F1 – GP do Canadá: Hamilton vence e está perto da liderança

Foi uma corrida muito estratégica aquela que vimos no Circuito Gilles Villeneuve. Muitos tentaram fazer apenas uma paragem mas a temperatura baixa que se registou nos termómetros do Canadá acabou por estragar os planos a quase toda a gente.

 

Na largada, Vettel foi  mais rápido que toda a gente e arrancou a liderança dos Mercedes que se embrulharam na curva 1 com grande prejuízo para Rosberg, que com isso foi parar fora da pista caindo para 9º lugar.

Vestappen também largou muito bem e agarrou o 3º lugar seguido de Ricciardo Raikkonen Bottas, Massa Hulkenberg, Rosberg e Alonso.

 

Na volta 12 o motor de Button resolveu transformar potência apenas em fumo e o britânico foi obrigado a desistir, levando a entrada em cena do Safety Car Virtual. A Ferrari aproveitou para ir as boxes, com Vettel a calçar Super Softs, o que anunciava uma estratégia de 2 paragens.

O alemão começou a recuperar muitas posição acabando atrás de Hamilton. No entanto Palmer foi obrigado a desistir devido a uma fuga de água do seu monolugar.

A partir daqui o jogo das boxes começou a ganhar ainda mais importância mas notava-se que a Mercedes tinha a corrida controlada pois, mesmo com apenas uma paragem e pneus consideravelmente mais velhos que os de Vettel, Hamilton foi capaz de responder a tudo o que Vettel fez.

Na volta 37 Massa destitui com problemas no motor acabando com o bom esforço do piloto brasileiro. Já o seu companheiro de equipa encetou uma boa recuperação aproveitando as mudanças que ocorriam devido às paragens nas boxes conseguindo chegar ao 3º, que pertencia a Verstappen mas que perdeu devido à mudança de estratégia.

Por falar em Red Bull, Ricciardo estava numa tarde não, sem ritmo para se manter na luta pelo top5.

Na volta 52 o azar de Rosberg aumentou, sendo obrigado a voltar às boxes devido a um furo lento, numa altura em que atacava Bottas. Para piorar na última volta o alemão errou na entrada para a última chicane, tentando ultrapassar Verstappen por onde dificilmente daria. Uma tarde para esquecer para o ainda lider do cameponato.

Na frente manteve-se tudo na mesma com Hamilton a usufruir da melhor forma da estratégia e conseguindo responder sempre aos ataques de Vettel que errou 2 vezes na última chicane entregando 3 segundos a Hamilton. Em 3º ficou o finlandês Bottas fazendo uma excelente corrida e merecendo por completo subir ao pódio.

 

Destaques:

Hamilton: excelente corrida e acima de tudo excelente estratégia da equipa que permitiu ao britânico vencer pela segunda vez consecutiva.

Vettel:  corrida mista por parte do alemão que na fase onde poderia ter pressionado Hamilton errou, mesmo com pneus mais novos entregando assim a vitória. Começou muito bem mas claudicou na fase onde poderia ter feito a diferença

Bottas: discreto mas eficaz, foi capaz de ter melhor andamento que os Bulls, Raikkonen, dando até para segurar Rosberg. Provavelmente um dos melhores em pista hoje

Sainz: recuperar do fundo do grid até ao 9º lugar… está tudo dito. O melhor em pista hoje, mesmo que não se tenha visto muito na tv.

Verstappen: boa corrida do jovem holandês que esteve perto de voltar a subir ao pódio.

Ricciardo: Muito longe do que pode e deve fazer. Teve de novo um mau pit stop mas não foi isso que prejudicou a sua corrida.

 

13417432_848886391883189_1239852704556764513_n

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.