WRX – Montalegre, o início do Mundial

press%2F2015_1_Portugal_Solberg_%284%29É já no próximo fim de semana que o FIA World Rallycross Championship tem início marcado e Montalegre veste-se a rigor para receber os convidados. Este ano, sem desprimor para os outros pilotos, os cabeças de cartaz do Mundial são Petter Solberg o bicampeão, Ken Block o senhor das Gymkhanas e Sebastien Loeb o papa títulos.

Os responsáveis pela organização desportiva da ronda portuguesa são os homens do Clube Automóvel de Vila Real, que juntamente com o Município de Montalegre, têm vindo a fazer uma trabalho formidável na preparação minuciosa da ronda inaugural do WRX.

Como ficou vincado na entrevista ao Clube Automóvel de Vila Real, publicada a semana passada, o WRX é mesmo um dos pontos altos do curriculum do clube. Organizar o Europeu de Ralicross era especial, conseguir organizar a primeira prova do Mundial é fantástico. Como nos lembrou Eduardo Ferreira, que juntamente com António Pureza, foi dos que mais lutou pela vinda do mundial para Montalegre, o “WRX podia acabar amanhã, que ficaria escrito em todos os livros de história, que Montalegre foi a primeira prova do mundial.” 

Para os dois homens do CAVR que mais estão por dentro da ronda portuguesa do WRX, a luta para trazer o mundial para terras lusas foi dura, mas dá agora frutos. No entanto, terminando o contrato com o promotor, nada garante que Portugal continue a receber uma ronda do Mundial, até porque há quem pague mais do nós e porque o desejo do promotor do campeonato é ter mais rondas fora da Europa. Se isso acontecer, “não quer dizer que 1 ou 2 anos depois, o Mundial não possa regressar a Montalegre”, avisa Jorge Fonseca.

foto in: facebook FIA WRX
foto in: facebook FIA WRX

Para já, vamos continuar a vibrar com as máquinas potentes que compõem o WRX, provavelmente o campeonato FIA que mais potencial para crescer tem…lembrando que aconteça o que acontecer no futuro, a primeira prova do Mundial de Ralicross foi em Montalegre em Portugal.

Mais uma vez destacamos o trabalho do CAVR. Na conversa que tivemos com os homens fortes do clube, soubemos de alguns pormenores que provavelmente poucos sabem e que o Clube não pretende que seja publicitados. Mas podemos garantir que a luta que o CAVR teve para trazer o WRX, juntamente como Município de Montalegre merece ser elogiada, pela forma como foi feita e pelos resultados obtidos. Hoje em dia a prova de Montalegre é um exemplo ao nível da organização (a forma de apresentação dos breifings que o CAVR usou na primeira prova do mundial passou a ser regulamentar, assim como os correctores do circuito de Montalegre, que passaram a ser também usados como referência para as novas pistas de WRX em todo o mundo) e não há nenhuma equipa que não goste de vir ao nordeste português competir.

As infraestruturas são excelentes e aí o município local merece uma menção honrosa por ter feito o que estava ao seu alcance para ter todas as condições para receber um mundial FIA. O apoio e o cuidado com os detalhes são constantes antes, durante e depois da prova e há um exemplo caricato e engraçado que mostra bem o que queremos dizer. No ano passado houve um sanitário que avariou e a organização prontamente tratou de arranjar alguém para tratar da situação em em  pouco mais de meia hora ficou solucionada, para espanto de todos. Se fosse noutro pais, a porta receberia um adorno a dizer “avariado” e a situação estaria resolvida. Cá em Portugal tratou-se do problema logo de seguida. São muitos os exemplos que poderíamos dar aqui, mas basta dizer que tivemos acesso ao documento de avaliação da FIA da prova de 2015 e o adjectivo “excelente” era aquele que mais se lia. Depois a forma típica de bem receber é também algo que agrada a todos os que se deslocam a Montalegre, tendo oportunidade de provar o melhor que a região tem para oferecer, tendo direito a mimos que não se vêem em mais lado nenhum. O país ficar bem representado!

11013046_1008983649114129_8369059416423748760_nPara concluir, queremos apenas realçar o trabalho fantástico feito pelas entidades responsáveis por trazer uma prova que cada vez mais conquista o seu espaço no panorama internacional e que cada vez mais será um sucesso. O mesmo sucesso que o CAVR, o Municipio de Montalegre e as restantes autoridades ajudaram a criar pode ser o motivo pela partida do campeonato no futuro. Mas dos homens responsáveis pela vinda da prova, há um sentimento de orgulho e de dever cumprido que merece ser partilhado.

 

 

Chicane Motores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.