Estrada – Pode um SUV eléctrico ser interessante? Pode!

São dois temas que me causam alguma comichão. Primeiro os eléctricos, que estão cada vez mais na moda e que são definitivamente o futuro dos transportes, mas que me trazem alguma tristeza pois sou um fã incondicional dos motores de combustão e tudo o que me faça pensar que daqui a uns anos não vou ter o som dos motores para me alegrar, deixa-me deprimido, para além de achar que ainda não são um produto acabado e que já temos tecnologia para que seja melhores do que são.

Depois é a questão dos SUV… que para mim são um desperdício de dinheiro e matéria prima. A moda começou com os classe G da Mercedes que, embora estivessem preparados para subir um monte, era usados preferencialmente para ostentar poder e montes de dinheiro. O pior veio com a invenção dos X da BMW. Carros maiores com aspecto de jipe, mas que quando enfrentam uma subida mais rochosa tem um ataque de asma e resolvem descer com a desculpa “isto não é para o meu nível”. A verdade é que a moda pegou e as pessoas começaram a achar piada a comprar um carro mais caro mas que não é um verdadeiro “off-roader”, com a desculpa que é mais espaçoso e seguro… pois claro. E como é óbvio vieram as versões mais económicas e hoje em dia quase todas as marcas têm um raio de SUV para vender e pior… há sempre quem compre. Já viram que detesto esse tipo de carros. Para mim ou é um verdadeiro off-roader e vai para o monte sem medo ou então é um citadino e para isso não precisa de ser tão grande e volumoso… para isso há autocarros.

No entanto a Jaguar resolveu dar-me um pontapé nas partes baixas… com muita classe. A nova proposta da marca é o I-Pace, a nova criação de Iam Callum que tem tratado de forma soberba dos novos desenhos da Jaguar. Este I-Pace é um SUV eléctrico que terá 400 cv, uma autonomia de 355 Km é se carrega em … 2 horas! O conceito mecânico é o do costume… um amontoado de baterias no chão do carro que darão energia a dois motores eléctricos colocados em cada eixo do veículo. Mas a forma e a elegância com que é feito é digna de registo.

O carro é lindo e dá-me vontade de esquecer que é um SUV. A grelha frontal é típicamente “jag”, uma caracteristica presente em todos os carros da marca, e os pormenores da frente parecem uma espécie de “best-of” do que a marca já fez ao nível de design… e melhor, pegaram nas opticas traseiras fantásticas do F-Type e adaptaram-nas ao I-Pace. Por dentro tudo foi repensado e a classe mistura-se com a modernidade com um painel futurista. A frente tem incorporada o conceito do C-X75,  que é a base de inspiração para todo o carro. Uma maravilha para os olhos.

 

Se a Alfa Romeo fizer um SUV tão bom ou melhor que este, vou ter de morder a língua.

 

 

 

 

Fábio Mendes

2 pensamentos sobre “Estrada – Pode um SUV eléctrico ser interessante? Pode!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.