GT Open – A dupla, Álvaro Parente e Miguel Ramos, conseguiu um excelente resultado na pista de Spa.

 

foto: GT Open
foto: GT Open

Ao volante do Mclaren 650 S da equipa espanhola Teo Martin Motorsport, os “tugas” subiram ao lugar mais alto do pódio, na segunda corrida do fim-de-semana da Internacional GT Open.

Depois de um segundo lugar no dia de ontem na primeira corrida, a dupla portuguesa arrecadou um triunfo importantíssimo e de uma forma autoritária, após um enorme final de corrida.

A dupla portuguesa reforça assim a sua posição de líderes no campeonato.
Tudo corria as mil maravilhas aos carros da equipa espanhola, onde já se pensava que iria conseguir dobradinha, mas infelizmente os pilotos Rob Bell-Andew Watson sofreram uma penalização de 40 segundos após a corrida por um incidente entre Bell e Companc nas últimas voltas, acabando por ficar na quinta posição.

Foto: GT Open
Foto: GT Open

Sendo assim, a segunda posição foi para o Aston Martin de Tim Verbergt-Michael Schmetz, que mais uma vez realizaram uma corrida muito boa, com Pasin Lathouras-Michele Rugolo (AF Corse Ferrari) em terceiro que assim mantiveram o segundo lugar na classificação.

O Aston Martin de Salih Yoluc-Euan Hankey conquistou nova vitória na GT-Am, à frente dos dois Ferraris AF de Sdanewitsch-Lémeret e Barreiros (que correu sozinho este fim de semana), com James Abbott (Radical) também repetir o sucesso na Taça GT.

Desde o início da corrida Parente assumiu a liderança a frente de Giammaria Bruni, Watson, Verbergt, Abbott e Lathouras. Mas Giammaria deparou-se bem cedo com alguns problemas mecânicos, levando-o a perder duas posições.

Ao fim de três voltas, o português Álvaro Parente já tinha conseguido uma vantagem de dez segundos relativamente ao segundo classificado, o seu companheiro de equipa Watson. Lathouras, sem carro para mais foi ultrapassado por Nebylitskiy que assim ficou em sexto.

Foto: GT Open
Foto: GT Open

Passadas algumas voltas, o primeiro pit stop para a troca de pilotos. A dupla portuguesa com uma vantagem preciosa, manteve-se líder, com Bell atrás de si.

Mas o melhor estava guardado para as últimas voltas.

O italiano Companc atacou Bell e Rugolo fez o mesmo com Schmetz, que fez a volta mais rápida desta corrida.

A três voltas fim, novamente Companc, que desta feita fez um ataque feroz a Bell por fora, sem qualquer contacto entre ambos, conseguindo-o ultrapassar.

Miguel Ramos, com o piso húmido, seguia num ritmo mais calmo, o que levou com que o Aston Martin se aproximasse do Mclaren, mas já era tarde.

Um resultado excelente para Parente/Ramos, que assim continuam na liderança, com mias 13 pontos de vantagem sobre os segundos classificados.

Na mesma corrida, destaque para o português Filipe Barreiros, da Ferrari Portugal, que este fim-de-semana correu sozinho (como já referimos), que terminou na 11ª posição, correspondendo ao terceiro lugar entre os Gentlemen e ao segundo lugar da classe GT3AM.

 

 

foto: GT Open
foto: GT Open

 

 

Ricardo Veiga

Um pensamento sobre “GT Open – A dupla, Álvaro Parente e Miguel Ramos, conseguiu um excelente resultado na pista de Spa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.