WRX – Montalegre RX: Solberg começa com o pé direito

O Circuito de Montalegre depois do frio, vento e chuva forte que se fez sentir no dia de sábado, viu o sol brilhar para o segundo dia de competição, o dia de todas as decisões.

Mattias Ekström foi o piloto que dominou na pista transmontana e terminou o dia na primeira posição da tabela intermedia de pontos, acompanhado do seu companheiro de equipa Topi Heikkinen na segunda posição e de Johan Kristoffersson a fechar o top 3.

No segundo dia os motores ligaram bem cedo para as sessões de warm-up de preparação para as duas ultimas mangas de qualificação.

A terceira manga de qualificação foi dominada pelo norueguês Petter Solberg que venceu com uma diferença de dois segundos e meio para o segundo mais rápido, Robin Larsson. Larsson começou o dia também com o pé direito e começou a partir dai a demonstrar a sua melhor condução. A fechar o top 3 com o novo Ford Focus RS terminou Andreas Bakkerud.

HEAT: H3 

Rank DRIVER POS Time Heat Points
1. Petter SOLBERG 1 03:02.579 50
2. Robin LARSSON 2 03:05.062 45
3. Andreas BAKKERUD 3 03:05.434 42
4. Mattias EKSTRÖM 4 03:06.097 40
5. Davy JEANNEY 5 03:06.303 39
6. Sébastien LOEB 6 03:07.500 38
7. Timmy HANSEN 7 03:07.663 37
8. Johan KRISTOFFERSSON 8 03:07.971 36
9. Kevin ERIKSSON 9 03:08.154 35
10. Timur TIMERZYANOV 10 03:08.217 34
11. Toomas HEIKKINEN 11 03:08.687 33
12. Liam DORAN 12 03:08.915 32
13. Kevin HANSEN 13 03:08.962 31
14. Anton MARKLUND 14 03:09.499 30
15. Reinis NITISS 15 03:09.836 29
16. Janis BAUMANIS 16 03:10.488 28
17. René MÜNNICH 17 03:16.847 27
18. Joaquim SANTOS 18 03:21.488 26
19. Ken BLOCK 19 03:29.927 25
20. Niclas GRÖNHOLM 20 00:00.000 23

 

 

Na quarta e última manga de qualificação quem voltou a vencer foi o sueco Mattias Ekström que voltava a mostrar toda a sua qualidade na pista transmontana e a não dar qualquer hipótese a sua concorrência. Solberg desceu uma posição em relação à terceira manga de qualificação e terminou esta como segundo piloto mais rápido e na terceira posição terminou novamente o norueguês Andreas Bakkerud.

 

HEAT: H4

Rank DRIVER POS Time Heat Points
1. Mattias EKSTRÖM 1 02:45.542 50
2. Petter SOLBERG 2 02:47.204 45
3. Andreas BAKKERUD 3 02:48.155 42
4. Robin LARSSON 4 02:49.012 40
5. Davy JEANNEY 5 02:50.014 39
6. Timmy HANSEN 6 02:50.035 38
7. Johan KRISTOFFERSSON 7 02:50.697 37
8. Kevin ERIKSSON 8 02:51.255 36
9. Sébastien LOEB 9 02:52.227 35
10. Liam DORAN 10 02:52.291 34
11. Timur TIMERZYANOV 11 02:52.687 33
12. Toomas HEIKKINEN 12 02:52.894 32
13. Niclas GRÖNHOLM 13 02:53.970 31
14. Janis BAUMANIS 14 02:55.232 30
15. Anton MARKLUND 15 02:55.532 29
16. Kevin HANSEN 16 02:55.874 28
17. Reinis NITISS 17 02:56.243 27
18. Ken BLOCK 18 02:58.196 26
19. René MÜNNICH 19 02:59.034 25
20. Joaquim SANTOS 20 03:01.901 24

 

Os doze apurados para as semi finais depois do final das quatro mangas de qualificação:

 

Rank DRIVER H1 H2 H3 H4 HP IP
1. Mattias EKSTRÖM 45 50 40 50 185 16
2. Petter SOLBERG 33 38 50 45 166 15
3. Johan KRISTOFFERSSON 50 42 36 37 165 14
4. Andreas BAKKERUD 40 40 42 42 164 13
5. Robin LARSSON 37 34 45 40 156 12
6. Toomas HEIKKINEN 42 45 33 32 152 11
7. Sébastien LOEB 39 39 38 35 151 10
8. Kevin ERIKSSON 35 37 35 36 143 9
9. Timmy HANSEN 36 30 37 38 141 8
10. Davy JEANNEY 29 31 39 39 138 7
11. Liam DORAN 38 27 32 34 131 6
12. Anton MARKLUND 32 35 30 29 126 5

 

Na primeira semi final Mattias Ekström e Johan Kristoffersson alinharam na primeira linha, Robin Larsson e Sebastien Loeb na segunda linha e Timmy Hansen e Liam Doran na terceira e última linha.

Johan Kristoffersson foi o vencedor da primeira semi final, o sueco abriu uma boa distancia para os restantes pilotos aproveitando as lutas atrás de si. Sebastien Loeb foi o segundo classificado e a fechar a terceira e ultima vaga terminou Robin Larsson.

Na quarta posição terminou o sueco Mattias Ekström e terminou o fim-de-semana de forma um pouco inglória depois de ser o piloto que mais dominou durante os dois dias ate esta fase, mas o azar bateu a porta do patrão de equipa da EKS.

Liam Doran foi o quinto classificado e na sexta posiçao terminou Timmy Hansen que teve de abandonar depois um toque mais forte quando disputava posiçao com Mattias Ekström.

