NASCAR Sprint Cup Series – Duck Commander 500

Texas Motor Speedway recebeu mais uma corrida da fase regular da NASCAR Sprint Cup Series.

Para esta corrida, Carl Edwards (#19) assinou a pole position, a primeira da temporada, com Joey Logano (#22) ao seu lado. Na segunda linha da grelha ficaram Martin Truex, Jr. (#78) e Ricky Stenhouse, Jr. (#17), que foi promovido ao 4º lugar quando Chase Elliott (#24) foi penalizado por ter mudado a transmissão no seu Chevrolet, e assim começou do final da grelha.
Entre os pilotos que tiveram uma qualificação menos conseguida destacaram-se Kurt Busch (#41) e Kevin Harvick (#4), 21º e 22º, respetivamente.

Durante o dia a chuva caiu e a partida foi atrasada em quase duas horas.
Quando a corrida começou, optou-se por uma partida em bandeira amarela, e ao fim de cinco voltas em fila indiana atrás do Pace Car, a corrida começou com Edwards a ter que lutar durante uma volta com Logano até que este cometeu um erro no início da volta 7. Assim, Edwards manteve a vantagem de começar da pole.
Martin Truex, Jr. chegou ao 2º lugar com o erro de Logano mas um detrito na grelha obrigou-o a reduzir o andamento e a estar atrás de Logano para o retirar. Na volta 27 recuperou a posição.

A bandeira amarela de competição apareceu na volta 29, e nesta altura Jimmie Johnson (#48) já era 4º e Kevin Harvick vinha em 10º.
Nas boxes o primeiro a sair foi Edwards, com Logano em 2º. Houve alguma confusão na saída e quando Harvick saiu das boxes, Kyle Busch (#18) teve que travar a fundo e Johnson acabou por dar um toque na traseira do Toyota que não causou danos extensos.

Recomeço na volta 34. Edwards arrancou bem e Truex, Jr. passou para 2º, aproveitando um arranque menos conseguido de Logano.

Edwards liderava mas não conseguia sacudir Truex, Jr. que na volta 55 começou o seu ataque e passou Edwards na curva 3 na volta 60.
Com a pista com pouca borracha, pouca carga aerodinâmica e pneus mais macios, o desgaste dos pneus era mais expressivo nesta pista e muitos pilotos pararam mais cedo, a partir da volta 72.
Apesar do homem do macaco ter escorregado, Truex, Jr. conseguiu manter a liderança nas paragens, e Dale Earnhardt, Jr. passou Edwards para subir ao 2º lugar.

A partir daqui, Truex, Jr. impôs um ritmo fortíssimo que nem Edwards, nem Earnhardt, Jr., que lutavam pelo 2º lugar, eram capazes de acompanhar. A diferença subiu rapidamente para os oito segundos.

Nova ronda de paragens em bandeira verde a partir da volta 110. Nesta paragem, Brian Vickers (#15) tocou em Clint Bowyer (#15) e fez um pião sem consequências.
A paragem de Truex, Jr. foi boa e voltou à pista ainda com oito segundos de vantagem, mas quem fez bom progresso foi Matt Kenseth (#20), que ascendeu ao 2º posto.

Truex, Jr. teve um momento mais quente na volta 124, ao dar um ligeiro toque no muro que lhe custou três segundos.
Na volta 130, Brad Keselowski (#2) teve que fazer uma paragem não programada para resolver um problema com uma roda, que estava mal apertada. Isto deixou-o com duas voltas de atraso.

Bandeira amarela na volta 134, por detritos na curva 4.
Os pilotos da Joe Gibbs Racing foram muito rápidos nas boxes e Edwards recuperou a liderança, na frente de Kenseth. Truex, Jr. caiu para 3º.

Recomeço na volta 142 com Edwards a arrancar bem, Kenseth a ter um arranque lento e Truex, Jr. a subir para 2º.
Edwards esticou a diferença para Truex, Jr. para pouco mais de um segundo e no final do turno, com os pneus desgastados, Truex, Jr. atacou e passou Edwards na volta 174.

Duas voltas depois começaram as paragens. Truex, Jr. colocou mal o seu carro, teve uma paragem lenta e cedeu a liderança a Edwards.
Dale Earnhardt, Jr. ficou com o seu carro momentaneamente em chamas quando o mecânico do combustível retirou a lata, provavelmente demasiado depressa, e à saída quase tinha uma colisão com Brian Scott (#44).

Truex, Jr. não estava interessado em deixar Edwards ficar na frente e manteve a pressão. Este tinha problemas em passar carros mais lentos, sobretudo Brad Keselowski, e Truex, Jr. ficou cada vez mais perto e passou de novo à liderança na volta 209.

As paragens tinham começado, já com Earnhardt, Kenseth e Johnson nas boxes quando Josh Wise (#30) bateu forte no muro na volta 210, causando uma bandeira amarela.
Para Johnson foi uma má opção parar nas boxes porque Truex, Jr. conseguiu dobrá-lo antes que este passasse a linha de meta nas boxes e, como tal, Johnson teve que esperar pelo pelotão para perder assim uma volta.
Nas paragens, Edwards voltou a fazer uma paragem rápida e saiu na frente de Truex, Jr., mas uma vez que Kenseth já tinha parado anteriormente, Matt saltou para o comando.
Kevin Harvick foi penalizado por excesso de velocidade e por ter um pneu fora de controlo.

