Moto2: Johann Zarco, o novo campeão

Se no MotoGP e no Moto3 ainda faltam encontrar os vencedores, no Moto2 o vencedor já foi encontrado. Johann Zarco não precisava de vencer a corrida de Domingo passado para se sagrar campeão da categoria, já que o piloto que ainda tinha hipóteses matemáticas de se sagrar campeão, Tito Rabat, não pôde competir em Motegi. O piloto espanhol sofreu um acidente a meio da semana, ainda foi operado, mas não estava nas condições mínimas para a corrida, deixando Zarco com o ceptro nas mãos ainda na sexta.

Coincidência ou não, o titulo de 2014 foi para Rabat, que este ano ainda lutou bastante para sequer ter hipóteses matemáticas para bater o francês. Mas afinal quem é Johann Zarco?

Primeiro contacto com o mundial

Johann+Zarco+MotoGP+Portugal+Practice+XX3kamugJ9fl
foto: Getty Images Europe

Com 25 anos completados em Julho, Zarco é piloto do mundial desde 2009. Na sua época de estreia, nas 125cc pela Aprilia, os melhores lugares do piloto foram o 6º lugar no GP de Itália em Mugello (vitória de Bradley Smith) e o 9º lugar no GP de Portugal no Estoril (vitória de Pól Espargaró), tendo terminado na 20º posição do campeonato. Mas a carreira de Zarco começou bem antes, nas minimotos em 2004.

Johann Zarco depois de ter competido nas minimotos, teve passagens pelo Campeonato Europeu Mini Sénior, pelo Open Europeu e pelo campeonato italiano de 125cc, antes de competir no Red Bull Rookies Cup em 2007. Nessa competição, Zarco venceu, terminando com 4 vitórias naquele ano. No ano seguinte, depois de ter ingressado na academia Red Bull, o piloto não teve muitas oportunidades de competir, juntando-se em 2009 às 125cc do mundial.

Em 2010, ainda nas 125cc pela Aprilia, o francês repetiu a sua melhor posição do ano anterior (6º), mas no GP da Alemanha, tendo terminado em 11º no campeonato. No ano seguinte, o piloto mudou-se para a DERBI e atingiu a sua melhor posição no campeonato das 125cc, terminando a época em 2º, atrás do vencedor Nicolas Terol. Com uma vitória assinada em Motegi e mais 10 pódios, o francês deu mais um passo em frente. 2012 foi ano de transição para as Moto2.

O passo em frente… ser campeão!

2gp07_ned_jirmoto2_zarco_granado_11No Moto2, Johann Zarco mudou-se para a Motobi. A marca italiana que ingressava pela primeira vez na competição, não ficou muito mal vista com o 10º lugar atingido por Zarco. O melhor lugar em corrida foi em Portugal, onde esteve muito perto do pódio, terminando em 4º. O campeonato de 2012 em Moto2 foi vencido por Marc Márquez.

Em 2013, Zarco queria mais, mas não ficou muito acima daquilo que tinha atingido no ano anterior. Com uma Suter o francês apenas deu um passo de bebé na sua caminhada para o título no Moto2, terminando o ano em 9º, apenas tendo para mostrar dois pódios e duas voltas mais rápidas. As coisas melhoraram com a mudança da Suter para alçada da Caterham em 2014. O piloto deu mais nas vistas, sendo em quase todas as corridas, um dos pilotos da frente. Apenas algumas desistências mostraram algumas fragilidades do francês, mas ainda assim terminou o ano em 6º, com 4 pódios mas sem vitórias. No ano passado Tito Rabat não deu hipóteses a ninguém (quase à semelhança deste ano com Zarco) e no meio de tantas, Kalez que já davam cartas na categoria, o francês ocupou um lugar digno com a sua Caterham Suter.

O ano da afirmação

588825Este ano, como já afirmamos, Zarco não deu hipóteses à concorrência, mesmo que ainda houvessem dúvidas até ao Japão se Rabat conseguiria, num golpe dramático, a revalidação do título.

O piloto francês nunca terminou abaixo do top 10 até agora e assinou 7 vitórias em 15 corridas, mais 7 pole positions e uma volta mais rápida. Números que deveras impressionam e trazem mais consistência a um piloto que vinha afirmar-se no mundial. Para além de também ter mostrado boas impressões na ginástica com um mortal bem feito em Silverstone.

A fama que Johann Zarco tinha era de um piloto agressivo, que desistia facilmente e que causava alguns acidentes, para além de usar bastante os cotovelos! Em 2015 conseguiu transformar-se e o piloto de Cannes está irreconhecível, causando, em vez de acidentes, boa impressão a quem assiste às corridas de Moto2.

Para 2016, Johann Zarco já confirmou a continuação no Moto2, onde irá encontrar Miguel Oliveira.

 

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.