WTCC – Corrida da China. Citroen sagra-se campeã do mundo

 

Corrida1

 

Foto: FIA WTCC
Foto: FIA WTCC

A largada foi muito acidentada. Ma e Valente ficaram parados no grid quando as luzes vermelhas se apagaram. Lopez fez um excelente arranque tal como Muller que assumiram a liderança. No entanto na curva dois deu-se um acidente dos grandes. Filippi e Tarquini alargaram a trajectória e Coronel tentou ficar por dentro. Quando o francês regressou para a linha interior deu-se um toque em Coronel que envolveu também Chilton, Benanni, Monteiro. Tarquini e Huff também se envolveram numa susessao de toques. Resultado final? Desistencias definitivas de Coronel, Chilton para  o resto do fim de semana, desistências de Huff, Tarquini e Filippi também que tentaram seguir para a corridas 2.

No recomeço da corrida os Citroens assumiram o comando das operações com Lopez, Muller e Loeb, seguidos de Catsburg, Benanni, Lapierre e Michelisz.

Monteiro que seguia em 11º perdeu o lugar para Valente, que depois passou Demoustier.

Foto: FIA WTCC
Foto: FIA WTCC

Lopez voou para longe de Muller que se entreteve com Loeb numa batalha pouco feroz.

Ma teve problemas na caixa de velocidades, quando lutava com Michelisz e foi obrigado a desistir também.

Na volta 15 Monteiro subiu para 8º, passando Valente que começava a ficar sem pneus para aguentar o ritmo do português.

No final, Lopez venceu sem qualquer problema, seguido de Muller e Loeb.

 

Uma corrida com muita chapa batida e pouca história.

Classificação final:

1. Jose Maria Lopez ARG Citroen Total C-Elysee 16 laps
2. Yvan Muller FRA Citroen Total C-Elysee +2.428s
3. Sebastien Loeb FRA Citroen Total C-Elysee +3.379s
4. Nicky Catsburg NED LADA Rosneft Vesta +8.905s
5. Mehdi Bennani MAR Sebastien Loeb Citroen C-Elysee +13.912s
6. Norbert Michelisz HUN Zengo Honda Civic +16.774s
7. Nicolas Lapierre FRA LADA Rosneft Vesta +17.394s
8. Tiago Monteiro POR Honda Racing Civic +20.662s
9. Hugo Valente FRA Campos Chevrolet Cruze +22.575s
10. Stefano D’Aste ITA ALL-INKL Munnich Chevrolet Cruze +26.361

Not classified

11. Ma Qing Hua CHN Citroen Total C-Elysee 12 laps completed
12. Gregoire Demoustier FRA Craft Bamboo Chevrolet Cruze 9 laps completed
13. Gabriele Tarquini ITA Honda Racing Civic 5 laps completed
14. Rob Huff GBR LADA Rosneft Vesta 4 laps completed
15. John Filippi FRA Campos Chevrolet Cruze 4 laps completed
16. Tom Chilton GBR ROAL Chevrolet Cruze 0 laps completed
17. Tom Coronel NED ROAL Chevrolet Cruze 0 laps completed

Corrida  2

 

Foto: FIA WTCC
Foto: FIA WTCC

Na largada, Valente lutou com Tarquini e tentou aguentar o Honda e os Citroen mas a suspensão partiu e teve de desistir. Tarquini seguia em 1º seguido de Muller (excelente largada), Lopez, Loeb e Huff.

Catsburg com problemas no seu Lada foi obrigado a ir as boxes.

Monteiro seguia em 7º logo atrás do surpreendente Filippi. Monteiro era pressionado por Ma e por Lapierre. Filippi foi passado com facilidade por Monteiro e Ma, ficando à mercê de D´Aste , Lapierre e Benanni. O francês caiu muitas posições ficando fora dos pontos

Tarquini mantinha a vantagem que tinha conseguido nas voltas iniciais e os Citroen não pareciam interessados em pressionar o Honda líder. Mas paulatinamente os Citroen foram-se chegando a Tarquini. Muller passou Tarquini na volta 9 e Lopez era o candidato seguinte. Loeb juntou-se a luta e Tarquini tentava tudo para se defender.

