NASCAR Sprint Cup Series – Folds of Honor QuikTrip 500

 

CcVWY0MUAAAjA4JA segunda prova da temporada de 2016 na NASCAR Sprint Cup Series realizou-se na rápida oval de milha e meia de Atlanta.

Para esta prova estavam inscritos 39 carros, o número mais baixo de inscritos em mais de 20 anos.
Nesta prova entrou de forma definitiva o pacote aerodinâmico com carga aerodinâmica mais reduzida, que irá aumentar as dificuldades para os pilotos, e nesta pista, que é muito destruidora para os pneus, os pilotos sofreram muito com falta de aderência em poucas voltas.

Kyle Busch (#18) foi o mais rápido na qualificação mas acabou por ver o seu tempo excluido após as verificações técnicas. Nas rodas traseiras, a convergência, que são os graus em que o ângulo vertical das rodas traseiras estão enviesadas, ultrapassou o máximo de 0.15 graus.
Assim, com a exclusão de Kyle, o seu irmão, Kurt Busch (#41), passou assim para a pole position, tendo ao seu lado Jamie McMurray (#1), que fez uma volta muito boa.
Na segunda fila estava um surpreendentemente rápido Trevor Bayne (#6) e Ryan Newman (#31). Foi uma qualificação algo atípica.

No arranque, Kurt Busch não teve problemas e facilmente assumiu a liderança. McMurray manteve-se temporariamente em 2º, sendo passado por Newman.

Denny Hamlin (#11), vencedor em Daytona, entrou ao ataque e passou de 12º para 3º em pouco mais de cinco voltas, mas isto custou-lhe os pneus e começou a perder posições.
Para o lugar do piloto com melhor recuperação ficou Dale Earnhardt, Jr. (#88), que recuperou de 16º para 4º em 10 voltas.

NASCAR+Sprint+Cup+Series+Folds+Honor+QuikTrip+eME_7g72xazlRyan Newman tentou pressionar Kurt Busch mas também perdeu andamento com o passar das voltas e foi Martin Truex, Jr. (#78) que começou a dar mais preocupação a Busch, mas Truex, Jr. também ficou com os pneus muito desgastados e Matt Kenseth (#20) passou-o para o segundo lugar.

Na volta 37, Kevin Harvick (#4) furou um pneu quando estava no 5º lugar mas acabou por ter alguma sorte porque já estava prestes a parar. A sua paragem fez com que o pelotão reagisse e também começasse a parar em bandeira verde. Kurt Busch conseguiu manter-se na liderança, com Kenseth em 2º.

Kenseth foi com o passar das voltas reduzindo a diferença e na volta 65 acabou por passar Kurt Busch para ascender à liderança da corrida.

Na segunda ronda de paragens, ainda em bandeira verde, na volta 78, Kenseth perdeu algum tempo e foi passado por Kurt Busch, que recuperou o comando da corrida, mas não por muito tempo, porque ao ficar mais tempo em pista também perdeu tempo e Jimmie Johnson (#48), que foi um dos primeiros a parar, chegava à liderança da corrida, completando uma excelente recuperação, vindo do 19º lugar.
Johnson também não ficou muito tempo na frente. Kenseth, com pneus um pouco mais frescos, tirou partido disso e passou Johnson na volta 85.

Kurt Busch também passou por Johnson para subir ao 2º lugar. Johnson estava agora mais lento com pneus mais desgastados, e perdeu algumas posições. Em sentido inverso, Kurt Busch aproximou-se de Kenseth, que tinha Denny Hamlin à sua frente, a lutar para não perder uma volta.

Harvick estava ao ataque e recuperou do seu furo para chegar ao 3º lugar e aproveitou um erro de Busch na curva 4 para subir ao 2º lugar, instantes antes de se iniciar a terceira ronda de paragens em bandeira verde, na volta 110.

As paragens começaram na volta 113. Kenseth já estava a pensar na paragem nas boxes mas uma volta antes de entrar, Harvick colocou-o preso atrás de um carro mais lento na curva 1 e passou para a liderança. Uma volta depois ambos pararam e não trocaram posições até à volta seguinte, quando Kenseth surpreendeu Harvick na reta oposta.
O novo líder era Truex, Jr., que parou antes de Kenseth e Harvick, com Johnson a subir para 2º.

A corrida de Kenseth ficou estragada pouco depois. Durante a paragem nas boxes, o mecânico que coloca a lata de combustível fez um ajuste no carro depois de colocar a lata. Kenseth foi penalizado, a equipa não o mandou imediatamente cumprir a penalização e foram retiradas duas voltas. No final, Kenseth caiu para 31º, a três voltas do líder.

NASCAR+Sprint+Cup+Series+Folds+Honor+QuikTrip+MMoO0KLt9YrlHarvick, com pneus mais frescos, passou Johnson na volta 132 e, quatro voltas depois, passou Truex, Jr., que se debatia com sobreaquecimento no seu carro que o obrigou a reduzir um pouco o seu andamento. Harvick de novo na frente da corrida.

Mais uma corrida às boxes em bandeira verde na volta 150. Desta vez os líderes não facilitaram e não ficaram demasiado tempo sem parar.
Joey Logano (#22) perdeu uma volta quando bateu no cone que delimita a entrada das boxes. Kyle Larson (#42) também falhou a entrada nas boxes e teve a mesma penalização.

Truex, Jr. era extremamente rápido nas primeiras voltas com pneus novos e passou por Harvick na volta 156, mas nove voltas depois, com a degradação dos pneus, Harvick não teve problemas em voltar a passar para a liderança.

