Entrevista CIVR – Tom Coronel

1470261_1164506350239990_1032080670921175182_nNão há outra forma de o dizer… Quando se pensa em WTCC pensa-se imediatamente em Tom Coronel. O mais carismático piloto do grid e um dos mais acarinhados é uma das figuras centrais da prova pela sua boa disposição e forma aguerrida de estar em pista. 2016 foi um ano com um inicio complicado para Tom, com muitas incertezas em relação ao seu futuro. No entanto tudo acabou bem e conseguiu o orçamento necessário para participar no campeonato de 2016.

 

Para quem não conhece bem o piloto, relembramos a primeira entrevista que nos concedeu onde pudemos ficar a conhecer melhor o piloto. Desta vez quisemos apenas falar sobre o presente o campeonato 2016, que por sinal começou da melhor forma, com Coronel a ter uma primeira corrida fantástica e acabando a segunda nos pontos.

 

 

Foi complicado arranjar o orçamento para ficar no WTCC?

Foi muito difícil ficar no WTCC este ano. O orçamento para um piloto privado está a ficar bastante caro, acima de 1 milhão de euros por época se quisermos ser mesmo competitivo. Tenho sorte de ter o meu chefe da ROAL, com o qual trabalho há 6 anos. Conhecemo-nos bem e lutamos juntos em muitas batalhas e queríamos ficar no WTCC e conseguimos. Isto também se deve ao meu patrocinador, DHL, para quem faço muitas acções de marketing, como voltas acompanhado às pistas e acolhimento de convidados nas boxes. Os regulamentos também mudaram e agora com o lastro de 80kg pode haver um momento de glória para os privados o que me dá ainda mais motivação para este ano.

Sou o piloto com mais tempo de WTCC e queria muito ficar. Sou o único piloto que tem de trabalhar arduamente durante o inverno para assegurar os patrocínios e o orçamento necessário para  garantir a participação mas queria muito ficar no WTCC e consegui. É claro que é uma diferença grande para os outros concorrentes. Não fazemos qualquer tipo de testes por isso temos de chegar à pista e dar o melhor com as condições que temos. Não é um problema e não me queixo pois sempre fui muito positivo e optimista mas claro que isto leva a um handicap considerável no que diz respeito a tempo em pista. Mas sou um homem feliz por estar no WTCC, considero-me um sortudo e sinto me um privilegiado por me poder manter no campeonato.

 

 

O Dakar 2016 foi uma prova extremamente dificíl e inglória para si. Como avalia a sua participação?

Foi muito difícil, claro que sim. Trabalhamos todo o Verão para estas duas semanas de competição e depois o carro falha passado 4 dias. Nos primeiros 4 dias tivemos muitos problemas com o depósito de combustível. O maior problema foi não entender qual era o problema, pois pensávamos que era o motor ou até mesmo a electrónica do carro mas afinal era apenas um bloqueio nas linhas de combustível o que tornou tudo muito mais difícil. O Dakar só por si é difícil e é uma das coisas mais duras que fiz em toda a minha vida. É um teste à capacidade humana e conseguimos ir mais longe do pensamos ser capazes. Gosto de desafios e eu e o meu irmão Tim estamos sempre a desafiar-nos mutuamente a superar os nosso limites. As vezes no Dakar começamos a chorar e não sabemos porquê, pois as emoções são tantas e tão fortes. Temos a felicidade e oportunidade de ver as paisagens magnificas, mas fazer 15 dias num bugy sozinho, sem dormir, durante tantos quilómetros torna-se muito complicado e as emoções flutuam mas é uma prova linda de fazer.

 

 

Quais são os seus objectivos para 2016?

Espero fazer 2 ou 3 pódios este ano. Penso que é possível. Mas acima de tudo quero mostrar que sou um lutador e mesmo com menos recursos que a concorrência penso que podemos ter o nosso momento de fama. E como sou muito activo nas redes sociais espero poder partilhar estes momentos com os meus fãs.

 

 

Qual o seu circuito preferido do calendário do WTCC?

Claramente Vila Real. Vocês podem pensar que estou a dizer isto por serem portugueses mas não.  A verdadeira razão é que adoro circuitos citadinos e vocês são os sortudos que têm uma pista assim. Num citadino o desafio é muito maior, pois não há margem para erros. E se erramos pode custar caro tanto a nível competitivo como a nível monetário e assim o nível de adrenalina é ainda maior. Adoro este tipo de pistas , tal como Macau e Mónaco e sempre fui forte neste tipo de traçados. No ano passado penso que estive bem na qualificação, não fosse a situação com o Ma, que me estragou a possibilidade de lutar pelo 10º lugar e de poder lutar por um lugar no pódio. Fazendo 10º bastaria fazer uma boa largada, pois as ultrapassagens são muito difíceis e tinha o pódio na mão. Nessa altura fiquei muito frustrado e mostrei isso claramente. Penso que não ultrapassei os limites  pois a competição é também emoção e como sou uma pessoa transparente, mostrei o que senti. Os fãs portugueses também ajudam na atmosfera que se vive no circuito e são muito activos no que diz respeito ao desporto motorizado, por causa do Tiago Monteiro. Gosto de Portugal e vou várias vezes passar férias aí e acho o país muito bonito. Gosto do Algarve e do Porto e penso que a história de Portugal é fantástica. Não quero isto pareça conversa de  circunstancia mas acho claramente que vocês têm muita sorte no pais que têm.

 

A acessibilidade e a simpatia de Tom Coronel são de louvar. O piloto está sempre disposto a falar com os fãs e partilha o seu dia a dia nas competições nas diferentes redes sociais. É claramente um dos pilotos mais activos neste aspecto e está de parabéns por aproveitar ao máximo estes recursos. Para já o inicio de ano parece prometedor para Tom e tal como ele espera poderemos ver o holandês no pódio. Estamos a torcer por isso.

Deixamos aqui os links para as várias redes sociais onde Coronel mostra o seu dia a dia

Youtube: https://www.youtube.com/user/tomcoronelracing

Facebook: https://www.facebook.com/Tom.Coronel

Twitter: https://twitter.com/TomCoronel

Instagram: https://www.instagram.com/tomcoronelracing/

 

Fábio Mendes

 

Chicane Motores para o CIVRChicane logo CIVR logo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.