CNR – Rali de Mortágua: Penúltima prova da temporada pode ditar o campeão

11407085_951801178176025_4837953866911716072_nO Campeonato Nacional de Ralis está de regresso, com a realização do Rali de Mortágua que este ano correr-se-à em piso de terra, passando por locais míticos do rally de Portugal dos anos de 1999 e 2000, usando os troços de Aguieira e Tojeira, que serão praticamente os mesmos usados nessas edições.

A prova terá um total de 7 especiais, somando 102km cronometrados, que até pode ditar já o campeão nacional de ralis da temporada de 2015, com José Pedro Fontes a ter neste momento vantagem de 26 pontos sobre Ricardo Moura. Caso  Fontes vença o rali e também algumas especiais, ainda que Moura termine em 2º, o título fica entregue ao piloto do Ds3.

Para ter sucesso, o piloto do Ds3 R5 terá muito trabalho pela frente, não só tem de se preocupar com o piloto açoriano, mas também com João Barros (Fiesta R5), que este ano já se mostrou muito competitivo e venceu a edição de 2014 deste mesmo rali em asfalto. Pedro Meireles, o campeão de 2014 ao volante do Skoda Fabia R5, estará também certamente na linha da frente para a luta pelos primeiros lugares e  quem sabe, obter a vitória na prova.

Espera-se portanto, uma prova carregada de grandes emoções e qualquer aposta num vencedor pode sair “furada”, tal o lote de qualidade de carros e pilotos que esta temporada do CNR nos oferece.

80f7b-adruzilolopes-raliguimaraes2014A lista de inscritos não é vasta, mas abre bem o apetite a quem gosta de bons ralis, para além de podermos ter já um campeão este fim-de-semana. No total teremos à partida 7 carros R5 e dois S2000. Aos nomes já acima mencionados, juntamos ainda Elias Barros, no habitual Fiesta R5; Diogo Salvi em igual modelo; o regresso de Joaquim Alves, ao volante do seu Skoda Fabia S2000; Carlos Martins também no mesmo modelo marca presença em Mortágua e a estreia de Carlos Vieira em ralis de terra, ao volante de um Ford Fiesta R5, após a experiência adquirida nos ralis de asfalto ao volante de um Porsche GT3. Para juntar a este leque de pilotos, o consagrado Adruzilo Lopes, que ao volante do seu Subaru Impreza N promete entrar na corrida para conseguir um bom resultado, sabendo das limitações do seu carro face aos R5 da nova geração, não esquecendo que já conquistou o título de campeão do grupo RC2N. Emoção, grandes pilotos e grandes carros!

Por este cartel de luxo e muito mais, compensa acompanhar de perto as emoções do Rali de Mortágua, numa temporada que se vem mostrando uma das melhores de sempre do Campeonato Nacional de Ralis.

Lista de inscritos:

Sem título

Marco-Cid-Sata-2014-1024x682No CNR2, a luta pelo título está em grande disputa, com Marco Cid (Renault Clio R3), que vai estrear um modelo mais evoluído e mais competitivo do que o S1600, lidera neste momento as contas do campeonato com uma margem de apenas 1,5 pontos de diferença para Paulo Neto (Citroen DS3 MAX). João Ruivo (Renault Clio R3) pode sonhar com o titulo, ainda que mais afastado dos dois da frente. De facto, este campeonato tem sido verdadeiramente espetacular, com bons pilotos e excelentes projetos em marcha, dando aos adeptos um grande aliciante CNR, bem vivo e com muita história para contar.

Quem se pode juntar “à festa” é Miguel Carvalho (Citroen C2 R2 Max), que tem mostrado esta temporada um bom ritmo e será decerto, mais um nome a ter em conta na luta pelo pódio da categoria.Renato Pita (Peugeot 208 R2) também regressa e quererá com certeza rodar entre os mais rápidos nos carros de duas rodas motrizes.
O Rali de Mortágua conta para alem dos CNR e CNR2, para o Campeonato de Ralis do Centro, Taça de Portugal de Ralis e Troféu Nacional de Clássicos de Ralis.

O Rali de Mortágua vai amanhã para a estrada com uma super especial noturna no centro da vila.

Horários:

SS1: Super Especial 1,86km  20:15
SS2: Aguieira   23.20km   10:15h
SS3: Rigueiras   9,20km    11:13h
SS4: Aguieira   23.20km    11:56h
SS5: Tojeira     18,15km    14:23h
SS6: Rigueiras   9,20km    15:01h
SS7: : Tojeira     18,15km   16:04h

 

São as primeiras notas do Rali de Mortágua, prova que pode já decidir os títulos de campeão nacional, tanto do CNR como do CNR2, mas o equilíbrio é tanto nas duas categorias que nada é dado como garantido. Garantido está somente o espetáculo, tal o nível dos pilotos e máquinas presentes em prova.

Nós regressamos Sábado para o rescaldo do rali, dando-lhe conta de tudo o que se passou durante os dois dias de prova.

Até la…if in doubt flat out!

Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.