Breves

 

Michelin aberta para o regresso à F1

 

michelin-tiresNo ano passado puseram de parte esta hipótese mas este ano os franceses mostram-se favoráveis a um possível regresso ao grande circo. Dependendo de novas regulamentações e uma nova filosofia na modalidade, a Michelin está disponível para um regresso. Mas para isso a F1 terá de considerar as rodas de 18 polegadas e mais virados para a durabilidade e não para o espectáculo.  A Pirelli faz pneus que duram pouco a pedido da FIA de forma a que as estratégias sejam parte integrante do espectáculo, mas a Michelin que fornece o WEC e está habituada a fazer durar as suas borrachas pensa que esse não é o caminho a seguir e que os pneus devem ser os melhores possíveis. Estão também abertos ao regresso para lutar com outra fornecedora proporcionando mais uma batalha para a F1. Está tudo nas mão da FIA e da FOM.

 

A Associação de pilotos vai agir para melhorar a F1

 

pilotos_f1_gpaustralia_apO coro de criticas vai aumentando e os pilotos não fazem ouvidos surdos. E para tal a associação de pilotos vai lançar um inquérito aos fãs para conhecer a opinião de quem segue a F1 de forma a apresentar propostas com vista à melhoria do espectáculo. A FIA e a FOM tendencialmente esquecem a opinião dos fãs e os pilotos cientes disso querem fazer chegar às entidades competentes a opinião de quem realmente interessa. Se vai surtir efeito? Dificilmente mas louva-se a atitude dos pilotos que assim mostram que não estão satisfeitos com o actual estado da F1. Coulthard na sua coluna na BBC afirmou que os pilotos não estão satisfeitos com a F1 acutal e que esta deveria ser mais rápida, e deveria proporcionar mais acção. Os pilotos não criticam abertamente por motivos óbvios mas não sentem que estão a ser levados ao limite nesta nova formúla e querem mais. Esta iniciativa é uma prova disso.

 

Lotus no topo da tabela do 2º dia de testes.

11245474_992559954095508_2136668753075552766_nFoi Jolyon Palmer que fez o melhor tempo no circuito catalão. O britânico fez o melhor tempo já na parte final da sessão que vinha sendo dominada por Wehrlein no Mercedes. Gasly fechou o top 3 pilotando o Red Bull e afirmando que “não existe grande diferença entre o Toro Rosso e o Red Bull”. Já Yelloly, que pilotou o Force India ontem afirmou que estava à espera de maiores dificuldades e que o carro era fácil de pilotar e menos exigente fisicamente comparativamente a um GP2.

 

  1. Jolyon Palmer GBR Lotus-Mercedes 87 laps 1m 26.080s
    2. Pascal Wehrlein GER Mercedes-Mercedes 137 laps 1m 26.497s
    3. Pierre Gasly FRA Red Bull-Renault 76 laps 1m 26.683s
    4. Jenson Button GBR McLaren-Honda 99 laps 1m 26.927s
    5. Alex Lynn GBR Williams-Mercedes 52 laps 1m 26.967s
    6. Esteban Ocon FRA Force India-Mercedes 94 laps 1m 27.520s
    7. Esteban Gutierrez MEX Ferrari-Ferrari 117 laps 1m 27.930s
    8. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Renault 124 laps 1m 27.997s
    9. Raffaele Marciello ITA Sauber-Ferrari 75 laps 1m 28.829s

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.