VdeV: Manuel Pedro Fernandes e Pedro Salvador no Estoril

A convite da Ginetta Racing Cars, Manuel Pedro Fernandes e Pedro Salvador irão estar presentes na ronda do V de V no próximo fim de semana no Estoril. O V de V é uma competição de Endurance internacional com base na France, que reúne muitas equipas nas várias classes presentes, entre as quais sport-protótipos, GT´s, Turimos, monolugares.

A Ginetta convidou os dois pilotos portugueses para pilotarem o Ginetta G57 P2, com um motor Chevrolet 6.3 L V8, com 575 cv, estando inserido na nova categoria LMP3, criada muito recentemente e que tem sido um sucesso com várias marcas a construírem protótipos e muitas equipas a comprar as máquinas. Basta ver no ELMS o número de bólides da categoria que esteve presente durante a época.

 

Em declarações ao Chicane, o piloto mostrou-se muito satisfeito pelo convite recebido:

“Estou, ao mesmo tempo, surpreso e bastante agradado com o convite. É a primeira vez que vou ter oportunidade de pilotar um carro deste género e acho que para um piloto como eu, seja talvez o máximo a que se pode aspirar. Estou ansioso para poder disfrutar deste fim de semana e mais ainda por poder partilhar o momento com o meu grande amigo Pedro Salvador. Sem grandes expetativas, vamos aproveitar e tentar tirar o máximo partido da ocasião”

 

Para Manuel Pedro Fernandes é mais uma vez o reconhecimento da sua qualidade e do bom trabalho que tem vindo a desenvolver até agora. O piloto insiste que as corridas são apenas algo que faz por gosto e que não quer voltar à verdadeira competição, mas os resultados obtidos no ETCC são a prova clara que a sua qualidade não engana. Quem sai aos seus…

Sempre afirmamos que os Abarth são muito pouco para o piloto e agora terá a hipótese de mostrar do que é capaz numa máquina de competição de alto nível.

Pedro Salvador já é um “cliente” habitual do V de V. No ano passado competiu pela Escuela de Pilotos e conhece o campeonato. Quanto à sua valia, essa é indiscutível. Pedro Salvador é competitivo em qualquer tipo de veiculo com rodas e está habituado a pilotar protótipos.

Não esquecendo a adaptação ao carro que é fundamental, principalmente para Manuel Pedro Fernandes que terá de se adaptar a uma máquina diferente do que tem pilotado nos últimos tempos, a dupla tem capacidade para fazer um bom resultado. Mas as corridas de endurance são sempre difíceis e imprevisíveis.

 

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.