Breves – F1, WEC e MotoGP

Force India vai mudar de nome para Aston Martin Racing

forceA marca britânica vai dar nome á actual estrutura da Force India já em 2016. A noticia avançada pela Autosport.com refere que a Aston Martin ainda estudou a hipótese de operar o negócio de rebrand com a Red Bull, Williams e Force india, escolhendo esta última, talvez tendo alguma coisa com o facto da Mercedes deter 5% das acções da Aston e ser a fornecedora das unidades motrizes da equipa indiana de F1.

Juntamente com o rebrand, as cores da Force India também mudarão, passando a ser azul e dourado com o patrocínio da Johnnie Walker (patrocinou a McLaren, tendo sido o seu maior sponsor durante várias temporadas). Mas a Aston não quer apenas trazer algo para a F1, quer também colocar ao dispor do  departamento de R&D tudo o que aprender no Grande Circo, para passar a tecnologia aos seus carros de estrada.

Se o acordo for aceite por Vijay Mallya, que diz ainda estar em conversações, a equipa indiana ainda precisa de esperar pelo consentimento da empresa que detém os direitos comerciais da F1, mas que com certeza não terão nada contra a entrada do nome de uma das marcas mais influentes do mundo automóvel.

Darren Cox, o responsável do programa LMP1 da Nissan sai da marca

darren-cox-nissan-global-motorsport-director-2O maior responsável pelo programa da NISMO em LMP1, Darren Cox saiu da marca nipónica, anunciou a empresa. Cox mudou-se da Renault para a NIssan em 2005 e desde essa altura foi o principal impulsionador dos carros LMP2, GT3 e dos V8, culminando no tão falado projecto com tracção dianteira que apresentaram na edição de 2015 das 24h de Le Mans, o GT-R LM NISMO.

O modelo que foi a principal desilusão (ou não, já que poucos acreditavam num carro com tracção dianteira fosse competitivo) de Le Mans, colocando em risco a continuidade de Cox à frente do programa. Aliás, a marca tinha anunciado a paragem do programa de LMP1 enquanto não tivessem respostas às falhas do GT-R LM NISMO deste ano.

Para além dos programas de competição da Nissan, Cox foi o responsável pela criação e manutenção da GT Academy, plataforma que formou pilotos de sofá (jogadores da Playstation) em pilotos reais, como aconteceu com Miguel Faísca.

John Booth e Graeme Lowdon saem da Manor

Graeme-Lowdon_3133870O director desportivo da Manor, Graeme Lowdon e o chefe de equipa, John Booth irão abandonar a equipa que ajudaram a fundar.
Depois de terem conseguido pontuar pela primeira vez na F1, a equipa lidou com problemas financeiros e teve de recorrer à ajuda do empresário Stephen Fitzpatrick, que agora é a principal razão pelo abandono da dupla. Lowdon e Booth incompatibilizaram-se com as ideias de Fitzpatrick para a Manor e a saída dos dois poderá levar de arrasto alguns altos funcionários da estrutura.

Tem havido negociações por parte da equipa com mais alguns empresários, para tentarem aliviar as suas contas e conseguirem produzir melhores resultados, mas para já não há nenhum avanço nas negociações. Lembramos que a equipa irá competir em 2016 com motores Mercedes, substituindo assim os antigos motores Ferrari deste ano.

Valentino Rossi interpôs apelo sobre a penalização

foto: Mirco Lazzari/Getty Images
foto: Mirco Lazzari/Getty Images

Como seria de esperar, o piloto italiano e líder do campeonato, Valentino Rossi, interpôs recurso no tribunal Arbitrário do Desporto (CAS) na tentativa de conseguir a redução (ou anulação) da penalização imposta depois do GP da Malásia. Se a intenção de Rossi for avante, a penalização poderá baixar para apenas 1 ponto, podendo o piloto largar para a corrida de Valência, a última da temporada, da posição que conseguir alcançar na qualificação.

Depois do presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) ter enviado uma carta aberta em que afirmava que os todos os intervenientes no MotoGP tinham de “respeitar as regras, devem aceitar as decisões dos oficiais, quaisquer que elas sejam”, numa tentativa de acalmar a situação, Rossi não acatou esse pedido (tem todo o direito).

A resposta do Tribunal deverá ser tornada pública no dia 6 de Novembro, dois dias antes da prova espanhola que decidirá o título.

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.