Racing Weekend – Lições do Estoril

Ontem não pudemos fazer o acompanhamento habitual das provas de domingo e por isso queríamos deixar aqui as nossas desculpas. Mas temos uma boa justificação para isso, pois fomos até ao Autódromo do Estoril para ver as provas do Racing Weekend e do GT Open. Um cartaz de muita qualidade onde para além dos GT´s tínhamos a 2ª ronda dos TCR Internacional series, o europeu de Radical, a Seat Leon Cup, Formula 3 Europeia e os nacionais de Clássicos e Legends Cup. Penso que só por este cartaz estamos perdoados.

Temos de admitir que foi a primeira vez que fomos ao circuito e foi para nós especial, depois de 400Km de viagem, o que obrigou a levantar a horas pouco decentes, chegar ao destino e perceber que foi ali que há 31 anos atrás um ídolo começava o seu caminho para a imortalidade. Ver a meta que Senna cruzou com o seu Lotus 98T ao som de um AMG GT3 e de um 488 GT3 logo de manhã dá arrepios.

 

13051759_1076296285739683_2932301339528974283_n
Foto: Racing Weekend

Mais arrepios sentimos quando na prova de Radicais, um violento acidente entre dois concorrentes, atirou ambos os carros contra as barreiras. Uma “passa” tão violenta que deformou os rails de protecção onde se deu o embate. Ambos os pilotos pareceram sair ilesos mas serviu para relembrar que ali não se brinca aos carrinhos. Ali compete-se a sério e qualquer erro pode pagar-se caro.

Ainda tivemos a sorte de falar pessoalmente com Fábio Mota, piloto ETCC que já nos concedeu uma entrevista, e que aproveitou para ir ver as provas ao Estoril e que nos explicou alguns pormenores de forma muito simpática e acessível.

O dia foi decorrendo de forma agradável, com os TCR a darem muito espectáculo na prova da manhã (o que se repetiu de tarde, com boas prestações do português Francisco Mora, especialmente na segunda corrida onde esteve em grande), seguidos dos Formula3 e depois uma das provas mais esperada do dia, os GT. Uma excelente corrida com máquinas imponentes, de uma beleza fantástica. Uma lição de física e mecânica ao som da violência das combustões , controlado pela arte dos pilotos que proporcionaram bons momentos e não desiludiram quem os foi ver, mais ainda com a presença de vários nomes nacionais em destaque.

FilipeBarreiros-GtOpen2016-Estoril-CorridaDois
foto @ Multidesportos

Acabada a prova dos GT´s, resolvemos dar uma volta pelo paddock para sentir o ambiente que ali se vivia e encontramos parte do “contingente” vilarealense. Foram no total 12 carros que viajaram de Trás os Montes para competir, um número espantoso e que diz muito do legado do Circuito de Vila Real. É algo que está no sangue de quem por cá vive. É algo que de uma forma ou outra está presente na maioria das pessoas de Vila Real e que graças ao regresso aos tempos de glória do circuito se mostra cada vez mais.

 

Fomos recebidos à boa maneira transmontana… de forma calorosa, com o piloto Manuel Fernandes Jr.  a servir de cicerone de forma muito simpática e não passaram mais de 5 minutos até que estivéssemos de bifana e mini na mão a falar com as pessoas que ali estavam. E o que era suposto ser apenas uma visita breve tornou-se em algo mais especial. Enquanto comíamos a bifana, os mecânicos do piloto João Sousa tentavam terminar a instalação de um motor no seu carro, num contra relógio acompanhado de perto por todos.  Ali pudemos sentir um espírito de união que não é muito costume por estas bandas. A equipa de assistência do piloto António Camilo (com quem falamos brevemente e que mostrou muito talento na sua estreia), estava por perto para ajudar também e nos pilotos sentia-se uma genuína tensão e esperança de que tudo se resolvesse pelo melhor. Enquanto isso começamos a falar com o piloto Marco Guerra que este ano tem um projecto renovado e que nos mostrou um pouco do que sentia e das suas ideias para o futuro.

