Miguel Oliveira em segundo no melhor “rookie” 2016 em Moto2

Miguel Oliveira realizou o último grande prémio aos comandos da Kalex pertencente há equipa Leopard Racing. O jovem de Almada, foi o décimo terceiro mais rápido no circuito de Valência, na categoria de Moto2, o que não chegou para conquistar o prémio de melhor “rookie”.

Nesta luta Xavi Vierge levou a melhor sobre o português por apenas um ponto. Vierge terminou na décima segunda posição com  0.739 segundos de vantagem. Oliveira fez de tudo para se aproximar do espanhol, mas foi em vão, acabando por terminar na segunda posição “desse campeonato”. Atrás de si, ficou Luca Marini que terminou a 2 pontos do luso.

rookieirtacup-1-page-001

As palavras de Miguel Oliveira no final:

“Foi uma corrida muito longa e creio que depois de ter estado tanto tempo parado e a recuperar de uma lesão como estive torna-se complicado conseguir regressar com um ritmo de corrida elevado. Nas primeiras voltas foi um pouco complicado porque me faltava alguma confiança na roda dianteira e quando o desgaste dos pneus aumentou foi difícil ter tracção na saída das curvas, obrigando-me a fazer todas as ultrapassagens em momentos de travagem, causando um maior desgaste do pneu dianteiro. No final não consegui estar perto do Vierge para tentar a ultrapassagem e a primeira posição nos ‘rookie’ mas depois de tantas corridas sem pontuar fiquei a apenas 1 ponto desse prémio. As corridas são mesmo assim!”

 

Ricardo Fontelas

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.