Foto: FIA WTCC
Foto: FIA WTCC

D´Aste desistia com um furo no pneu dianteiro enquanto Tarquini conseguia aguentar Pechito até à ultima volta. O italiano viu Pechito ficar lado a lado com o seu Honda mas conseguiu o 2º lugar por apenas 0.025 seg.

Vitória para Muller seguido por um muito merecido 2º lugar de Tarquini e 3º para Lopez. Loeb e Huff fecharam o top 5.

Classificação final:

1. Yvan Muller FRA Citroen Total C-Elysee 14 laps
2. Gabriele Tarquini ITA Honda Racing Civic +2.659s
3. Jose Maria Lopez ARG Citroen Total C-Elysee +2.684s
4. Sebastien Loeb FRA Citroen Total C-Elysee +6.079s
5. Rob Huff GBR LADA Rosneft Vesta +8.366s
6. Tiago Monteiro POR Honda Racing Civic +11.224s
7. Mehdi Bennani MAR Sebastien Loeb Citroen C-Elysee +14.339s
8. Ma Qing Hua CHN Citroen Total C-Elysee +15.378s
9. Nicolas Lapierre FRA LADA Rosneft Vesta +24.948s
10. John Filippi FRA Campos Chevrolet Cruze +27.357s

11. Norbert Michelisz HUN Zengo Honda Civic +28.270s
12. Gregoire Demoustier FRA Craft Bamboo Chevrolet Cruze +28.654s

Not classified

13. Nicky Catsburg NED LADA Rosneft Vesta 11 laps completed
14. Stefano D’Aste ITA ALL-INKL Munnich Chevrolet Cruze 1 lap completed
15. Hugo Valente FRA Campos Chevrolet Cruze 1 lap completed
16. Tom Chilton GBR ROAL Chevrolet Cruze 0 laps completed
17. Tom Coronel NED ROAL Chevrolet Cruze 0 laps completed

 

Destaque para as muitas desistências por quebras de suspensão. Sendo uma categoria de turismos, seria de esperar que os carros aguentassem mais. Os Citroen aguentam mas todos os outros parecem partir ao mínimo toque. E turismos sem toques não faz sentido.

A Citroen dominou como era esperado e venceu ambas as corridas e conquistou o seu titulo de construtores. 20 títulos FIA até agora em 13 anos. Não é brincadeira. Lopez está prestes a carimbar também o seu bi campeonato.

Foto: FIA WTCC
Foto: FIA WTCC

A Honda sofreu muito na corrida um como esperávamos mas o desempenho de Tarquini, que mais uma vez mostrou que é o melhor piloto nas largadas, minimizou os estragos com um pódio muito merecido. Monteiro teve uma qualificação má mas conseguiu bons pontos.Michelisz é que esteve irreconhecível. Um dia para esquecer.

Os Lada poderiam ter feito mais.Os problemas na largada mantém-se mas se não fossem os problemas mecânicos devido a toques poderiam ter ambicionado mais. Catsburg voltou a mostrar qualidade, e Huff foi igual a si mesmo. Muita qualidade do britânico. Lapierre ainda se está a ambientar ao WTCC e ao carro mas mostrou que pode ser muito útil à equipa.

Os Chevrolet não tiveram um bom fim de semana. A ROAL acabou o fim de semana no final da curva 1 na primeira corrida com Chilton e Coronel fora. Filippi ainda ameaçou um bom resultado mas não teve unhas para mais, Demoustier teve um andamento razoável e Valente teve azar ao não conseguir defender a sua pole para a corrida 2. Os Chevrolet precisam de ser revistos. São demasiado frágeis para um campeonato de turismos.

 

 

Próxima paragem em Novembro na Tailandia.

 

Fábio Mendes

Um pensamento sobre “WTCC – Corrida da China. Citroen sagra-se campeã do mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.