Até que a certa altura o Pedro chegou ao pé de mim e me disse algo que me deixou a pensar durante algum tempo: “Isto sim é que é o espírito das corridas!”. Não é costume aceitar as opiniões dele com facilidade, nem que seja para o chatear, mas desta vez tenho de admitir que estava coberto de razão. Aqueles homens abdicam de horas de lazer e descanso, investem muito dinheiro e tempo em busca de um sonho. É claro que do outro lado do paddock estava a parte mais bonita das corridas… A imponência dos GT´s e dos TCR´s, todos brilhantes no meio de um ambiente quase asséptico, onde é raro ver se uma gota de óleo fora de sítio e o glamour dos pilotos e das pit girls, contrastam com o suor e a sujidade dos mecânicos que tentam afinar as máquinas o melhor possível na zona dos clássicos e dos LCC. A altura de Borkovic, a beleza da sua mulher (que deixou a todos de queixo caído) e a organização milimétrica das competições de alto nível, nada tem a ver com o espírito português do “desenrasca”. Não que os portugueses não sejam bons, pelo contrário, havia estruturas de grande qualidade tanto nos Clássicos como nos Legends, mas infelizmente a falta de recursos às vezes obriga a truques que embora eficazes, não são tão perfomantes em pista.

13055595_1075082425861069_4912967405259913784_n
Foto: Racing Weekend

Quando finalmente o motor de João Sousa pegou, a alegria de todos era visível. O piloto claro era o mais aliviado, mas a satisfação dos outros pilotos (que dentro de breves instantes passariam a adversários) foi algo que nos fez sorrir também. E mais motivos para sorrir tivemos quando vimos os resultados:

 

3º lugar para António Camilo na classe LCC99, no fim de semana da sua estreia;

6º lugar à classe para Marco Guerra na classe LCC99;

4º lugar para José Meireles na classe LCC99 (2º à classe);

7º para João Sousa na classe LCC99 (5º à classe);

3º lugar à classe para Tito Gomes na classe Especial

2º lugar para André Martins na classe FEUP3

1º lugar para Manuel Fernandes na classe FEUP2

9º à classe para João Tão na classe LCC99 na sua estreia

3º na classe H81, do CNC para Mário Marcão,

4º para Pedro Botelho final na classe H71 até 1300CC .

3º na classe H71 para Luís Costa até 1300 CC

Deixamos aqui os links para os resultados das corridas do fim de semana para os CNC e o LCC, mas destacamos também a luta espectacular pela vitória entre Macedo e Silva e Joaquim Jorge que vimos na corrida de Domingo.

Clássicoshttp://fulleventos.pt/pt/conteudo/cn-classicos/resultados/cnc-estoril-1-rw/cnc-estoril-1-rw.html

Legendshttp://fulleventos.pt/pt/conteudo/cn-legends/resultados/cnl-estoril-1-rw/estoril-1-rw.html

 

No final passamos de novo pelo paddock e encontramos Manuel Fernandes com quem falamos brevemente e que se mostrou contente pelo resultado, mas ao mesmo tempo lamentava o acidente de Edgar Florindo que seguia em 3º da geral quando teve um acidente, danificando bastante o seu Carina E. Não estávamos habituados a este nível de camaradagem e é muito bom ver os pilotos unidos num espírito tão saudável.

São homens que tentam o que poucos têm coragem de fazer…lutar por um sonho e tentar arranjar meios para isso. Vila Real tem um nome grande mas é uma cidade pequena e as empresas não podem (ou não querem) patrocinar os pilotos e estes vêm-se assim de mãos atadas. A verdade é que as corridas são um excelente veiculo de publicidade e agora com o aproximar das Corridas de Vila Real pode ser que as empresas entendam o potencial e a dimensão do evento e possam arranjar parcerias proveitosas para ambos os lados.

13043368_1076296989072946_8576877990954655393_n
Foto: Racing Weekend

Do Estoril vieram várias lições: É um orgulho ter um autódromo com tanta história; Os GT´s são máquinas impressionantes; Os TCR são uma série muito interessante com bons carros, bons pilotos e boas estruturas; E que o verdadeiro espírito das corridas está nas classes mais baixas e é com esse espírito que as corridas continuarão a ter fãs por todo o lado. Se não os referimos mais vezes é porque também não temos nem tempo nem meios para falar de tudo como gostaríamos.

Queremos agradecer ao senhor Ângelo, mecânico da ZS Camilo pelo apoio dado e pela simpatia dos mecânicos da ZS Camilo.
A programação habitual segue dentro de momentos.

 

13084066_623274427838892_63240127_n (1)

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.