WRX – Antevisão da ronda decisiva do Mundial de Ralicross

press%2F2015_12_ITA_LINNERUD_%28101%29Está tudo a postos para a ultima ronda do Campeonato Mundial de Ralicross de 2015. A caravana do mundial deslocou-se até ao continente sul-americano e é neste fim-de-semana em que tudo vai ser decidido quanto ao vencedor da segunda edição deste campeonato.

A última ronda, tal como aconteceu na época anterior, vai ser disputada na Argentina mas não no mesmo circuito, visto que os trabalhos necessários no Circuito de San Luis não terminaram a tempo. Sendo assim o Circuito Juan Manuel Fangio em Rosario foi o escolhido como palco de toda a acção deste fim-de-semana.

O Circuito Juan Manuel Fangio situa-se a cerca de 300 km da capital argentina, Buenos Aires, e foi recentemente remodelado. Os pilotos do mundial vão poder contar com um circuito constituído por 60% de asfalto, 40% de terra com um perímetro de 1033 metros e 14 metros de largura.

dsc02976-1485802Para esta última ronda, décima terceira deste campeonato, vão estar presentes no Circuito Juan Manuel Fangio dezanove Supercar. A maioria dos pilotos que viajaram para a Argentina são os pilotos fixos deste campeonato mundial, com poucas novidades na lista de inscritos, o que faz desta última ronda uma das menos preenchidas do calendário.

O antigo piloto de Formula 1 e WTCC, Gianni Morbidelli vai ter a sua segunda presença no campeonato, depois de ter participado na última prova no circuito italiano em Franciacorta. Morbidelli vai correr mais uma vez pela ALL-INKl.COM ao lado de Rene Muennich, patrão da equipa.

Kevin Hansen, irmão de Timmy Hansen, sagrou-se campeão da classe RX Lites na ronda anterior em Franciacorta e como prémio vai nesta ronda argentina vai poder mostrar o que vale ao volante de um Ford Fiesta Supercar da equipa Olsbergs MSE. Não é só Kevin Hansen que vai ter a sua estreia, Thomas Bryntesson, também piloto na classe RX Lites este ano, vai estar presente na Argentina ao volante de um Supercar.

press%2F2015_12_ITA_SOLBERG_%28105%29Thomas Bryntesson deu nas vistas durante esta época, o que deixou PG Andersson tal como a equipa Marklund Motorsport impressionados, conseguindo assim um lugar como companheiro de equipa de Topi Heikkinen ao volante de um VW Polo Supercar.

Mais um regresso a classe rainha é a de Janis Baumanis. O letão campeão europeu dos Super1600 vai preencher o lugar deixado por Max Pucher na equipa Team Austria e vai novamente poder mostrar o que vale ao volante de um Ford Fiesta Supercar. Baumanis já esteve presente na Turquia, Grã-Bretanha e na Noruega onde conseguiu um pódio no Euro Supercar e faz agora na Argentina a sua quarta presença nos Supercar.

Lista de inscritos completa:

1

 

Foto: FIA WRX
Foto: FIA WRX

Nas contas do mundial, o líder é Petter Solberg. O norueguês da SDRX lidera com 26 pontos de diferença para Timmy Hansen que segue na segunda posição e com 51 pontos para Johan Kristoffesson na terceira posição.

Solberg aproveitou muito bem o deslize de Timmy Hansen em Itália para fugir na tabela de pontos, o que o deixa  numa posição muito agradável para abordar a estratégia deste fim-de-semana. Com 26 pontos de diferença, Timmy Hansen ainda está matematicamente na luta pela vitória do campeonato mas para isso Petter Solberg não podia sequer pontuar.

O bi-campeonato está próximo para o norueguês mas ainda nada é certo e apenas Domingo vamos poder dar essa certeza.

Timmy Hansen ainda quer chegar ao lugar mais alto e ser campeão mas para isso tem de ser exemplar no circuito, porque Johan Kristtoffersson segue na terceira posição com vista ainda para o segundo lugar de Hansen. São 25 pontos que separam os dois suecos e será difícil a Kristoffersson la chegar, mas enquanto é matematicamente possível, tudo pode acontecer.

Foto: FIA WRX
Foto: FIA WRX

E já que falamos de Johan Kristoffersson e da sua possível subida à segunda posição, também temos de referir que Andreas Bakkerud segue na quarta posição, com apenas 13 pontos de desvantagem para o sueco, o que deixa Bakkerud muito perto do pódio final e deixa também alguma pressão em cima de Kristoffersson.

Resumindo, a luta que mais interessa é a de Solberg e Hansen, mas está tudo ainda por decidir acerca do pódio final desta segunda edição do Campeoanto Mundial de Ralicross, o que certamente vai ‘prender’ muita gente ao ecrã da televisão.

Achamos que o título não vai fugir ao norueguês da SDRX, Petter Solberg, que apesar de algumas rondas menos conseguidas, fez tudo para o conseguir mais uma vez e se tornar bi campeão da modalidade.

 

Miguel Cabo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.