24h Le Mans: Le Mans Prototype 2- Resumo da prova

foto: © Nick Dungan - AdrenalMedia.com
foto: © Nick Dungan – AdrenalMedia.com

O Oreca 05 Nissan (#47) da KCMG, com Nicolas Lapierre, Matthew Howson e Richard Bradley, partiu logo na frente e ficou nessa posição por várias horas, estendendo a liderança para mais de uma volta para a concorrência.
Os vencedores da classe no ano passado, a Jota Sport, tinha um arranque difícil com o Gibson 015S Nissan (#38), com problemas na caixa de velocidades, que os deixaram com uma volta de atraso.

A corrida estava muito mexida na luta pelo 2º lugar, com vários carros a passarem por lá, como o Ligier JS P2 Honda (#34), ou o Gibson 015S Nissan (#41) de Gary Hirsch/Gaëtan Paletou/Jon Lancaster. E foi precisamente quando rodava no 2º lugar que Gary Hirsch ficou sem carga numa bateria. Após duas horas de reparações em pista, e apesar da assistência da equipa via rádio, Hirsch cedeu e o carro abandonou.
Na oitava hora, o Ligier JS P2 Nissan (#26) recuperava após um atraso e vinha de 10º para 3º. O Ligier subiu ao 3º lugar porque o Alpine A450b Nissan (#36) ficou destruido num acidente na curva de Mulsanne.
Para o 2º lugar da corrida chegava o Oreca 05 Nissan (#46) de Pierre Thiriet/Ludovic Badey/Tristan Gommendy. Isto deixava dois Oreca 05 Nissan nos dois primeiros lugares, embroa separados por uma volta.

foto: © John Rourke - AdrenalMedia.com
foto: © John Rourke – AdrenalMedia.com

As posições permaneceram estáveis. O carro da KCMG liderou, apesar de perder três minutos nas boxes com um pequeno problema elétrico, e o carro da Thiriet esteve no 2º lugar até à 14ª hora. Na primeira chicane em Mulsanne o Oreca levou um toque do Aston Martin Vantage V8 GTE (#99) e ficou na gravilha com danos significativos. O carro voltou às boxes, e de lá não voltou a sair.
O Ligier #26 foi promovido ao 2º lugar e, mais tarde, o Gibson #38 continuava a sua cavalgada e conseguia já chegar ao 3º lugar.

Durante a manhã, o carro da KCMG teve outro susto, ao ficar parado durante dois minutos na curva de Arnage, embora tenha prosseguido, mas agora via o Ligier #26 mais perto, a pouco mais de um minuto e meio.
A três horas do fim, o Oreca da KCMG voltou a parar, desta vez porquefoi para a gravilha na curva Indianapolis. A diferença para o Ligier e o Gibson, que travavam uma grande batalha pelo 2º lugar, era de pouco mais de um minuto.

No final, Nicolas Lapierre, Matthew Howson e Richard Bradley conseguiram vencer a classe no Oreca #47.

foto: Krohn Racing
foto: Krohn Racing

Simon Dolan/Mitch Evans/Oliver Turvey conquistaram o 2º lugar para a Jota Sport, já na última hora de prova, com o Ligier #26 da G-Drive (Roman Rusinov/Julien Canal/Sam Bird) a fechar o pódio.

João Barbosa esteve aos comandos do Ligier JS P2 Judd (#40) da Krohn Racing com Tracy Krohn e Niclas Jönsson. O carro teve muitos problemas, com penalizações, vários erros de Tracy Krohn e um problema elétrico que demorou mais de meia hora a resolver. Depois o carro teve problemas no controlo de tração, e um furo já no final deixo-os em 32º lugar da geral, 12º nos LMP2.

Classificação LMP2:

image-0001 (5)Jorge Covas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.