F1 – GP da Hungria: Rosberg faz pole numa qualificação emocionante

Uma qualificação caricata, recheada de drama devido as condições meteorológicas que se abateram na Hungria.

Com a qualificação a ser interrompida constantemente pelas condições do traçado, o ritmo não era elevado e quando os monolugares iam para a pista estabelecer os seus tempos, eram cuidadosos.

Mas isso não evitou que alguns pilotos cometessem “erros”. Ericsson, Haryanto, Massa embateram e a sua prestação na qualificação por aí ficou. Felipe Nasr, até fez uma gracinha ao ter assinado o melhor tempo na Q1 até então. Palmer foi o piloto que mais perto teve de sair da zona de despromoção da Q1 mas quando vinha assinar um tempo que o poderia deixar passar à Q2, as bandeiras vermelhas impediram-no de concluir.

Após a Q1, ficaram de fora Palmer, Massa, Magnussen,  Ericsson, Wehrlein e Haryanto.

A Q2 foi mais calma, assim o tempo o permitiu. A pista começou a ficar cada vez mais seca e os tempos começaram a cair e os incidentes esses foram inexistentes. Porém foi uma Q2 surpreendente, com Kimi a assinar apenas o 14º tempo. Qualificação para esquecer para o piloto da Ferrari. E Lewis Hamilton ficou no fio da navalha, ao assinar o 10º tempo depois de ter saído na 1º curva na sua volta rápida, por pouco não víamos um Mercedes a ficar pela Q2.

Foram eliminados Grosjean, Kvyat, Perez, Gutierrez, Nasr e Räikkönen.

Na Q3, a Mercedes exerceu o seu domínio e apenas Ricciardo parecia conseguir importunar os dois da frente, um erro na última curva impossibilitou-o de fazer melhor. Vettel cometeu um erro no mesmo local onde o Ricciardo tinha cometido, ficando assim também ele fora do seu melhor. Lewis tinha assinado o melhor tempo com Rosberg logo atrás de si.

Porém, e porque o que não falou nesta qualificação foi emoção, a Q3 não poderia ser diferente. Alonso faz um peão na última volta rápida e Lewis teve que abrandar, já Rosberg foi a fundo e assinou o melhor tempo no GP da Hungria, a 26º pole position da sua carreira.

Qualificação do GP da Hungria:

1. Nico Rosberg Mercedes-Mercedes 1:19.965s
2. Lewis Hamilton Mercedes-Mercedes 1:20.108s
3. Daniel Ricciardo Red Bull-TAG 1:20.280s
4. Max Verstappen Red Bull-TAG 1:20.557s
5. Sebastian Vettel Ferrari-Ferrari 1:20.874s
6. Carlos Sainz Toro Rosso-Ferrari 1.21.131s
7. Fernando Alonso McLaren-Honda 1:21.211s
8. Jenson Button McLaren-Honda 1:21.597s
9. Nico Hulkenberg Force India-Mercedes 1:21.823s
10. Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:22.182s
11. Romain Grosjean Haas-Ferrari 1:24.941s
12. Daniil Kvyat Toro Rosso-Ferrari 1:25.301s
13. Sergio Perez Force India-Mercedes 1:25.416s
14. Kimi Raikkonen Ferrari-Ferrari 1:25.435s
15. Esteban Gutierrez Haas-Ferrari 1:26.189s
16. Felipe Nasr  Sauber-Ferrari 1:27.063s
17. Jolyon Palmer Renault-Renault 1:43.965s
18. Felipe Massa Williams-Mercedes 1:43.999s
19. Kevin Magnussen Renault-Renault 1:44.543s
20. Marcus Ericsson Sauber-Ferrari 1:46.984s
21. Pascal Wehrlein Manor-Mercedes 1:47.343s
22. Rio Haryanto Manor-Mercedes 1:50.189s

Daniel Leites

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.