MotoGP: Lições do GP de Indianápolis

indyDesde de 2008 que o MotoGP viaja até ao Indianapolis Motor Speedway, mas apostamos que nenhuma das edições passadas ficará na memória, tanto como a de este ano.

Tudo começou com a prova de Moto3, aquela que mais nos interessa como portugueses. Para começar, temos de colocar as seguintes premissas em jogo: não se tratou de uma corrida de Moto3 a KTM Ajo tem que melhorar se quer ser tratada de equipa.

E começamos por aí. Terão os elementos da Ajo problemas de visão? Ou os mecânicos não estão ao nível dos outros do grid? Miguel Oliveira quando parou na grelha depois da volta de aquecimento, fez sinal que iria parar na box no final da primeira volta, tal como Danny Kent. Como os pilotos não têm comunicação com as boxes, espera-se que num dilema como o de ontem, chove/não chove, as equipas estejam prontas para quando o senhor que está sentado em cima de uma moto, que provavelmente será a melhor pessoa para perceber o estado da máquina e do piso, entre pelo pit lane. É óbvio que numa situação como a da corrida de ontem, não são só os pneus que têm de ser mudados. O set up das motos estavam prontos para uma corrida molhada e tiveram de ser revistos.

O que não compreendemos é como a Ajo deixou o seu melhor piloto parado tanto tempo…foram quase 3 minutos parado na box! Romano Fenati, que era 4º no campeonato antes da corrida americana, entrou nas boxes (extasiado!) no final da segunda volta e conseguiu terminar na quarta posição da corrida, passando assim, Miguel Oliveira no campeonato.

foto:motogp.com
foto:motogp.com

De parabéns está o “nosso” Miguel Oliveira. Terminar em 15º, conseguindo ainda um ponto para o campeonato, mesmo tendo sido “tramado” pela equipa, foi bom. Se virmos os tempos finais, Oliveira conseguiu fazer bons tempos por volta, mantendo um ritmo que lhe permitiria conseguir muitos mais pontos, se a equipa não lhe tivesse falhado!

A corrida não pode ser considerada de corrida de Moto3, porque não teve a essência do Moto3. Livio Loi, que não falhou durante toda a prova e esteve muito bem (juntamente com a equipa) ao arriscar na troca de pneus ainda na grelha, terminou a corrida com quase 40s de vantagem para John Mcphee. Não é normal em Moto3, o vencedor terminar e ter estado durante as 23 voltas, tão à vontade.

Perto do final da corrida, tivemos um cheirinho a Moto3, com a luta (mais ou menos) dura entre Bastianini, Antonelli, Binder e Navarro. Resta-nos dar os parabéns aos homens do pódio, que tiveram a oportunidade de serem reis numa corrida muito estranha e confusa.

Na prova do MotoGP, assistimos a uma corrida de Marc Márquez à La Rossi. Márquez fez uma corrida paciente, deixando Jorge Lorenzo pensar que mandava na corrida, mas perto do final, fez como Rossi fez durante algum tempo ao espanhol… ultrapassou-o e não deu oportunidade de resposta. O campeão em título foi muito inteligente e mostrou muita maturidade. Há que dar o mérito a quem o merece!

foto:motogp.com
foto:motogp.com

Por falar em mérito: Valentino Rossi largou de 8º mas garantiu mais um pódio e mesmo com a vitória de Márquez, o fim de semana nem foi tão mau como isso. The Doctor perdeu apenas 4 pontos para Lorenzo no campeonato. Foi um limitar de danos. Rossi já afirmou, novamente, que o seu problema é a qualificação.

Gostei bastante do modo como Dani Pedrosa vendeu caro o 3º lugar em Indianápolis. Rossi passou-o numa manobra tirada do seu catálogo, mas Dani ainda deu que fazer ao italiano, não o deixando ganhar muito terreno e não fosse um erro, talvez pudesse ter subido ao pódio.

Bradley Smith também esteve em bom plano durante todo o fim de semana, mas durante a corrida esperava mais, mesmo tendo terminado em 6º. Não foi capaz de passar Andrea Iannone, mesmo com a Ducati um pouco fora de forma.

Pedro Mendes

Um pensamento sobre “MotoGP: Lições do GP de Indianápolis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.