WRC – Elfyn Evans: de renegado a campeão!

 

Piloto da M-Sport é Campeão Britânico de ralis.

Elfyn Evans segurou-se este fim-de-semana Campeão Britânico de ralis, depois de uma temporada quase perfeita, onde venceu cinco das sete etapas que compunha o calendário.

O piloto da M-Sport competiu a tempo inteiro neste campeonato que serve como base de formação de jovens pilotos, sendo uma das melhores “escolas” de formação de ralis a nível mundial e também um dos melhores e mais competitivos campeonatos nacionais.

A derradeira prova correu-se na mítica Ilha de Man, onde Evans bateu por escassos 5´s o conceituado Mark Higgins, que esteve na liderança do rally até bem perto do final, havendo inclusive a duas especiais do final do rali um “empate técnico” nos tempos.

Apesar de Higgins não entrar para as contas do campeonato, era sempre importante carimbar o final do campeonato com mais uma vitória e essa acabaria por se confirmar, sobe pressão é certo, mas são assim que elas tem um melhor sabor.

Para o campeonato Evans bateu categoricamente o segundo classificado na tabela, Tom Cave, que cedeu mais de um minuto para o agora campeão britânico Elfyn Evans.

Evans que foi arredado da equipa principal da M-Sport para disputar o mundial de ralis na presente temporada, tem igualmente evoluído no WRC2 onde foi “colocado” este ano, numa jogada de Malcom Wilson para mostrar a competitividade do novo Ford Fiesta R5 Evo, que ironicamente tem sido o causador de uma temporada intermitente do jovem piloto. Apesar de liderar a competição, teve já alguns contratempos que o fizeram perder alguns pontos preciosos na luta pelo título do WRC2.

Evans fará a sua última prova na próxima semana no Rally da Corsega, onde terá a sua derradeira oportunidade para marcar pontos para o campeonato, enquanto a concorrência ainda terá mais duas provas para o fazer, por isso este evento será um “ tudo ou nada” para o piloto da M-Sport, que terá obrigatoriamente de vencer e esperar que os seus adversários tenham alguns azares nas provas seguintes.

Lembramos que Teemu Suninen é 2ª na geral a apenas dois pontos de Evans, enquanto Lappi é 3º a treze pontos mas ambos podem ainda pontuar em duas provas.

As contas fazem-se no fim é certo, mas o ceptro de campeão do WRC2 está mais difícil com esta matemática toda, mas o título de campeão britânico já não escapa, ele que sonha voltar ao WRC na temporada de 2017 na equipa oficial da M-Sport, conduzindo os novos Ford Fiesta RS WRC, os carros da nova geração que vão animar a próxima temporada.

Se formos analisar o que se tem visto dos actuais pilotos da equipa, podemos concluir que Evans poderá ser uma opção válida para revitalizar a equipa, ou mesmo provar que nunca de lá deveria ter saído (como defendemos desde início).

Depois de vencer o WRC Academy em 2012, junta assim ao seu curriculum o título de campeão britânico de ralis de 2016 e ainda sonha em vencer o WRC2, isto no ano que foi preterido no seio da M-Sport para disputar o WRC.

De renegado a campeão… veremos que futuro estará traçado para este jovem talento que não pode ser desperdiçado!

Carlos Mota

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.