WEC – Qualificação apertada para o Porsche #1

Mais uma pole position para o Porsche #1 de Webber e Bradley, numa qualificação decidida aos décimos de segundo. Nos LMP2 a Manor garantiu a pole, com o Ligier da RGR de Albuquerque com o 5º melhor tempo nos P2. Nos GTE-Pro a Ford assegurou as duas primeiras posições da grelha e nos Am, a luta entre o Aston Martin de Pedro Lamy e o Ferrari de Rui Águas já começou, com o piloto da Aston para já a levar a melhor por menos de meio segundo.

Em LMP1, Webber e Bradley ainda passaram por maus momentos, com o primeiro tempo do britânico a ser apagado da tabela por exceder os limites da pista durante a sua volta. O piloto voltou a tentar e garantiu desde logo o melhor tempo nos híbridos. Com o segundo melhor tempo e com a partida assegurada ao lado do #1, ficou o Toyota #5, pilotado na qualificação por Sebastien Buemi e Kazuki Nakajima. Num espectacular esforço, Buemi garantiu o lugar à frente do Audi #8. No carro germânico,  Oliver Jarvis e Loic Duval fizeram um tempo agregado de 1:46.610s, não sendo o suficiente para bater o Toyota.
Quem tem de melhorar muito é a tripulação do Porsche #2 que lidera a tabela de pilotos, mas que não foram além do 6º melhor tempo com um dos seus tempos a ser apagados por excesso de consumo de combustível.

2016-6-Heures-du-Nurburgring-Adrenal-Media-GT7D6957_hd

A Manor conseguiu a sua primeira pole position no WEC, batendo a Signatech Alpine e a ESM pelo tempo mais rápido. À frente do carro mais “Ibero-Americano” do campeonato, obviamente o Ligier #43 de Gonzalez, Senna e Albuquerque, ficou o Oreca da G-Drive. Os pilotos da RGR e da Signatech estão na luta pelo campeonato e em Xangai os homens do Alpine estão à frente do nosso trio preferido.

A Ford aguentou a forte concorrência da Aston na classe GTE-Pro e garantiu as duas primeiras posições da grelha, com GT  #67 a bater o #66 por apenas 2 décimos de segundo. O Aston Martin #95 conseguiu ser o melhor a seguir aos Ford, batendo a Ferrari que não conseguiu bater o construtor britânico.

Na classe GTE-Am a luta foi entre as duas tripulações que lutam pelo troféu. Lamy esteve aos comandos do Aston, assim como Dalla Lana e garantiram o melhor tempo da classe, seguidos de Collard e Perrodo, colegas de volante de Águas, que ficaram a mais de 3 décimos do tempo do Aston.

Classificação provisória da qualificação, aqui.

Amanhã a corrida começa às 3h de Lisboa, com os últimos 90 minutos de prova em directo no canal Eurosport.

Pedro Mendes

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.