F1 – GP do México: Nico Rosberg bate o pelotão na qualificação

Jenson Button on track.
Jenson Button on track.

Com melhor condições climatéricas que ontem, a qualificação para o GP do México começou logo com uma baixa: Jenson Button não começou a qualificação por ter problemas de motor e ter de o trocar, não conseguindo a equipa colocar o carro a tempo da sessão. Mais um fim de semana penoso para o britânico.

As equipa dividiram-se entre os pneus mais macios que estavam disponíveis e os médios. Aliás na Q1, Nico Rosberg calçou os pneus médios durante a maior parte da sessão, apenas colocando os macios no carro para melhorar o tempo, mostrando que no seu caso, a equipa ainda estava a testar o carro com os pneus médios.

Sérgio Pérez foi sempre o piloto mais aplaudido e o mexicano retribuiu, conseguindo chegar à Q3, sempre com boas voltas. Kimi Räikkönen por seu turno, foi dos pilotos mais azarados da tarde. Reportou problemas com os travões na Q1 e na Q2, depois de uma pequena saída de pista, teve de retirar-se da qualificação, para não colocar em causa o seu monolugar. O finlandês pode ainda ser penalizado devido à troca de caixa de velocidades.

No final da Q1, o mais rápido foi Rosberg, com os últimos lugares a serem ocupados por Stevens, Rossi, Nasr e Alonso, que assim ficavam de fora das restantes sessões. Destaque para Nasr que foi batido pelo seu colega de equipa, Marcus Ericsson. 

Na Q2, os dois jovens da Toro Rosso estiveram destaque. Sainz cedo se colocou nos lugares do top10, mas no final não conseguiu passar à sessão seguinte, enquanto o seu colega de equipa fez o contrário. Estava até à última volta abaixo do top 10, mas conseguiu com um bom tempo, subir para a 9ª posição, à frente de Hulkenberg.

Lewis Hamilton foi mais rápido na Q2, com Räikkönen, Ericsson, Maldonado, Grosjean e Sainz de fora. A Lotus não conseguiu bater a Force India, que tem mostrado com a versão B, ter dado um passo em frente, enquanto a equipa de Grosjean e Maldonado não o conseguiu.

CSrCtTBUcAAsL8QNos últimos 12 minutos de qualificação, Hamilton foi o primeiro a sair para a pista, mas não conseguiu estar melhor que o seu colega de equipa. Nico Rosberg fez a melhor volta em 1:19.480s. A pista arrefeceu bastante, já que caíram algumas pingas de chuva no traçado mexicano, o que pode justificar os piores tempos no final da sessão. Assim, Rosberg conseguiu a sua quinta pole position e coloca-se em boa posição para conseguir defender-se de Vettel, o seu principal adversário no campeonato.

Sebastian Vettel foi o terceiro mais rápido, seguido dos dois Red Bull, que podem tirar algum proveito dos lugares da grelha de onde partem.

Grelha de amanhã(pode sofrer alterações devido à penalização a Kimi Räikkönen):

Pos. piloto equipa Tempo voltas
1. N. Rosberg Mercedes 01:19.480 23
2. L. Hamilton Mercedes 01:19.668 22
3. S. Vettel Ferrari 01:19.850 18
4. D. Kvyat Red Bull 01:20.398 21
5. D. Ricciardo Red Bull 01:20.399 23
6. V. Bottas Williams 01:20.448 26
7. F. Massa Williams 01:20.567 26
8. M. Verstappen Toro Rosso 01:20.710 28
9. S. Perez Force India 01:20.716 21
10. N. Hulkenberg Force India 01:20.788 20
11. C. Sainz Jr. Toro Rosso 01:20.942 20
12. R. Grosjean Lotus 01:21.038 18
13. P. Maldonado Lotus 01:21.261 19
14. M. Ericsson Sauber 01:21.544 19
15. K. Raikkonen Ferrari 01:22.494 13
16. F. Alonso McLaren 01:21.779 10
17. F. Nasr Sauber 01:21.788 12
18. A. Rossi Manor 01:24.136 10
19. W. Stevens Manor 01:24.386 9

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.