CNV 2016 começa a ganhar forma

Turismos de volta ao “grande palco” do Campeonato Nacional de Velocidade!

foto: International TCR Series
foto: International TCR Series

Praticamente no dia seguinte ao pobre fim-de-semana (com todo o respeito que os pilotos presentes nos merecem, e que é muito) que o CNV viveu no Algarve, começam a surgir as primeiras notícias das possíveis mudanças para a temporada de 2016. E a grande notícia é o regresso dos carros TCR (Turismos) para animarem os circuitos portugueses, sendo estes os modelos a utilizar a partir da próxima temporada.

A verdade é que ainda não existem mais novidades acerca dos moldes em que se correrão as corridas, mas tudo se perspectiva para um misto de provas de resistência e sprint no mesmo fim-de-semana, modelos de carros mais parecidos aos do dia à dia, o que poderá beneficiar as marcas e quem sabe, reaproxima-las dos campeonatos nacionais, o que já há muito não acontece.

Esta mudança em muito tem a ver com o declínio em que infelizmente o Campeonato Nacional de Velocidade caiu, vindo à memoria os bons tempos do PTCC, que talvez foi o melhor campeonato que se realizou em Portugal. Numa tentativa de “reeditar” esses bons tempos surgem de novo os Carros de Turismo como prato forte do CNV de 2016.

Ainda assim, dentro do mesmo campeonato haverá também as classes Sport-Prototipos e GT´s, carros que competem neste momento no Campeonato e desta forma poderão continuar a competir, mas contando para um campeonato exclusivo de resistência promovido pela Full Eventos.

Foto: Facebook Racing Weekend
Foto: Facebook Racing Weekend

Quanto ao calendário deverá ter entre 5 a 6 fins de semana, havendo uma duvida chamado Circuito da Boavista, que se tem falado nos últimos tempos poder receber uma jornada do DTM e claro que também as provas do CNV. Tudo isto é um cenário hipotético, pois tudo não passam ainda de rumores, que podem ser confirmados ou não. Certos estão Braga, Vila Real Estoril e Portimão, faltando apenas as datas.

Abre-se assim um leque de mais opções para os projectos nacionais, que esperemos que seja uma lufada de ar fresco na velocidade nacional, que precisa urgentemente de uma mudança.Temos expectativas que sejam para melhor e que os esforços da FPAK e Full Eventos sejam coroados de grelhas bem compostas na temporada de 2016.

Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.