WRX – Lohéac: Timmy Hansen soma e segue

10505555_1100558226623337_8389128047421948312_nDepois de um primeiro dia dominado pelo piloto Timmy Hansen, chegamos agora ao segundo dia de prova em França no circuito de Lohéac. Este segundo dia tal, como no primeiro, contou com muito público nas bancadas, mas não conseguiram bater o record de 2014. Mesmo assim estiveram no circuito de Lohéac 64.000 pessoas. No primeiro dia desta nona ronda do campeonato Timmy Hansen foi o piloto que esteve em destaque ao vencer as duas primeiras heat de qualificação.

Neste segundo dia os pilotos preparavam um dia que seria difícil na pista francesa de Lohéac com 35 carros na luta pelo maior número de pontos para ficar no final das quatro heat de qualificação dentro do top 12 que dá acesso ás semi finais.

Heat 3

10351521_1099076646771495_5510735651927223599_nVamos então ao que interessa. Neste segundo dia de competição, depois da sessão de warm up, os pilotos entraram em pista para a terceira heat de qualificação. Petter Solberg entrou dominador e mostrou ao público presente todas as suas capacidades de condução, ao ser o mais rápido da terceira heat com um tempo de 02:34.318, batendo o melhor tempo das duas primeiras heats de qualificação do primeiro dia, deixando o segundo piloto mais rápido, Timmy Hansen, a quase dois segundos do seu tempo. Na terceira posição terminou Topi Heikkinen. O finlandês começou com bom andamento, depois de apenas ter conseguido um décimo lugar e um vigésimo lugar na primeira e segunda heat respectivamente.

Nos Super1600 o mais rápido em pista foi Davide Medici, ao percorrer as quatro voltas ao circuito em 02:46.497. O segundo mais rápido foi Andréa Dubourg e na terceira posição Siim Saluri.

Heat 4

11960021_1101211796557980_390145710713622190_nPassando para a quarta e última heat de qualificação o mais rápido em pista foi Johan Kristoffersson. O sueco levou a expressão “flat out” a rigor e fez um excelente tempo ao volante do seu VW Polo da Volkswagen Team Sweden. Kristoffersson fez as quatro voltas em 02:34:904, por pouco não batia o tempo de Solberg da terceira heat. O segundo tempo mais rápido pertenceu ao russo Timur Timerzyanov.

O ex-campeão europeu de ralicross não tem conseguido os melhores resultados mas teve um bom andamento nesta última heat e conseguiu o segundo melhor tempo a frente de Liam Doran, que ficou com o terceiro melhor tempo, mas tal como Timerzyanov esta aquém das expectativas dos adeptos da modalidade.

Petter Solberg e Timmy Hansen tinham sido os pilotos mais rápidos, mas conseguiram apenas um quinto e sexto lugar respectivamente nesta ultima heat de qualificação.

Egor Sanin foi o piloto mais rápido nos Super1600, com o melhor tempo do fim-de-semana nas heat de qualificação. Sanin marcou o tempo de 02:43.870 nas quatro voltas ao circuito de Lohéac e não deu qualquer hipótese aos restantes pilotos. Nikita Misyulya que ficou a mais de um segundo conseguiu o segundo melhor tempo e na terceira posição com o terceiro tempo ficou Ulrik Linnemann.

No final das quatro heat de qualificação os doze pilotos qualificados da categoria Supercar foram: Timmy Hansen, Petter Solberg, Mattias Ekstrom, Johan Kristoffersson, Jean-Bautiste Dubourg, Topi Heikkinen, Andreas Bakkerud, Robin Larsson, Anton Marklund, Timur Timerzyanov, Davy Jeanney e Gaetan Serazin.

Semi Final 2

11960106_1101211713224655_1090117546650521881_nNa primeira semi final, Timmy Hansen e Mattias Ekstrom partiam da primeira linha Jean-Bautiste Dubourg e Andreas Bakkerud da segunda linha e Anton Marklund e Davy Jeanney da última linha da grelha.

Um excelente início para Timmy Hansen e Mattias Ekstrom nesta primeira semi final. Os dois suecos estavam com um ritmo mais alto do que os restantes e não deram qualquer hipótese com os dois primeiros lugares a ficarem decididos com Hansen a conseguir a vitória e Ekstrom na segunda posição.

Na terceira posição, aproveitando muito bem tudo o que estava a acontecer em pista com outros pilotos ficou Jean-Bautiste Dubourg. O francês não deixou escapar a possibilidade de chegar à final, correndo em casa.

Anton Marklund com pouco andamento nesta ronda, terminou na quarta posição, não conseguindo assim acompanhar o seu colega de equipa Mattias Ekstrom na final.

Mais atrás Davy Jeanney viu-se envolvido num incidente com Andreas Bakkerud, o que ditou o abandono do francês nesta primeira semi final. Andreas Bakkerud apesar de continuar em corrida não conseguiu recuperar tempo perdido e foi quinto classificado.

Nos Super1600 quem venceu na primeira semi final foi Ulrik Linnemann conseguindo bater Andréa Dubourg e Maximilien Evelo, segundo e terceiro respectivamente.