Recomeço na volta 222. Edwards até arrancou bem mas rapidamente começou a perder muita velocidade e teve que parar imediatamente com uma porca mal apertada na roda dianteira direita. Edwards caiu para 19º, com uma volta de atraso.
Com o atraso de Edwards, Kenseth, que não tinha perdido a liderança no recomeço, teve a vida ligeiramente facilitada.
Kenseth não ficou muito tempo na liderança porque Truex, Jr. voltou a fazer uma bela ultrapassagem na volta 236, e assim recuperou uma vez mais a liderança da corrida. Três voltas depois, Kyle Busch decidiu mostrar que era um sério candidato à vitória e deixou Kenseth para trás.

Nova ronda de paragens a 80 voltas do fim. Truex, Jr. parou a 76 do final e os já seis segundos de vantagem que tinha para Kyle Busch foram mais do que suficientes para manter a liderança, com uma diferença similar, isto depois de Trevor Bayne (#6) ter parado muito mais tarde.

A bandeira amarela voltou a aparecer a 57 voltas do fim por detritos. Os rapazes de Joe Gibbs voltaram a fazer paragens supersónicas mas não bateram Truex, Jr., que saiu na frente de Kyle Busch, Joey Logano e Earnhardt, Jr.
Kenseth teve que voltar a parar porque os mecânicos não apertaram suficientemente as rodas.

Recomeço a 50 voltas do fim. Truex, Jr. arrancou bem e Busch seguiu no seu encalço. Chase Elliott entrou com tudo no recomeço e passou de 5º para 3º.
Greg Biffle (#16) levou um toque de Kasey Kahne (#5) e foi bater no muro, fazendo sair a bandeira amarela a 47 voltas do fim.
Truex, Jr. decidiu não parar e saiu na frente, com Austin Dillon (#3), enquanto que os outros pararam. Nas boxes, Elliott foi o primeiro a sair porque trocou apenas dois pneus, seguido por Logano e Busch, que trocaram quatro.

Novo recomeço a 42 voltas do fim, com Truex, Jr. na frente e Dillon rapidamente a cair na classificação com pneus mais desgastados.

Na volta 294, Austin Dillon (#3) perdeu ar do spoiler quando tinha Denny Hamlin por dentro na curva 2, levou um ligeiro toque na traseira de Jimmie Johnson, fez um pião, bateu no muro, foi tocado por Ricky Stenhouse, Jr. e, mais atrás, Clint Bowyer envolveu-se num acidente com Paul Menard (#27), Brian Vickers, Ryan Newman (#31) e Brian Scott (#44), e mais de 10 carros também estiveram envolvidos neste “Big One”, embora a maior parte dos carros tenha sofrido estragos cosméticos. Bandeira amarela.
Truex, Jr. voltou a não parar, numa aposta do seu chefe de equipa, Cole Pearn, que sabia que o seu piloto tinha um carro rápido com os pneus mais desgastados, mas desta vez foram poucos os pilotos que pararam. Destacou-se Chase Elliott, que colocou quatro pneus.

Novo recomeço a 33 voltas do fim. Logano, em 3º, deu um toque em Truex, Jr. Kyle Busch atirou o carro para o exterior e, aproveitando os pneus novos, conseguiu tirar o ar do spoiler a Truex, Jr. na saída da curva 3 e passou a ser o novo líder desta corrida.
O piloto da Furniture Row iria perder mais posições, para Logano, Earnhardt, Jr., Elliott e Johnson, caindo para o 6º lugar.

Kyle Busch rapidamente fugiu do pelotão, abrindo uma liderança de três segundos.
Até ao fim, a luta mais interessante foi pelo 2º lugar, com Earnhardt, Jr. a levar a melhor sobre Logano a nove voltas do fim.

Tranquilo na frente, Kyle Busch assinou a sua segunda vitória consecutiva no campeonato e está assim na Chase Grid. Esta vitória acaba com uma senda de três vitórias consecutivas de Jimmie Johnson nesta oval e também começa outra senda vitoriosa, porque Busch, nas últimas duas semanas, “limpou” as corridas da Xfinity Series e da Sprint Cup Series em Martinsville e no Texas. O campeão em título, para já, só sabe ganhar.

Dale Earnhardt, Jr. igualou o seu melhor resultado da temporada, com o 2º lugar, e Joey Logano terminou no 3º lugar.

Jimmie Johnson, o rei do Texas, teve uma corrida difícil mas acabou por terminar no 4º lugar, batendo Chase Elliott na última volta. O jovem piloto da Hendrick fez uma bela corrida do final do pelotãp. Rapidamente chegou aos 10 primeiros e até poderia ter lutado pela vitória. Na última bandeira amarela caiu para 8º mas recuperou com quatro pneus novos e somou um brilhante 5º lugar, que é o melhor resultado da carreira.

Martin Truex, Jr. irá lamentar não ter parado mas a verdade é que, se parasse, provavelmente muita gente não parava nas boxes. Foi uma decisão difícil que teve que ser tomada por Cole Pearn. Com isto, depois de uma corrida onde foi o piloto com mais voltas lideradas, terminou em 6º.
Kasey Kahne teve um toque com Austin Dillon mas a partir daí a sua corrida entrou nos eixos, chegando em 7º, na frente de Carl Edwards, que teve muito azar com a sua roda solta, numa corrida que poderia ter vencido.
Kurt Busch, que andou muito discreto, acabou em 9º e Kevin Harvick não conseguiu recuperar da penalização e terminou em 10º.

Outros resultados no Texas: Matt Kenseth também poderia ter ido mais além do 11º lugar, tal como Denny Hamlin, que não foi além do 12º.
Para Brad Keselowski, a roda mal apertada comprometeu a sua corrida e nunca conseguiu recuperar as voltas de atraso. Um desapontante 18º lugar para o campeão de 2012.

Resultado final

Do Texas o campeonato segue para Bristol, onde se promete muito entretenimento nesta oval curta.

Jorge Covas

Um pensamento sobre “NASCAR Sprint Cup Series – Duck Commander 500

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.