WEC – 6h de Xangai: Resultados finais

Com uma largada muito boa por parte dos dois carros, a Toyota conseguiu no final das 6h de corrida colocar as duas tripulações no pódio, com o carro #6 em segundo lugar e o #5 no lugar mais baixo do pódio. Quem não perde uma oportunidade para vencer qualquer prova, é a tripulação do Porsche #1, que já acumulam 4 vitórias em 8 possíveis até ao momento. Com mais uma vitória de um dos seus carros, a Porsche garantiu o segundo campeonato consecutivo de construtores. Temos de esperar pelo Bahrain para ver se conseguem juntar o título de pilotos.

Decepcionante foram os resultados obtidos pelo Porsche #2, os pilotos ainda lideram o campeonato, mas perderam a luta pelo pódio com o Toyota. No entanto, foi dos melhores momentos que podemos assistir na prova. Decepcionante foi também o resultado obtido pelos dois Audi. O momento não é fácil para qualquer interveniente na equipa, mas o toque entre os dois carros ainda na primeira metade da corrida, prejudicou directamente o #7 e o incidente acaba por espelhar aquilo que se deve passar no seio do grupo.

© Gabi Tomescu - AdrenalMedia.com
© Gabi Tomescu – AdrenalMedia.com

Amanhã analisaremos mais ao detalhe as incidências da classe LMP1, mas destacamos o bom resultado da ByKolles, que terminou a corrida sem problemas de maior no CLM e levou a equipa à primeira vitória em 2016, já que o Rebellion teve um problema no injector do carro obrigando ao abandono.

Nos LMP2, a sorte não quis nada com a Manor, que tinha garantido a pole ontem, perdendo nas primeiras voltas um dos carros, o #45 e com o segundo carro a terminar apenas em 9º da classe. A G-Drive venceu incontestavelmente em Xangai, sendo esta a 2ª vitória do ano, com a ESM e a RGR a terminarem no pódio. Infelizmente para nós, Albuquerque, que fez um belíssimo último stint, já não pode vencer o troféu na classe, porque com o 4º lugar alcançado pela Signatech Alpine, os franceses são os campeões dos LMP2. A RGR conseguiu recuperar o tempo perdido por uma penalização com um drive-throught, mas o 3º lugar muito sofrido não foi o suficiente para adiar a festa da Alpine. Fica o registo de um belo campeonato alcançado pela equipa de Gonzalez, Senna e Albuquerque que com um chassis inferior à concorrência, mostraram que não é só o carro que conta… aquela peça entre o volante e o banco é muito importante.

© Gabi Tomescu - AdrenalMedia.com
© Gabi Tomescu – AdrenalMedia.com

Em GTE-Pro a vitória foi para a Ford, que alcançou uma dobradinha no final das 6h, mas houve bons momentos entre o #66 e o Ferrari #51 na luta pelo 2º lugar. Pena foi a Aston ter perdido um dos seus carros logo no início da corrida.

© Gabi Tomescu - AdrenalMedia.com
© Gabi Tomescu – AdrenalMedia.com

Nos Am, a vitória coube a Lamy, Lauda e Dalla Lana, mas desta vez Rui Águas subiu apenas ao 3º lugar, já que o Porsche da KCMG arrecadou o 2º lugar final. Só que após o final da corrida, o Porsche 911 da KCMG foi penalizado com mais 10s no tempo final, perdendo o segundo posto herdado pelo Ferrari de Águas. Assim, a tripulação do Ferrari está mais perto do título nos Am.

Resultados finais, aqui.

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.