Janis Baumanis estava a fazer um bom fim-de-semana aqui em Lohéac mas a não conseguir melhor que quarto nesta primeira semi final o que impediu o letão de chegar à final.

semi final 1

Rank DRIVER POS Time Champ Points
1. Timmy HANSEN 1 03:49.039 6
2. Mattias EKSTRÖM 2 03:49.320 5
3. Jean-Baptiste DUBOURG 3 03:51.890 4
4. Anton MARKLUND 4 03:59.039 3
5. Andreas BAKKERUD 5 04:03.366 2
6. Davy JEANNEY 6 02:01.360 1

 

Semi Final 2

11990532_1101233049889188_5225600651547451694_nNa segunda semi final, Petter Solberg e Johan Kristoffersson partiam da primeira linha, Topi Heikkinen e Robin Larsson da segunda linha e Timur Timerzyanov e Gaetan Serazin da última linha da grelha.

Sem muita história nesta segunda semi final, Solberg dominou e conseguiu vencer facilmente deixando o segundo classificado Johan Kristoffersson a mais de dois segundos.

Na terceira posição terminou Robin Larsson, que esteve em luta pela posição durante toda a corrida com o finlandês Topi Heikkinen mas já perto do final Larsson conseguiu surpreender Heikkinen e passou para a frente, o que lhe garantiu um lugar na final tal como conseguiu na Noruega.

Topi Heikkinen foi quarto a frente de Gaetan Serazin e Timur Timerzyanov, quinto e sexto respectivamente.

Já nos Super 1600 o vencedor desta segunda semi final foi Egor Sanin. Na segunda posição terminou Davide Medici e na terceira posição terminou Timur Shigabutdinov.

semi final 2

Rank DRIVER POS Time Champ Points
1. Petter SOLBERG 1 03:50.318 6
2. Johan KRISTOFFERSSON 2 03:52.569 5
3. Robin LARSSON 3 03:52.971 4
4. Toomas HEIKKINEN 4 03:54.383 3
5. Gaëtan SERAZIN 5 03:57.471 2
6. Timur TIMERZYANOV 6 04:00.500 1

 

Chegávamos assim a tão esperada final desta nona ronda do campeonato mundial em França no circuito de Lohéac.

Final

11988610_1101211556558004_7975086972411705576_nTimmy Hansen e Petter Solberg partiam da primeira linha da grelha com Mattias Ekstrom e Johan Kristoffersson a partir da segunda linha e Robin Larsson e Jean-Bautiste Dubourg a partir da terceira e última linha da grelha.

Hansen mais uma vez com um inicio excelente, manteve a primeira posição inicial ao chegar a primeira curva do circuito, com Solberg a seguir o piloto sueco de perto.

Com os seis pilotos a querer subir o maior número de posições logo na fase inicial da corrida, a primeira curva foi um dos pontos de ultrapassagem, mas para Mattias Ekstrom o azar bateu a porta e com o espaço a ficar cada vez mais reduzido, Ekstrom viu-se envolvido com Johan Kristoffersson e Jean-Bautiste Dubourg, acabando por perder o controlo do seu Audi S1 e a fazer um pião.

Nas duas primeiras voltas Solberg manteve contacto com o Peugeot de Timmy Hansen mas depois de fazer a sua Joker Lap, Solberg não conseguiu andar ao máximo e Hansen sem qualquer concorrência na frente da corrida não deu hipótese e venceu a prova francesa.

Solberg voltou as finais aqui em França e subiu também ao pódio na segunda posição. O norueguês esteve em grande luta com o francês Jean-Bautiste Dubourg ate ao final da corrida e é um excelente resultado para o piloto da casa que sobe ao lugar mais baixo do pódio perante o seu público.

Johan Kristoffersson terminou na quarta posição, o sueco não conseguiu mais uma vez chegar ao pódio e terminou a frente de Mattias Ekstrom que ainda subiu à quinta posição depois de Robin Larsson ficar parado em pista com problemas no seu Audi S1.

Esta é a segunda vitória seguida para Timmy Hansen depois de vencer na Noruega. O sueco esta em nítida subida de rendimento e ganha mais uns pontos a Petter Solberg na classificação geral do campeonato.

No final desta nona ronda a classificação geral ficou assim

1. PETTER SOLBERG
CITROËN DS3
219
2. TIMMY HANSEN
PEUGEOT 208
182
3. JOHAN KRISTOFFERSSON
VOLKSWAGEN POLO
156
4. ANDREAS BAKKERUD
FORD FIESTA ST
152
5. DAVY JEANNEY
PEUGEOT 208
146
6. MATTIAS EKSTRÖM
AUDI S1
139
7. REINIS NITISS
FORD FIESTA ST
123
8. TOOMAS HEIKKINEN
VOLKSWAGEN POLO
109
9. ROBIN LARSSON
AUDI A1
76
10. TIMUR TIMERZYANOV
FORD FIESTA
68

O vencedor dos Super1600 foi o piloto do Peugeot 208 Ulrik Linnemann ficando a frente de Andréa Dubourg que garante o segundo lugar e no lugar mais baixo do pódio terminou o piloto Timur Shigabutdinov.

 

A décima ronda deste campeonato esta a chegar e vai ser a estreia do circuito da Catalunha no calendário do mundial de ralicross.

Todas as novidades sobre o campeonato ate la aqui na Chicane Motores.

 

Fotos: Fia WRX

Miguel Cabo

Um pensamento sobre “WRX – Lohéac: Timmy Hansen soma e segue

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.