F1 – Qualificação não deverá voltar ao formato de 2015

australiaAs equipas, a FIA e o promotor da F1 já reuniram acerca da vergonha que tem sido o novo formato da qualificação. As partes ainda não chegaram a entendimento, uma vez que os chefes de equipa defendem o regresso ao formato de 2015, que tinha assegurado um sucesso considerável. No entanto, tanto a FIA como a FOM, defendem um novo modelo de qualificação, argumentando que os carros devem estar mais tempo em pista.

A ideia é agregar os tempos das duas melhores voltas por piloto nas 3 sessões de qualificação. Basicamente, a decisão da posição na grelha para cada piloto, depende dos 2 melhores tempos durante a Q1, Q2 e Q3.

Ainda não existem mais pormenores do que estes que estamos a dar, mas avaliando à primeira vista, mesmo querendo olhar o problema por um prisma positivo, parece-nos pior que o formato de 2015, que defendemos foi o melhor modelo de qualificação dos últimos 20 ou 30 anos de Fórmula 1.

Vamos esperar por quinta-feira, na altura em que se irão reunir as 3 partes e onde gostaríamos que todos chegassem a essa reunião com o espírito aberto e pronto para chegarem a um consenso para eliminar uma ameaça criada à F1.

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.