Moto2 – Zarco vence na Argentina

Com início marcado para as 18.30H (hora portuguesa), o português Miguel Oliveira corria a sua segunda prova do mundial de Moto2, realizada no circuito Termas de Rio Hondo, Argentina.

miguel oliveiraOliveira teve uma qualificação discreta e não conseguiu ir além do décimo oitavo posto, sentindo algumas dificuldades com a sua moto. No Warm up, que antecede a corrida, o luso conseguiu o décimo sétimo lugar, deixando antever muitas dificuldades durante as 22 voltas ao traçado argentino.

Quanto à corrida, Logo na primeira volta o espanhol Alex Márquez, irmão de Marc Márquez foi ao asfalto, sem consequências para o piloto, e conseguindo manter-se em prova.

Lowes realizou um excelente arranque, apoderando-se do primeiro lugar, e ia mantendo um ritmo vivo, (ganhando +0.536s a Folger) numa pista algo traiçoeira devido a ter partes secas e molhadas. Oliveira perdeu alguns lugares, a dezanove voltas do fim, rodava na décima primeira posição. O seu companheiro de equipa D.Kent teve uma largada péssima, largando da oitava posição descendo para a décima oitava.

Ao longo da prova havia lutas interessantes no Top 10. Zarco começou ao ataque e conseguiu ultrapassar Folger, atirando o germânico para a terceira posição. Enquanto na luta pelo quinto lugar Syaharin, Aegerter e Rins lutavam pela posição a um bom ritmo.

A doze voltas do fim da prova do Moto2, Lowes ia sendo pressionado por Zarco. O francês começou a pressionar a liderança do britânico, até que conseguiu ultrapassa-lo. Zarco era o piloto mais rápido em pista, e demonstrava-o ganhando alguma margem para os seus perseguidores.

Mas que corrida que os quatro da frente estavam a proporcionar. Nesta altura seguia Zarco em primeiro, seguido de Lowes, Morbidelli e logo atras Folger.

Oliveira fazia uma corrida como no Qatar de trás para a frente, mas desta feita com mais dificuldades para galgar posições, mantendo-se na décima sexta posição a sete voltas do fim.

O luso lutava intensamente com o Salom, onde iam trocando constantemente de posição. (16º e 17º)

Nas últimas quatro voltas, um erro de Lowes, fê-lo perder a segunda posição para Morbidelli, atirando o britânico para o terceiro lugar. Ao mesmo tempo que Zarco aproveitou para ganhar terreno, obtendo uma vantagem de +1.118s.

A duas voltas Morbidelli caiu, hipotecando assim o pódio. A moto do italiano perdeu aderência, quando pisou uma parte molhada da pista, atirando para os últimos lugares. Que azar!

Na última volta Miguel Oliveira seguia na vigésima primeira posição (um erro por parte do luso, levou a perder lugares), posição essa em que acabaria por finalizar a corrida em Termas de Rio Hondo. Algo infeliz o luso nesta segunda corrida do ano. O seu companheiro de equipa não foi além da decima sexta posição final.

Zarco acabou por ganhar seguido de Lowes e Folger.

Um dia complicado para Miguel Oliveira da Leopard Racing. O português lutou intensamente para conseguir um bom resultado e chegar aos lugares da frente, mas foi-lhe impossível. Melhor sorte terá o tuga nas próximas corridas.

Ricardo Fontelas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.