 

HEAT: SF1 

Rank DRIVER POS Time Champ Points
1. Johan KRISTOFFERSSON 1 04:09.669 6
2. Sébastien LOEB 2 04:10.147 5
3. Robin LARSSON 3 04:11.027 4
4. Mattias EKSTRÖM 4 04:11.628 3
5. Liam DORAN 5 04:12.082 2
6. Timmy HANSEN 6 02:41.323 1

 

Na segunda semi final Solberg dominou por completo a corrida e não deu hipótese à concorrencia fixando a diferença para o segundo classificado foi de mais de dois segundos.

Topi Heikkinen garantiu o segundo lugar e garantiu a presença de pelo menos um carro da EKS na final depois de Mattias Ekström não ter conseguido um lugar no top 3 da sua semi final. A fechar as contas para a final ficou Andreas Bakkerud. O norueguês esteve em alta nesta corrida e garantiu a terceira posiçao nas ultimas curvas com uma das melhores ultrapassagens do dia deixando para tras Kevin Eriksson que assim terminou na quarta posiçao.

Anton Marklund foi o quarto classificado na frente de Davy Jeanney que terminou na sexta posiçao.

 

HEAT: SF2 

Rank DRIVER POS Time Champ Points
1. Petter SOLBERG 1 04:04.712 6
2. Toomas HEIKKINEN 2 04:07.065 5
3. Andreas BAKKERUD 3 04:09.847 4
4. Kevin ERIKSSON 4 04:10.098 3
5. Anton MARKLUND 5 04:10.966 2
6. Davy JEANNEY 6 04:10.465 0

Para a corrida mais esperada do dia da primeira linha arrancavam Petter Solberg e Johan Kristoffersson da primeira linha o que parecia ser a reedição da luta na final da temporada passada. Na segunda linha estavam Topi Heikkinen e Sebastien Loeb e na terceira e ultima linha da grelha estavam Andreas Bakkerud e Robin Larsson.

Solberg com um bom arranque garantiu a primeira posição no final da reta da pista transmontana e nunca mais largou a liderança ate à bandeirada de xadrez. Robin Larsson com uma excelente corrida garantiu a segunda posição e deixou atras outro Audi S1 mas da EKS com Topi Heikkinen ao volante a fechar o pódio da primeira ronda da nova temporada do Mundial de Ralicross.

Andreas Bakkerud ainda tentou até a ultima curva, mas não conseguiu bater o finlandês Heikkinen terminando assim na quinta posição. Sebastien Loeb e Johan Kristoffersson depois de se verem envolvidos em uma luta em pista, que também incluiu Petter Solberg, saíram com problemas nos seus carros deixando assim as hipóteses de lutar por um bom resultado para trás na pista transmontana.

 

HEAT: FI 

Rank DRIVER POS Time Champ Points
1. Petter SOLBERG 1 04:03.992 8
2. Robin LARSSON 2 04:04.839 5
3. Toomas HEIKKINEN 3 04:06.352 4
4. Andreas BAKKERUD 4 04:07.767 3
5. Sébastien LOEB 5 04:29.298 2
6. Johan KRISTOFFERSSON 6 05:35.984 1

 

 

No final Solberg voltou a sorrir em Montalegre depois de já ter garantido a vitoria na final na primeira temporada de Mundial de Ralicross. O noruegues é um dos pilotos mais fortes deste campeonato e não é por acaso que é o atual bicampeão mundial de ralicross.

Robin Larsson está a evoluir a passos largos neste campeonato e começa e entrar na lista de possíveis campeões na nossa opinião no futuro.

O finlandês Topi Heikkinen também com uma nova fase da sua carreira começou esta nova temporada com um pódio e foi por azar que não vimos os dois carros da EKS na final o que deixa muito a prometer desta equipa para as provas seguintes…será que a EKS vai ser a próxima campeã de equipas?

Quem também trocou de equipa para esta temporada foi Andreas Bakkerud, o norueguês aceitou o convite de Ken Block para ser o seu companheiro de equipa na Hoonigan Racing Division e mostrou durante todo o fim-de-semana que o novo Focus RS é um carro muito competitivo e que é preciso ter cuidado com ele porque é um dos candidatos as vitorias.

Para terminar temos Sebastien Loeb e Johan Kristoffersson. O francês garantiu a sua primeira presença na final de uma ronda do Mundial de Ralicross mas mesmo la chegando achamos que o piloto ainda tem muito para evoluir nesta modalidade, já Johan Kristoffersson teve o azar na corrida depois de um toque com Petter Solberg. Kristoffersson foi o vencedor em Montalegre na temporada passada e vai ser um dos candidatos aos lugares cimeiros da tabela geral de pilotos para repetir pelo menos a terceira posiçao final do campeonato passado.

Para a Chicane Motores, os pilotos que merecem mais destaque neste fim-de-semana são Mattias Ekström e Petter Solberg. Ekström dominou quase por completo e achamos injusto o sueco não ter conseguido a passagem a final depois de tudo o que fez até a semi final.

Petter Solberg merece destaque depois do final desta primeira ronda porque foi o vencedor e também pela subida de rendimento que demonstrou em pista de sábado para domingo onde venceu uma manga de qualificação e também a segunda semi final.

A segunda ronda vai ser realizada em Hockenheim e não perca todas as noticias deste campeonato aqui na Chicane Motores.

 

 

Miguel Cabo

Um pensamento sobre “WRX – Montalegre RX: Solberg começa com o pé direito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.