completo.

Quanto a Rossi tem a possibilidade de aumentar a vantagem para Márquez (isto se o espanhol tiver mesmo dificuldades durante a corrida), mas o mais provável é que seja uma luta dura entre Rossi, Dovizioso, Iannone e Márquez, possivelmente com Crutchlow, Smith ou Lorenzo, a entrarem também na discussão da corrida. Jorge Lorenzo tem estado completamente fora das discussões das corridas, mas correndo em Espanha, com algum do público do seu lado e querendo mostrar mais trabalho, poderá reaparecer em Jerez.

Moto3

foto: motogp.com
foto: motogp.com

Danny Kent perfila-se como o mais sério candidato à vitória em Jerez, quase sem contestação. O britânico tem qualidade, já vista nas últimas corridas de 2014 e nesta época tem já 15 pontos de vantagem para Efren Vazquez, seu colega de equipa.

Os pilotos que montam as Honda estão um passo à frente dos restantes, mas a KTM está a tentar fazer pela vida. Miguel Oliveira tem dados bons sinais, mas as 2 primeiras provas sem pontuar foram sem dúvida, decisivas para este início de ano. Sem ter pontuado no Qatar e nos EUA, Oliveira teve mais pressão para conseguir bons pontos na Argentina e em Espanha continua a ter que fazer uma boa corrida. Um pódio era bem-vindo.

Circuito de Jerez

 

Informação do Circuito:

4.4 km de comprimento;

11 m de largura;

5 curvas à esquerda e 8 curvas à direita.

Informação da corrida:

27 voltas, com uma distância total de 119.4 Km.

Traçado da pista

32

Resultados de 2014:

 

MotoGP: 

1º Marc Márquez – 2º Valentino Rossi  – 3º Dani Pedrosa

Moto2:

1º Mika Kallio – 2º Domenique Aegerter – 3º Jonas Folger

Moto3:

1º Romano Fenati – 2º Efren Vazquez– 3º Alex Rins

 

Teaser do GP da Espanha:

 

 

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.