Fórmula 1 – Formula 1 Grande Prêmio do Brasil 2016 (resumo da prova)

A penúltima corrida da temporada da Fórmula 1 foi disputada no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos) em São Paulo, no Brasil.

Nico Rosberg (#6) era líder do campeonato à partida para esta corrida, tendo 19 pontos de vantagem para Lewis Hamilton (#44). O britânico tinha que tentar ganhar o maior número de pontos possível a Rosberg para tentar melhorar a sua situação antes da última corrida, em Abu Dhabi, mas Rosberg sabia que, com uma vitória, garantia logo ali o seu primeiro título de campeão do mundo.

Na qualificação, Hamilton e Rosberg estiveram em mais uma grande batalha mas foi o britânico que levou a melhor e garantiu a pole position, tendo Rosberg ao seu lado na primeira linha. Na segunda linha ficaram Kimi Räikkönen (#7), a fazer uma boa qualificação, e Max Verstappen (#33) em 4º, e na terceira fila ficaram Sebastian Vettel (#5) e Daniel Ricciardo (#3), o grande beneficiado da controvérsia do México, que ainda fazia correr tinta, com Verstappen e Vettel nas notícias.

A chuva caiu no dia da corrida, forçando todos os pilotos a colocar os pneus de chuva forte, mas Romain Grosjean (#8) nem sequer chegou à grelha, onde iria partir do 7º lugar. O francês perdeu o controlo do seu Haas Ferrari na saída da Junção e bateu no muro, danificando a suspensão. Grosjean ficou de fora.
A partida teve um pequeno atraso, e a corrida começou efetivamente atrás do Safety Car.

cxj1rafxaaqvran

Ao fim de oito voltas, a corrida começou a sério. Hamilton afastou-se suficientemente de Rosberg para não ser sequer ameaçado na curva 1. Verstappen colou-se a Räikkönen e passou para o 3º lugar na curva 1.

Sebastian Vettel seguia em 5º, atrás de Kimi Räikkönen quando fez um pião na volta 10, na zona da subida para as boxes. O seu pião deixou-o fora dos 10 prmeiros mas imediatamente aproveitou para mudar para os pneus intermédios, tal como muitos pilotos que já tinham efetuado a troca. Os líderes mantinham-se com pneus de chuva.

Na volta 14, Marcus Ericsson (#9) bateu com o Sauber Ferrari na última curva do traçado e deixou destroços na pista. O Safety Car voltou à pista. Os Red Bull pararam nas boxes à pressa antes que estas fechassem e mudaram para os pneus intermédios, ainda que tivessem que evitar o carro de Ericsson que estava na entrada das boxes. Os Mercedes-Benz e Kimi Räikkönen continuavam em pista nas três primeiras posições, Verstappen era 4º, e com o Safety Car conseguiu fazer uma paragem sem perdas significativas. Ricciardo entrou nas boxes com estas fechadas e foi penalizado com cinco segundos.

A corrida voltou a recomeçar na volta 20, mas Kimi Räikkönen perdeu o controlo do seu Ferrari na reta da meta, bateu no muro do lado direito da pista, o carro atravessou para o outro lado, bateu no muro das boxes e quase não levava com os carros de Verstappen e Esteban Ocon (#31). Nico Hülkenberg (#27) ainda acertou na asa dianteira de Räikkönen, que ficou no meio da pista.
Com o carro de Räikkönen danificado e a chuva a aumentar um pouco de intensidade, a bandeira vermelha foi mostrada e a corrida suspensa.

Após uma pausa, a corrida recomeçou atrás do Safety Car, e Nico Hülkenberg, no 4º lugar, teve que fazer uma paragem por causa de um furo, que o deixou em 15º.
As condições da pista não melhoraram e depois de algumas queixas dos pilotos, a bandeira vermelha voltou a ser mostrada.

Depois de uma segunda interrupção, os carros voltaram à pista atrás do Safety Car e a corrida recomeçou na volta 32. Hamilton voltou a fugir a Rosberg, que foi imediatamente ultrapassado por Verstappen por fora na curva 3.

Verstappen teve um grande momento na subida das boxes onde fez um pião, mas miraculosamente controlou o carro e evitou perder a posição, mas com isto a diferença para Hamilton aumentou bastante, passando para sete segundos. Entretanto, Rosberg perdia o contacto com Verstappen e tinha três segundos de atraso.

