MotoGP – Red Bull Grand Prix of the Americas (resumo da prova)

Máquinas e pilotos foram até aos Estados Unidos da América, para o Circuit of the Americas em Austin, Texas.

Nos treinos livres, Jack Miller (#43) sofreu uma queda e fraturou um dedo do pé, e não alinhou à partida, juntando-se a Danilo Petrucci (#9) na lista de lesionados.

Marc Márquez (#93), vencedor nos últimos três anos nesta pista, fez também a quarta pole consecutiva neste traçado, batendo as duas Yamaha de Jorge Lorenzo (#99) e Valentino Rossi (#46).
Na segunda linha ficaria Andrea Iannone (#29), mas este tinha que cumprir uma penalização de três lugares pela colisão com Andrea Dovizioso (#4) na Argentina, e promovidos para a segunda linha ficaram Maverick Viñales (#25) na Suzuki, Cal Crutchlow (#35) e Dovizioso.

Na partida, Lorenzo arrancou muito bem mas alargou demasiado na curva 1 e Márquez voltou à frente, chegando a tocar em Rossi na descida. Lorenzo caiu para 4º mas recompôs-se rapidamente e voltou ao 2º lugar.
Lorenzo estava a arriscar imenso e atirou a sua moto para o interior da curva 11, mas alargou e foi passado por Rossi.
Na reta oposta, Dovizioso subiu para 2º, Pedrosa subiu para 4º, atrás de Lorenzo, e Rossi caiu para 6º, atrás de Aleix Espargaró (#41), a fazer um grande arranque com a sua Suzuki, vindo do 9º lugar. Em sentido inverso estava Maverick Viñales, que fez um mau arranque e caiu de 4º para 10º.

No inicio da segunda volta, Dovizioso atacou Márquez na curva 1 mas não conseguiu colocar a sua Ducati no vértice da curva e o espanhol retomou a liderança.

Na terceira volta, à entrada da curva 2, Valentino Rossi perdeu a frente da sua Yamaha e caiu. O italiano ficou fora de prova e sai do Texas com zero pontos e terá uma tarefa mais difícil na luta pelo campeonato.

Márquez somava volta mais rápida atrás de volta mais rápida e construiu uma vantagem segura para Dovizioso, que cedeu o 2º lugar para Lorenzo na volta 5, e tinha Dani Pedrosa logo atrás.

Na volta 7, Pedrosa trava tarde para a curva 1, a frente da sua Honda começa a saltar, acaba por cair e leva Dovizioso consigo, que pela segunda corrida consecutiva é abalroado. Azar para ambos os pilotos, que felizmente não sofreram fisicamente. Aliás, Pedrosa até continuou na corrida, abandonando mais tarde.
Na volta seguinte, mais duas quedas, na mesma curva. Primeiro foi Cal Crutchlow (#35) e, segundos depois, Bradley Smith (#38).

Com estas quedas, Márquez tinha já uma vantagem para Lorenzo superior a quatro segundos, com Iannone a ser promovido ao 3º lugar, e as duas Suzuki oficiais lutavam pelo 4º lugar, com Viñales a superiorizar-se a Espargaró na volta 10.

Até ao fim foi quase uma procissão, com Márquez a controlar com relativa facilidade a corrida.

Marc Márquez venceu pela segunda vez consecutiva, numa corrida que dominou quase a seu bel-prazer. O espanhol também conquistou a quarta vitória consecutiva nesta pista, e alarga a diferença para Jorge Lorenzo no campeonato.

Lorenzo foi o 2º classificado, voltando a somar pontos depois da sua queda na Argentina, mas já vai com 21 pontos de atraso para Márquez no 2º lugar do campeonato.

Depois de um começo turbulento de campeonato, Andrea Iannone finalmente somou pontos e somou também o seu primeiro pódio da temporada.

As Suzuki fizeram uma bela corrida, com Maverick Viñales (#25) a recuperar de um mau arranque e a terminar no 4º lugar, batendo Aleix Espargaró.

Scott Redding (#45) levou a sua Ducati ao 6º lugar, o melhor das equipas satélite, com Pol Espargaró (#44) a terminar em 7º, depois de começar em 13º.
Michele Pirro (#51), ainda a substituir Danilo Petrucci, veio do 17º lugar para acabar a corrida no 8º posto, com Héctor Barberá (#8) e Stefan Bradl (#6) a fecharem os 10 primeiros.

Resultado final da corrida de MotoGP

Em Moto2, Álex Rins (#40) (Kalex) foi o vencedor. Miguel Oliveira (#44) (Kalex) parecia a caminho de chegar aos lugares pontuáveis mas sofreu uma queda e acabou por abandonar pouco depois a corrida.

Romano Fenati (#5) (KTM) venceu na classe de Moto3.

Daqui a duas semanas o campeonato começa a temporada europeia em Jerez de la Frontera, Espanha.

Jorge Covas

Um pensamento sobre “MotoGP – Red Bull Grand Prix of the Americas (resumo da prova)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.