A corrida mantinha-se estável, mesmo depois de haver mais uma paragem em bandeira verde a partir da volta 183, onde não se registaram mudanças significativas na tabela.

Finalmente, na volta 210, um detrito na pista trouxe a primeira bandeira amarela na corrida. Era um novo recorde de voltas consecutivas em bandeira verde desde o começo da corrida nesta pista.

Nas boxes, Harvick manteve a liderança. Johnson subiu para 2º e Truex, Jr. caiu para 6º com uma paragem mais lenta.

Recomeço de corrida a 108 voltas do fim. Harvick entrou ao ataque e ficou na frente de Johnson. De forma progressiva, Truex, Jr. subiu de 6º para 2º e foi no encalço de Harvick.

A 65 voltas do fim, Truex, Jr. passou por Harvick para recuperar a liderança da corrida, até que os seus pneus e um problema no ajuste da barra estabilizadora impediram-no de ficar mais tempo na frente. Harvick passou-o na volta seguinte.

Johnson aproximou-se dos líderes e acabou por ficar um pouco preso atrás de Truex, Jr.
Chad Knaus, o seu chefe de equipa, pensou numa estratégia diferente e chamou Johnson às boxes a 49 voltas do fim. Era arriscado em termos de combustível, mas era possível ter benefício com esta paragem.

Os líderes começaram a parar a 42 voltas do fim. Harvick parou a 40 voltas do fim e teve uma paragem lenta. Quando saiu das boxes era 2º, mas a 14 segundos de Johnson. Agora Harvick tinha que dar tudo por tudo com pneus nove voltas mais frescos.

Harvick arriscou e destruiu os seus pneus, ganhando apenas meio segundo por volta. O seu carro começou a atravessar-se cada vez mais em curva e a diferença ficou estabilizada em 6 segundos à entrada das últimas 20 voltas.

Johnson mantinha-se na frente, de forma inteligente a ser muito gentil com os seus pneus, e a vitória parecia assegurada.

A três voltas do fim, Ryan Newman rebentou um pneu na reta da meta e fez um pião. Bandeira amarela e a corrida estava completamente em aberto. Foi uma situação frustrante para Johnson, e um alívio para Harvick.

Johnson tinha alguns carros com voltas de atraso na sua traseira e isso deu-lhe alguma margem para os rivais nas boxes. As posições não se alteraram. Johnson saiu na frente de Harvick, Kyle Busch e Martin Truex, Jr.

Recomeço em “Green-White-Checkered”. Johnson arrancou melhor do que Harvick, que teve alguma derrapagem. Truex, Jr. deu-lhe um toque e caiu para 7º, com Harvick a cair para 6º, depois de ser novamente tocado por Carl Edwards (#19). Kyle Busch saltou para 2º e Dale Earnhardt, Jr. subiu para 3º.
Johnson passou a “linha de prolongamento” e o recomeço foi oficial. Segundos depois, na reta oposta, um acidente que, entre outros, envolveu Aric Almirola (#43), que ficou com o carro em chamas, Ryan Blaney (#21), David Ragan (#23) e Landon Cassill (#38) fez sair a bandeira amarela, mas não antes do líder passar a linha de meta para entrar para a última volta.

NASCAR+Sprint+Cup+Series+Folds+Honor+QuikTrip+rZdehQqcZJqlA corrida foi até ao fim em bandeira amarela e Jimmie Johnson venceu pelo segundo ano consecutivo em Atlanta. Esta foi a sua 76ª vitória na Cup Series e igualou a lenda, Dale Earnhardt no 7º lugar dos pilotos com mais vitórias no campeonato. Com esta vitória, Johnson está provisoriamente na Chase Grid.
Para a equipa de Rick Hendrick, esta vitória veio na melhor altura possível, depois do anúncio surpreendente de que a Stewart-Haas Racing irá passar a correr com a Ford em 2017, terminando a associação à Hendrick Motorsports.

Dale Earnhardt, Jr. terminou em 2º, batendo sobre a linha de meta Kyle Busch, que fez uma corrida sem sobressaltos, sendo muito consistente e paciente e resistiu à tentação de atacar durante a corrida. A paciência pagou dividendos e, depois de estar nos cinco primeiros no último quarto de corrida, acabou com o 3º lugar, depois de arrancar de 39º e último classificado, e com isto passou a ser o líder do campeonato em pontos.

Kurt Busch foi 4º, Carl Edwards foi 5º, Kevin Harvick foi o piloto que liderou mais voltas mas não foi além do 6º lugar, Martin Truex, Jr. não passou do 7º posto, Chase Elliott (#24) mostrou muita maturidade e fez uma grande corrida, terminando no 8º posto, e a fechar os 10 primeiros ficaram Brad Keselowski (#2) e Ricky Stenhouse, Jr. (#17), que fez um bom resultado.

Houve alguns pilotos que não tiveram um dia fácil em Atlanta. Joey Logano teve problemas em recuperar da volta perdida com a penalização e não foi além do 12º lugar.
Denny Hamlin teve um início fulgurante mas foi sol de pouca dura e acabou por ficar com uma volta de atraso. No final, ficou em 16º, com duas voltas de atraso.
Matt Kenseth só conseguiu recuperar uma das três voltas perdidas e acabou em 19º. Uma corrida infeliz para Kenseth.

A próxima corrida será na oval de Las Vegas.

 

Classificação final: http://www.jayski.com/stats/2016/pdfs/02ams2016results.pdf

 

Jorge Covas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.