Na volta 44, Verstappen parou nas boxes e colocu os pneus intermédios, caindo para o 5º lugar. Hamilton mantinha-se na liderança com

Rosberg teve um grande momento na saída da Junção e fez quase uma espécie de meio-pião, conseguindo controlar o carro. A diferença para Hamilton era já de 20 segundos com este erro.

Felipe Massa (#19) acabou da pior maneira o seu último Grande Prémio do Brasil quando se despistou na volta 48 na subida das boxes, danificando bastante o seu Williams Mercedes. O Safety Car voltou à pista.

A chuva aumentou novamente de intensidade atrás do Safety Car e Verstappen teve que fazer uma paragem para trocar para os pneus de chuva forte, tal como Ricciardo, que tinha parado antes. Verstappen caiu para o 16º, Ricciardo para 12º.

Novo recomeço na volta 56. Hamilton voltou a ganhar muito espaço a Rosberg, que foi cauteloso. Sergio Pérez (#11) rodava em 3º com o Force India Mercedes, Carlos Sainz, Jr. (#55) era o 4º classificado e Sebastian Vettel vinha no 5º lugar.

Na frente da corrida a liderança de Hamilton para Rosberg voltava a aumentar, e passou rapidamente para cinco segundos mas a melhor ação em pista era a recuperação de Max Verstappen, que em sete voltas passou de 15º para o 7º lugar.

Verstappen continuava a sua cruzada para os lugares cimeiros e passou Hülkenberg na volta 66 para o 6º lugar. Os seus próximos alvos eram Vettel e Sainz, Jr. Depois de um erro, Verstappen atacou Vettel e este resistiu até à curva Junção, onde Verstappen entrou por dentro e obrigou Vettel a abortar a sua defesa e a ir para a relva. Uma volta depois, Verstappen levou a melhor sobre Sainz, Jr., subindo ao 4º lugar.
O jovem holandês não se ficou por aqui e apanhou Sergio Pérez em apenas duas voltas. Na volta 69, Verstappen saiu bem para o Mergulho e entrou por dentro na Junção, subindo assim do 15º para o pódio em apenas 13 voltas.

Lewis Hamilton sobreviveu a um dia difícil e conquistou a sua nona vitória da temporada. Hamilton dominou a corrida em Interlagos e voltou a reduzir o atraso para Rosberg no campeonato.

Nico Rosberg também se aguentou como pôde nesta corrida e voltou a limitar as perdas para o seu companheiro de equipa. O seu segundo lugar significa que o piloto alemão tem agora uma vantagem de 12 pontos no campeonato, o que significa que, em caso de vitória de Hamilton em Abu Dhabi, Rosberg não pode terminar abaixo do 3º lugar para poder chegar ao título.

Apesar de ter azar com as escolhas de pneus intermédios que fez na corrida e que o fizeram perder posições, Max Verstappen lutou e a sua persistência deu frutos, levando o seu Red Bull Tag Heuer ao 3º lugar.

Sergio Pérez terminou num valioso 4º lugar, que deu à Force India pontos importantes na luta entre os Construtores, Sebastian Vettel não foi além do 6º lugar, Carlos Sainz, Jr. terminou em 7º, Nico Hülkenberg foi 8º, Felipe Nasr (#12) deu os primeiros pontos à Sauber com o 9º lugar, que neste momento permite à equipa helvética passar a Manor nos Construtores e Fernando Alonso (#14) fechou os 10 primeiros.

A temporada de 2016 vai terminar no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, onde Nico Rosberg e Lewis Hamilton vão lutar pelo título, o primeiro da carreira de Rosberg ou o quarto da carreira de Hamilton.

Classificação provisória:

1. L. Hamilton Mercedes 3:01:01.335
2. N. Rosberg Mercedes +11.455
3. M. Verstappen Red Bull +21.481 +10.026
4. S. Perez Force India +25.346 +3.865
5. S. Vettel Ferrari +26.334 +0.988
6. C. Sainz Jr. Toro Rosso +29.160 +2.826
7. N. Hulkenberg Force India +2.826
8. D. Ricciardo Red Bull +2.826
9. F. Nasr Sauber +2.826
10. F. Alonso McLaren +2.826
11. V. Bottas Williams +2.826
12. E. Ocon Manor +2.826
13. D. Kvyat Toro Rosso +2.826
14. K. Magnussen Renault +2.826
15. P. Wehrlein Manor +2.826
16. J. Button McLaren +2.826
Não terminaram
17. E. Gutiérrez Haas
18. F. Massa Williams
19. J. Palmer Renault
20. K. Raikkonen Ferrari
21. M. Ericsson Sauber
22. R. Grosjean Haas

 

Jorge Covas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.