O pináculo da inovação

Há cerca de uma semana, Wolfgang Dürheimer, director da Volkswagen Motorsport, concedeu uma entrevista ao site autocar.co.uk, que levantou novas questões acerca da não entrada da VW na F1.

zuppork_0Herr Dürheimer deu-me razão, quando escrevi no último artigo de opinião que “o WEC tem sido um caso de sucesso”. O homem forte da VW afirmou que mesmo o campeonato do mundo de resistência, sendo mais caro que a F1 e que o investimento feito pelo grupo, com duas marcas nesse campeonato no topo da competição, não é sustentável durante muito tempo, mas no entanto,no plano desportivo a competição está no patamar que os concorrentes desejam.

Apenas fazendo algumas contas, com dados que circulam pela net e que valem o que valem, conseguimos de facto acreditar no argumento que o WEC fica mais caro ao grupo VW: em 2014 foi noticiado que a Audi, campeã nesse ano, gastaria cerca de €220M com o seu projecto. A ser verdade, e juntando mais uns pózinhos de milhões de euros, a Porche e a Audi neste momento devem custar cerca de €500M aos cofres da VW. Por outro lado, do pouco que se sabe dos custos com a F1, a Mercedes deverá gastar cerca de €400M por ano. Ou seja, se a VW entrasse para a F1, e segundo parece a companhia ainda chegou a gastar uns bons milhares de euros quando esteve muito perto de entrar para o Grande Circo, pouparia cerca de €100M, como é óbvio apenas com uma equipa.

Posso tirar duas conclusões acerca dessa afirmação: Dürheimer, enquanto líder da divisão desportiva do grupo alemão, não vê a estabilidade necessária para investir na F1; a segunda conclusão é que os alemão preferem “perder” dinheiro (sem querer utilizar o termo com efeito pejorativo em relação ao WEC) do que negociar com a CVC e Bernie Ecclestone.

Aliás, o alemão afirma mesmo na entrevista que o facto de os donos da F1 não se manterem no comando (é sabido que a CVC espera vender a F1 o mais breve possível), cria instabilidade no desporto.

A VW é um dos maiores grupos automóveis do Mundo e para além de ter de provar a sua qualidade nos carros do dia-a-dia, tem também de o demonstrar nas pistas e nos troços dos maiores campeonatos desportivos. Então porque não tem a VW a pretensão neste momento de competir na maior classe desportiva, o pináculo da inovação e da competição?

Fácil, porque neste momento a F1 não o é!

Mercedes motorSei bem que “bato sempre nessa tecla”, mas é a verdade. Dürheimer que saberá muito mais do eu, afirmou que o nível de tecnologia do WEC é melhor do que na F1, por isso os custos são também maiores. Bernie Ecclestone ainda este mês afirmou ao Daily Mail que não gastaria o seu dinheiro para levar a família a assistir a uma corrida de F1, a mesma pessoa que disse que não se importava que os jovens não vissem as corridas de F1, porque quem dava dinheiro ao desporto eram os homens da sua idade. Ainda sou capaz de pensar que Bernie está a tentar baixar o preço da venda da F1, numa altura em que a CVC a procura vender. 

Se no plano da montra tecnológica, a F1 não consegue bater o WEC (algumas vozes de dentro da F1, defendem o retorno aos motores de combustão, deixando os híbridos de parte), no plano desportivo também não o consegue, com as corridas de endurance a terem mais luta que a classe rainha. Mesmo distância que separa os pilotos do WEC dos fãs, é menor que na F1 e não penso que sejam os pilotos que não querem apoio. Prova disso é a recente afirmação de Romain Grosjean, que a  visão de social media na F1 é tacanha, ou o inquérito aos fãs patrocinado pela Associação de Pilotos de Formula 1.

Se pareço um defensor acérrimo do WEC, posso responder que mais ou menos… adoro a F1 e o WEC. Os dois campeonatos não são incompatíveis, a não ser que marquem a qualificação e a corrida do GP da Europa (no Cazaquistão!) para a mesma altura das 24h de Le Mans. No entanto, enquanto não começar a acção em pista, a F1 perde dia para dia, para o afável campeonato do mundo de resistência.

 

Pedro Mendes

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.