DTM – Norisring: Corrida 2

A segunda corrida do fim de semana em Norisring teve 60 minutos, uma troca obrigatória de pneus e, ao contrário de ontem, teve sol e piso seco.

CImH-43UMAE4-JNBruno Spengler (#7) conseguiu a pole para a corrida, com Christian Vietoris (#8) ao seu lado. Spengler arrancou muito bem, e Vietoris era passado na curva 2 por Robert Wickens (#6).
Na curva 2 era o caos. Maximilian Götz (#84) travou demasiado tarde e embateu na traseira de Timo Glock (#16). Este acabou por tocar em vários carros, entre eles Mike Rockenfeller (#99), Augusto Farfus, Jr. (#18), Edoardo Mortara (#48) e António Félix da Costa (#13).
Götz, Farfus e Rockenfeller ficaram ali. Glock ficou mais duas voltas até que o seu capô saltou do carro e trouxe o Safety Car para a pista.

Bruno Spengler continuava na frente no recomeço, mas era cada vez mais pressionado por Wickens. Ao fim de 13 minutos, Wickens usou o DRS e passou facilmente por Spengler.
Esta volta de Spengler acabou mal, porque perdeu mais quatro posições em 1 km, sendo passado por Vietoris, Lucas Auer (#22) e Mattias Ekström (#5).

Lucas Auer era passado por Ekström e recebeu um stop/go de 5 segundos por ficar incorretamente posicionado na grelha de partida.

As paragens nas boxes não mudaram muito as coisas, exceto para da Costa. O português já tinha recuperado até ao 9º lugar mas uma roda frente direita difícil de entrar custou ao português quase 10 segundos e atirou-o para fora dos pontos.

As hipóteses de Vietoris apanhar Wickens esfumaram-se porque Miguel Molina (#17), ainda a ter que fazer uma paragem, atrasou-o.

Mais atrás, Jamie Green (#53) perdia a 9º posição para Maxime Martin (#36). O belga tocou com força em Green e este furou um pneu, acabando em 19º lugar.

Wickens não teve rivais e venceu pela primeira vez esta temporada. Vietoris foi 2º e no último minuto de prova, uma manobra agressiva pagou dividendos para Spengler, que levava mesmo o 3º lugar sobre Mattias Ekström.

11046474_966515290065222_7856339878642523339_nPascal Wehrlein (#94) foi 5º, na frente de Paul di Resta (#3), após o britânico ser obrigado a ceder duas vezes a posição por ordens de equipa.
Gary Paffett (#2) foi 7º, Daniel Juncadella (#12) um consistente 8º, Lucas Auer recuperou da penalização e foi 9º e Maxime Martin fechou o Top 10.

António Félix da Costa não foi além do 12º lugar após o seu atraso nas boxes.

Resultado da corrida:

fonte: DTM
fonte: DTM

A próxima dupla jornada será em Zandvoort, na Holanda.

Jorge Covas

Um pensamento sobre “DTM – Norisring: Corrida 2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.