Boas expectativas para a Veloso Motorsport em Vila Real

Aproveitando a boleia do teste de Carlos Alonso, no circuito Vasco Sameiro, em Braga, falamos com o chefe da equipa Veloso Motorsport, Luís Veloso.

11403031_10207417876154652_6440442737804650747_n
foto: Ricardo Veiga

Quanto a uma primeira análise da época da equipa de Braga, tanto no CNV como no Super Trofeo Lamborghini, Luis Veloso é peremptório: “Somos primeiros no CNV, na categoria GT Cup, no Super Trofeo Lamborghini é o primeiro ano para os pilotos [Sérgio Montez e Eugénio Montez] e têm dois anos de corridas, portanto ainda lhes falta experiência de corridas internacionais, que é aquilo que estão a ter agora num nível muito alto, onde dos 35 carros à partida, 15 podem ganhar a corrida. Além disso, há a dificuldade acrescida dos circuitos por onde têm competido serem completamente novos para eles. Não têm oportunidade de treinar nessas pistas. Vão na próxima semana testar em Spa, o primeiro circuito onde isso acontecerá.”

Os dois pilotos nacionais conseguiram já dois pódios na categoria Am, onde estão inseridos e estão a corresponder “dentro daquilo que esperávamos no projecto que planeamos para 3 anos”, segundo Luís Veloso. O responsável coloca a fasquia mais alta para a próxima época: “Este ano o objectivo era rodar o carro e coloca-los nos pódios da categoria GTAm e no próximo ano é subir aos pódios da categoria  Pro Am.”

A ideia da equipa sempre foi um projecto a médio prazo que lhes pudesse rentabilizar o investimento na máquina fantástica que é o Lamborghini Húracan, com os irmãos Montez no Super Trofeo e algumas corridas esporádicas realizadas, como irá acontecer em Vila Real.

Regresso do WTCC a Portugal é bom, mas…

11536112_929236000489091_1939796792216045003_n
foto: Facebook da Veloso Motorsport

Para Luís Veloso a vinda do WTCC é importante para o desporto motorizado nacional, mas “existem muitas coisas mais importantes para melhorar as competições nacionais. A Federação e o promotor terão que fazer alguma coisa em relação ao CNV, porque este ano o campeonato está muito fraco e eu considero este, um ano de transição.” Quisemos saber como se poderia melhorar e a resposta do responsável pela Veloso Motosport não tem dúvidas: “passa por alterar os regulamentos para o próximo ano, onde possamos ter corridas de nível com mais pilotos e com qualidade.”  

“As faltas de apoios advém do fraco campeonato que temos” – continua Luís Velosos – “se formos ver o campeonato de ralis, este é um dos melhores dos últimos anos e eu penso mesmo, que o regulamento do CNV não é o adequado para o nosso país. Já há muitos anos que digo isso. Por exemplo, falta um troféu de iniciação com custos controlados e baixos, onde possam aparecer novos pilotos, ao estilo do antigo troféu Starlet.”

 

Esperemos que quem de direito ouça as palavra de quem está dentro das competições e que finalmente se faça algo para que possamos ter finalmente campeonatos nacionais como já tivemos no passado… emotivos, competitivos e que chamem publico.

Pedro Mendes

Fábio Mendes

 

 

2 pensamentos sobre “Boas expectativas para a Veloso Motorsport em Vila Real

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.